Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESTRAGOS

Temporal derruba 30 árvores em todas as regiões e causa estragos em Campo Grande

Ventos de até 80 km/h anunciavam a chegada do temporal previsto por meteorologista
15/10/2020 10:15 - Carol Alencar Cozzatti


O vendaval que antecipou a chuva do meio da tarde desta quarta-feira (14) já anunciava que seria um estrago maior nas ruas de Campo Grande.Ventos de até 80 km/h movimentou árvores em todas as regiões da cidade, além da cortina de poeira anunciada na região central. A temperatura ainda no início da tarde marcava 38º e com a chegada do temporal, os termômetros registraram declínio para 20º.

Como previsto pelo meteorologista Natálio Abraão, o clima quente que fazia há tempos e a chuva atrasada em 10 dias, o temporal estava dentro do programado. Segundo Abraão, as pancadas de chuva acumularam 6,6 milímetros e as trovoadas foram isoladas e rápidas. “Em apenas 20 minutos deu um temporal de estrago”, avaliou.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, pelo menos, 30 árvores caíram e interditaram vias públicas. “Algumas quedas das árvores danificaram patrimônios como muros, telhados, portão e fiação elétrica”, disse em nota.

Balanço feito pela corporação informou ainda que não teve um bairro específico com maior ocorrência e que a queda das árvores por conta do vendaval se estende de maneira generalizada em toda cidade. Eles registraram ainda, um veículo atingido por árvore.


 

 
 

Previsão

Dando trégua ao calorão, a quinta-feira (15) será nublada na Capital. Segundo informações do Clima Tempo, a máxima registrada em Campo Grande será de 29º e a mínima 21º.

Já a umidade relativa do ar alivia os campo-grandenses da secura e permanece nos 70% durante o dia

 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!