Clique aqui e veja as últimas notícias!

PRECAUÇÃO

Tribunal de Justiça do Estado alerta para que população troque senhas bancárias

Setor de Inteligência também citou senhas de e-mails e de aparelhos celulares
04/02/2021 15:32 - Brenda Machado


Após o vazamento de dados de cerca de 220 milhões de brasileiros, no fim de janeiro, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) abriu um alerta aos cidadãos.

De acordo com o órgão, a recomendação é para que a população altere as senhas utilizadas em aparelhos celulares, aplicativos de bancos, redes sociais e até senhas de cartões de crédito/débito.

Últimas Notícias

A Coordenadoria-Geral de Segurança Institucional lembra que os dados servem de base para múltiplos golpes, já que envolve número do RG, estado civil, lista de parentes, endereço completo, nível de escolaridade, salário, renda, poder aquisitivo, status na Receita Federal, dentre outros.

Com essas informações, os estelionatários conseguem, por exemplo, aplicar golpes como fraudes online, saques bancários, falso sequestro de parentes, recebimento de boletos falsos por e-mail ou whatsapp.

O TJMS pede também que, ao alterar as senhas, é importante que as pessoas ativem a autenticação das mesmas em duas etapas de contas e serviços, pelo número do celular ou pelo e-mail.

Assim, mesmo que os golpistas não tenham tido acesso direto aos dados pessoais, a acessibilidade impede que eles cheguem até informações como nome ou CPF que, uma vez abertas, podem ser utilizadas para a troca de senha ou do e-mail de recuperação de conta.

O alerta também serve para links ou anúncios: é necessário ser criterioso ao tentar acesso alguma destas opções, mesmo que tenham sido encaminhadas por conhecidos.

O ideal é checar, primeiramente, se o site é de confiança.

Assine o Correio do Estado