Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

EDUCAÇÃO

Prazo para solicitar isenção do pagamento do Vestibular da UFGD é prorrogado

Candidatos à uma das 1.772 vagas em 39 cursos de graduação, terão até 6 de novembro para solicitar isenção
27/10/2020 11:35 - Gabrielle Tavares


Foi prorrogado até às 17h do dia 6 de novembro o prazo para os candidatos solicitarem a isenção da taxa de inscrição dos vestibulares da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).  

Para fazer o pedido é necessário preencher formulários e enviar a documentação exigida através da Área Restrita do Candidato.

O direito à isenção da taxa é garantido para candidatos que estão inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

Ou então, os que possuem renda familiar per capita igual ou inferior a um salário-mínimo e meio e cursaram o ensino médio completo em escola da rede pública ou como bolsista integral em escola da rede privada. 

São 1.772 vagas em 39 cursos de graduação para ingresso em 2021.

As oportunidades serão preenchidas por meio de quatro vestibulares: o geral, com 33 cursos e 982 vagas; o da Educação a Distância, com 4 cursos e 700 vagas; para a Licenciatura em Educação no Campo, com 60 vagas; e outro para Letras-Libras (Licenciatura), com 30 vagas.

Com exceção do vestibular para o curso Licenciatura em Educação no Campo, que não cobra inscrição de nenhum candidato, o valor para realizar as provas é R$100.

Em cada curso, aproximadamente 50% das vagas são reservadas para estudantes que cursaram todo o ensino médio em escola pública, com recorte sobre a renda familiar e cotas para negros (pretos e pardos), indígenas e pessoas com deficiência. 

A UFGD disponibiliza para contato o e-mail: vestibular@ufgd.edu.br e Whatsapp nos números: (67) 99298-6974 / 99332-4046. O expediente é das 7h às 17h.

 
 

Felpuda


Comentários ouvidos pela “rádio peão”, em ondas curtas, são de que figurinha só ganharia apoio dos colegas caso pessoa agregada fosse “curtir a aposentadoria” de uma vez por todas. Como seu acordo político acabou naufragando nesta campanha, agora dito-cujo estaria querendo recuar e não ceder o lugar. 

Isso até poderia acontecer, se não fosse a sua, digamos, eminência parda. Afe!