Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DESCASO

Unidade de saúde fecha e deixa 6 mil pessoas sem atendimento

Posto fica dentro da UCDB, que anunciou suspensão das atividades por conta da pandemia
27/03/2020 17:23 - Natalia Yahn


 

A Unidade Básica de Saúde (UBS) do Jardim Seminário, que funciona dentro da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) está fechada desde o início da semana, após a instituição anunciar quarentena por conta do novo coronavírus.

Mas o posto de saúde deveria estar aberto e funcionando normalmente. Porém, por ficar na área privada da universidade o local acabou fechando as portas e os servidores foram transferidos para a UBS do Jardim Paradiso, a 3,5 quilômetros do local. 

O fechamento da UBS do Jardim Seminário prejudicou aproximadamente 6 mil moradores que são assistidos no local e que vivem em nove diferentes conjuntos residenciais em três bairros, além do que dá nome a unidade, também na Vila Nasser e Mata do Segredo.

“A UCDB é privada, fazem o que querem. Por isso já venho pedindo para esta parceria (Público Privada, PPP) seja finalizada. Para que a unidade de saúde seja realmente da prefeitura. O prefeito (Marcos Trad) está muito atuante, sou a favor de tudo que está sendo feito. Mas nesta situação, deixou a desejar”, disse o presidente do Bairro Jardim Seminário II, que também é o representante local do Conselho Municipal de Saúde (CMS), Vagner Dolci.

O principal problema do fechamento até agora é por conta da distância as outras unidades que os moradores podem recorrer – UBS Jardim Paradiso, Vila Nasser e São Benedito (Tia Eva). “Ficou ruim para os moradores. O pessoal do Norte Parque, que já ficava longe ir na UCDB, agora ficou pior. De 2 km de distância passou para 6 km. As pessoas não foram avisadas do fechamento. E além de tudo não tem ônibus”

Outra situação é que para conseguir a dose da vacina, o grupo de risco que vive nos bairros do entorno da UBS do Jardim Seminário teve que disputar imunização com os moradores das outras unidades. “Os idosos daqui tiveram que disputar com os demais, das unidades do Paradiso, Tia Eva e Nasser. Então a procura nesses lugares foi bem maior”, disse Dolci.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) foi procurada e informou que o decreto municipal vigente desde a semana passada suspendeu todos os atendimentos eletivos na Capital. Mesmo assim as UBS devem receber e atender pacientes com suspeita de Covid-19 e também para retirada de pontos, fazer curativos, vacinação e também as farmácias devem funcionar normalmente, além de alguns serviços de urgência.

“De acordo com o Ministério da Saúde, pessoas com sintomas (de Covid-19) devem procurar a UBS. A unidade deveria estar funcionando normalmente para que as pessoas que precisam pudessem recorrer ali”, afirma a conselheira-presidente do CMS, Maria Auxiliadora Fortunato.

A UCDB foi procurada para esclarecer sobre a falta de aviso à população, mas não retornou até a publicação desta reportagem.

 

Felpuda


Nos bastidores, há quem garanta que a única salvação, de quem está com a corda no pescoço, é ele aceitar ser candidato a vice-prefeito em chapa de novato no partido. Vale dizer que isso nunca teria passado por sua cabeça, uma vez que foi eleito com, digamos, “caminhão de votos”. Se aceitar a imposição, pisaria na tábua de salvação; se recusar, poderá perder o mandato. Ah, o poder!