Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SAÚDE

Campanha de vacinação começa este sábado no interior do Estado

Cada município do Estado poderá decidir se começam as vacinações hoje (9) ou na segunda-feira (11)
09/05/2020 09:42 - Gabrielle Tavares


 

A terceira fase da campanha de vacinação contra a influenza que se iniciaria neste sábado (9) foi adiada para segunda-feira (11) no Brasil. Entretanto, como Mato Grosso do Sul já havia recebido a maior parte das doses para esta etapa, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) decidiu deixar a encargo de cada município decidir se inicia a campanha hoje ou na segunda-feira.

A orientação para alterar o início da terceira etapa foi divulgada pelo Ministério da Saúde na terça-feira (05), mas a decisão do Estado só foi divulgada hoje. “Já recebemos 80% do quantitativo da terceira fase, por isso vamos manter o início da campanha no dia 09, uma vez que alguns municípios farão a vacinação no sábado. Cada município tem autonomia de organizar sua própria estratégia”, explica coordenadora da Vigilância Epidemiológica da SES, Gislaine Coelho Brandão.

Em Campo Grande, o início da campanha será mantido para a segunda-feira. Em todo o Estado, mais de 416 mil pessoas já foram imunizadas contra a Influenza considerando todos os grupos prioritários. A campanha termina em 5 de junho.

Na primeira e segunda etapa, o grupo dos idosos no qual foram aplicadas 264,1 mil doses, e a dos trabalhadores da saúde, com 61,8 mil doses, ultrapassaram a meta estipulada para este ano.

As vacinações vão continuar para os seguintes grupos: idosos, profissionais de Saúde, doentes crônicos, profissionais de força de segurança e salvamento, indígenas e caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários.

Também serão atendidas crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com deficiência, gestantes, puérperas até 45 dias, adultos de 55 a 59 anos e professores da rede pública e privada.

 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!