Clique aqui e veja as últimas notícias!

VACINAÇÃO

Dois shoppings têm ponto de vacinação contra Covid neste sábado em Campo Grande

Vacinação itinerante ocorre das 11h às 19h nos Shoppings Norte Sul e Bosque dos Ipês
23/10/2021 11:29 - Naiara Camargo


A vacinação itinerante deste sábado (23) ocorre nos shoppings Norte Sul e Bosque dos Ipês, das 11h às 19h, em Campo Grande.

O Shopping Norte Sul está localizado na avenida Presidente Ernesto Geisel, número 2.300, Jardim Jockey Clube e o Shopping Bosque dos Ipês na avenida Cônsul Assaf Trad, número 4.796, Parque Novos Estados.

Últimas notícias

O objetivo é facilitar e oportunizar o acesso da vacina contra Covid-19 à população que vive em áreas de maior vulnerabilidade social.

A ação também percorre locais com grande circulação de pessoas, como supermercados, terminais de ônibus e shoppings.

O calendário de imunização divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) deste sábado (23) abrange:

  • Primeira dose para pessoas acima de 12 anos
  • Segunda dose da AstraZeneca para pessoas que tomaram a primeira dose até 21 de agosto
  • Segunda dose da Pfizer para pessoas que tomaram a primeira dose até 1º de outubro
  • Segunda dose da Coronavac para pessoas que tomaram a primeira dose até 30 de setembro
  • Terceira dose para trabalhadores da saúde com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose até 23 de junho
  • Terceira dose para pessoas com 60 anos ou mais que tomaram a segunda dose até 23 de junho 
  • Terceira dose para pessoas imunossuprimidas com 18 anos ou mais que tomaram a segunda dose há pelo menos 28 dias

Pessoas que forem tomar a vacina devem levar documento oficial com foto. Menos de 18 anos devem ir acompanhados dos pais ou responsáveis. Confira aqui outros locais de vacinação neste sábado (23).

De acordo com dados do vacinômetro divulgado pela Sesau, 1.096 pessoas foram vacinas contra Covd-19 das 7h30min às 11h deste sábado (23).

O secretário municipal de saúde, José Mauro Filho, destaca que o intuito é vacinar pessoas que não conseguem ir até um posto de saúde por falta de tempo.

“Há quem não consegue ir até uma unidade de saúde ou a um polo de vacinação porque trabalha demais, ou mora longe de um destes locais e não consegue pegar uma condução. Assim democratizamos a vacina e levamos ela até a quem não conseguiria se vacinar”.