Cidades

7 de setembro

Veja o que abre e fecha no feriado do Dia da Indepedência

Veja o que abre e fecha no feriado do Dia da Indepedência

Continue lendo...

Confira o que abre e o que fecha no Dia da Independência, na segunda-feira (7), em Campo Grande:

Comércio: conforme a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG), a abertura das lojas é facultativa a cada comerciante na segunda-feira.

Feira Central: a Feira Central não funciona às segundas-feiras. O atendimento é de quarta-feira a domingo e será normal na véspera do feriado.

Lotéricas: as lotéricas não abrem no feriado. De acordo com o sindicato dos agentes lotéricos, contas com vencimento na data poderão ser pagas na terça-feira (8)

Supermercados: o horário de funcionamento dos supermercados não sofrerá alteração e todos os estabelecimentos abrem normalmente, segundo a Associação Sul-Mato-Grossense de Supermercados (AMAS).

Shoppings: O Shopping Pátio Central não abrirá na segunda-feira; noNorte Sul Plaza o funcionamento será das das 12h às 21h nas lojas âncoras, das 12h às 20h nas demais lojas e das 11h às 21h na praça de alimentação; no Bosque dos Ipês será das 13h às 21h nas lojas âncoras e das 14h às 20h nas lojas satélites. No Shopping Campo Grande o funcionamento será normal, das 10h às 22h.​

Correios: as agências dos Correios permanecem fechadas durante o feriado.

Judiciário: Tribunal de Justiça e Fórum Eleitoral não terão expediente na segunda-feira, mas funcionam em regime de plantão para casos de urgência.

Detran: o Detran funciona na sexta-feira (4) e só reabre na terça-feira, dia 8

Bancos: as agências bancárias não abrem durante o feriado.

Órgão Públicos: Não haverá expediente nas repartições públicas municipais e estaduais na segunda-feira. Apenas os serviços considerados essenciais funcionarão, como saúde e segurança.

Saúde: apenas os Centros Regionais de Saúde (CRSs) e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) 24 horas funcionam em regime de plantão durante o feriado.

Cidades

De festas julinas a execução de obras, quais ruas serão interditadas neste fim de semana

Condutores devem redobrar atenção e planejar rotas alternativas

20/07/2024 16h00

De festas julinas a execução de obras, quais ruas serão interditadas neste fim de semana

De festas julinas a execução de obras, quais ruas serão interditadas neste fim de semana Divulgação: Prefeitura de Campo Grande

Continue Lendo...

Em mês de festas julinas e outros eventos na Capital, a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) informou que algumas ruas serão interditadas a partir de hoje (20), até domingo (22).

A Agetran também orienta condutores e pedestres, para que haja atenção redobrada nos locais de interdição e possam planejar rotas alternativas. 

Confira as interdições:

  • Serviço de Reparo

Local: Rua Santa Adélia entre Rua Brigadeiro Tobias até a Avenida Ernesto Geisel (meia pista)

Data: 16 a 31 de julho         

Horário: 6h às 17h

  • Execução de obra e substituição da rede de água 

Local: Rua 15 de novembro entre as ruas 25 de dezembro e José Antônio

           Av. João Pedro de Souza entre a Rua 14 de julho e Avenida Calógeras

           Rua Américo Carlos da Costa entre as avenidas Costa e Silva e Fábio Zahran

           Rua Santa Adélia entre Rua Brigadeiro Tobias e Avenida Presidente Ernesto Geisel

Data: 19 a 31 de julho       

Horário: Integral

  • Festa julina

Local: Rua Cecílio Alves Correia, 195 entre as ruas Cajazeira e Angelina Chiesa 

Data: 19 de julho (sexta-feira)                       

Horário: 18h às 23h59

  • Inauguração de agência

Local: Rua 15 de novembro entre as ruas 13 de maio e 14 de julho (faixa estacionamento)

Data: 19 de julho (sexta-feira)             

Horário: 19h às 22h

  • Festa Julina

Local: Rua Bongiavane, entre as ruas Lírio do Campo e Alterosa

Data: 19 de julho (sexta-feira)                   

Horário: 17h às 22h

  • Festa Julina

Local: Rua Martinez entre Tv. Francisco Bucker e Rua Abdom Bunazar

Data: 19 e 20 de julho (sexta e sábado)          

Horário: 18h às 23h

  • Festa Caipira

Local: Avenida Agripino Grieco entre as ruas Viriato Corrêa Waldir Adri

Data: 20 de julho (sábado)                        

Horário: 08h às 23h

  • Festa Julina

Local: Rua Lourenço da Veiga entre as ruas João Paulo Ribeiro e Capanema

Data: 20 de julho (sábado)                     

Horário: 16h às 23h30

  • Festa Julina

Local: Rua Pau D´Alho N° 95, entre Avenida Presidente Vargas e Rua Santa Clara

Data: 20 de julho (sábado)                     

Horário: 17h às 23h

  • Festa Julina

Local: Rua Recreio entre as ruas Santa Bárbara e Inaja

Data: 20 de julho (sábado)                   

Horário: 12h às 23h59

  • Festa Julina

Local: Rua das Perdizes entre as ruas Urupês e Pinhal

Data: 20 de julho (sábado)                   

Horário: 16h às 23h

  • Festa Julina

Local: Rua Madre Cristina entre as ruas Luz Del Fuego e Florbela Espanca

Data: 20 de julho (sábado)        

Horário: 15h às 21h

  • Festa Julina

Local: Rua Dulcinópolis entre Avenida Pôr Do Sol e Rua Mônaco

Data: 20 de julho     

Horário: 16h às 23h

  • Festa Julina

Local: Rua Xavier de Toledo entre Avenida Presidente Ernesto Geisel e Rua Iporã

Data: 20 de julho (sábado)                   

Horário: 12h às 22h

  • Evento religioso

Local: Rua Beira Rio, 424, entre Rua Manoel Augusto Brito e Avenida Prefeito Lúdio Coelho

Data: 20 de julho (sábado)                 

Horário: 12h às 20h

  • Festa Julina

Local: Rua Dr. Jair Garcia entre Rua Alberto Torres e Avenida Duque De Caxias

Data: 20 de julho              

Horário: 18h às 23h59

  • Festa Julina

Local: R. Agronômica entre as ruas Professor Hilário Rocha e Paraisópolis

Data: 20 de julho (sábado)            

Horário: 15h às 22h

  • Festa Julina

Local: Rua José Bonifácio entre as ruas Dom Pedro II e Benjamin Constant

Data: 20 de julho (sábado)            

Horário: 08h às 23h

  • Festa Julina

Local: Rua Madre Cristina entre as ruas Luz del Fuego e Florbela Espanca

Data: 20 de julho (sábado)          

Horário: 15h às 21h

  • Festa Julina 

Local: Rua Marie entre as ruas Nhamundá e Jauaperi  

Data: 20 de julho (sábado)

Horário: 16h às 23h59

  • 1° Copa Terrinha De Futebol Amador 

Local: Rua Américo Brasiliense entre as ruas Yokohama e Miranda

Data: 20 e 27 de julho          

Horário: 12h às 20h

  • Festa Julina 

Local: Rua Barbacena entre as ruas Piraputanga e Indianápolis

Data: 21 e 28 de julho        

Horário: 8h às 15h

 

INFLUENZA

Dois óbitos por gripe são confirmados nesta semana em MS

Boletim epidemiológico atualizado informa que a uma das vítimas é um idoso de Três Lagoas e a outra não identificada; no ano, o estado acumula 67 óbitos

20/07/2024 13h45

Mato Grosso do Sul chega aos 67 mortos por gripe em 2024

Mato Grosso do Sul chega aos 67 mortos por gripe em 2024 Bruno Rezende / Portal MS

Continue Lendo...

Boletim epidemiológico atualizado nesta sexta-feira (19) divulgou que mais dois óbitos foram confirmados em Mato Grosso do Sul por Influenza. Em 2024, o estado já acumula 67 mortes por gripe.

Segundo o informativo, apenas uma das mortes foi identificada, sendo ela um idoso de 87 anos em Três Lagoas, vítima de H3N2, tendo comorbidades como doença cardiovascular crônica, imunodeficiência / imunodepressão. Das 67 mortes gerais pela doença no estado, 13 foram por H1N1, 46 por H3N2 e 8 não foram subtipados. 

As maiores vítimas seguem sendo do sexo feminino, responsáveis por 56,7% dos óbitos, ou seja, 38, enquanto 29 do sexo masculino morreram pela doença, cerca de 43,3%. Acerca da faixa etária, a população com mais de 80 anos representa 36,4% (24) das mortes, a maior entre as idades, seguido por 70 a 79 anos, com 12 mortes, e 60 a 69 anos, com 11.

Os casos confirmados e notificados não registraram nem aumento e nem queda, em comparação ao último boletim epidemiológico. Ou seja, os casos estão estagnados em 559 confirmados (127 H1N1, 336 H3N2 e 98 não subtipado), além de 4.570 notificações. Dentre as cidades com a maior incidência de hospitalizados pela doença estão Campo Grande (com 262 confirmações), Dourados (com 39) e Ponta Porã (com 32).

Além disso, as crianças de 1 a 9 anos são as mais afetadas, representando 20,6% das internações, ou seja, 115 dos 559 hospitalizados. São seguidos de perto pelos idosos com mais de 80 anos (15,9% - 89 hospitalizados) e aqueles de 60 a 69 anos (13,2% - 74 hospitalizados). O sexo feminino também é o mais atingido, com 54,6% das internações.

Sobre a imunização, as cidades entre os destaques positivos são Vicentina, com 74% da cobertura vacinal, Novo Horizonte do Sul, com 69,6%, e Jateí, com 67,6%. Do outro lado, Japorã, com 26,1%, Corguinho, com 24,4%, e Aral Moreira, com apenas 21%, são os destaques negativos na cobertura vacinal.

“A vacinação contra a influenza é uma das medidas de prevenção mais eficazes para proteger contra essa doença e, principalmente, contra a evolução para complicações e óbitos. A vacinação também contribui para a redução da circulação viral na população, protegendo especialmente os indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco”, diz o boletim divulgado pela Ses.

Alta na mortalidade infantil pela doença

A mortalidade por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em crianças pequenas ainda está alta devido à grande circulação do vírus sincicial respiratório (VSR). A análise é do boletim InfoGripe, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado no dia 11 de maio.

O documento destaca que a mortalidade da SRAG nas últimas oito semanas foi semelhante na faixa infantil de zero a dois anos e em idosos. No entanto, na população idosa, se destacam as mortes por SRAG associadas ao vírus da gripe, à influenza A e à covid-19. 

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).