Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COMOÇÃO

Velório de vítimas de acidente entre van e carreta reúne centenas de pessoas

Acidente matou oito ocupantes de van que seguiam da Capital a Nova Andradina
03/09/2015 16:41 - Glaucea Vaccari


 

Centenas de pessoas acompanham o velório das oito vítimas do acidente entre uma carreta e uma van, que ocorreu na BR-267 próximo a Nova Alvorada do Sul – distante 120 km de Campo Grande. Os corpos foram liberados por volta das 12h desta quinta-feira (3) e estão sendo velados em Nova Andradina e Batayporã, cidade onde as vítimas moravam.

De acordo com o site Nova News, Carlos Antônio Cecílio de Lima, Roseneide Possani, Ricardo Alves dos Santos, Lois Lany Pires de Moraes e Silva e Evandro Borges estão sendo velados no Velório Municipal do município. Elaine Oliveira Peixoto será velada na 1ª Igreja Batista. Já Luiza Alvez Nunes da Rocha está sendo velada na Capela São Pedro, em Batayporã. Os familiares de Izilda Cristina Regaço Criveli ainda não divulgaram onde ela será velada.

O sepultamento da professora Luiza Alves Nunes da Rocha acontecerá às 17h desta quinta-feira (03), em Batayporã. As demais vítimas serão sepultadas na manhã desta sexta-feira (4), no Cemitério Municipal de Nova Andradina.

O ACIDENTE

O acidente aconteceu noite desta quarta-feira (2), entre o Distrito de Nova Casa Verde e Nova Alvorada do Sul. Evandro Borges Ferreira conduzia uma van, perdeu o controle da direção e bateu de frente com a carreta depois de atropelar uma anta na rodovia. Nove pessoas estavam na van e apenas uma sobreviveu.

O motorista da carreta, José Wilton de Almeida Silva, 52 anos, está internado na ala vermelha da Santa Casa de Campo Grande.

Em solidariedade às famílias, a prefeitura de Nova Andradina decretou luto oficial de três dias. A bandeira do município permanecerá hasteada a meio mastro até sábado (5).

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...