Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

AGLOMERAÇÃO DE FUNCIONÁRIOS

Call center não segue recomendação básica e é fechado pela vigilância sanitária

Colaboradores foram dispensados dos serviços e só voltam com adequação da empresa
20/03/2020 14:06 - Camila Andrade Zanin, Fábio Oruê


 

Call center, localizado na Rua Rui Barbosa, em Campo Grande, foi fechado pela vigilância sanitária, na manhã desta sexta-feira (20), por desrespeitar decreto imposto pelo prefeito Marcos Trad (PSD) para evitar aglomerações com mais de 20 pessoas. O decreto segue a recomendação do Ministério da Saúde, que diz para evitar aglomeração de pessoas para não disseminar o coronavírus, responsável por oito mortes no Brasil. 

Conforme o fiscal José Carlos, que esteve no local, a equipe constatou a quantidade de funcionários trabalhando e decidiu pela interdição do local. “Nós fizemos um processo de orientação colocando de forma bem clara que as aglomerações de pessoas, neste momento, causam problema de saúde. Todas as empresas pela natureza de trabalho tem grupos de pessoas trabalhando são orientadas”, explicou ele. 

O órgão oficializou a irregularidade e a empresa terá que se adequa às regras, apresentando um novo plano de trabalho. Além disso, o call center estava com alvará de funcionamento vencido, mas já estaria em processo para normalizar a situação. 

Segundo o secretário de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), Luís Eduardo Costa, que também acompanhou a fiscalização, o call center terá que fazer procedimentos como limpeza e arrumação, além de diminuir o número de pessoas que ficam próximas - a recomendação é de pelo menos dois metros, de acordo com o Ministério da Saúde. Todos os funcionários foram dispensados e só voltaram ao trabalho quando o local se adequar. 

“Com muita calma nós temos que começar a fazer isso mais educativo do que punitivo. Nós ainda estamos recebendo denúncia de academias funcionando lotadas de gente. É um absurdo”, comentou o secretário.  A Guarda Municipal também estava no local para assegurar a integridade dos funcionários e equipe da vigilância sanitária e da Semadur.

ATUALIZAÇÃO 

Número de casos confirmados de coronavírus subiu para nove em Mato Grosso do Sul, com mais dois exames resultando positivo para a Covid-19 no Estado. Os casos confirmados, que estavam concentrados em Campo Grande, chegaram até o interior, com uma paciente de Sidrolândia, segundo boletim epidemiológico de ontem (19).

Secretaria de Saúde monitora outros 39 casos suspeitos da Covid-19. Todos estes casos suspeitos em investigação tiveram as amostras encaminhadas para o Laboratório Central (Lacen/MS), onde será feito o exame para nove tipos de vírus respiratórios, incluindo influenza e Coronavírus.

 

Felpuda


Pré-candidatos que em outras eras cumpriram mandato e hoje sonham em voltar a ter uma cadeira para chamar de sua estão se esmerando em apresentar suas folhas de trabalho. O esforço é grande para mostrar os serviços prestados, mas estão se esquecendo que a cidade cresceu, os problemas aumentaram e aquilo que já foi tido como grande benefício hoje não passa da mais simples obrigação diante do progresso e das novas exigências legais. Assim sendo....