Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SEMI-LOCKDOWN

Violações de decreto serão desconsideradas, diz prefeito

Marcos Trad alegou que alguns comerciantes não entenderam novas medidas de restrição
18/07/2020 15:42 - Adriel Mattos


No primeiro fim de semana de lockdown, a prefeitura de Campo Grande vai reanalisar e não vai punir comerciantes que violaram as novas medidas de restrições. O anúncio foi feito na tarde deste sábado (18) pelo prefeito Marcos Trad (PSD).

Durante transmissão ao vivo na rede social Facebook, Trad justificou que alguns lojistas tiveram dificuldades em compreender decreto publicado - e alterado - nesta semana.

“Muitas dúvidas surgiram, principalmente de conveniências, pet-shops e lava-jatos. Vamos tentar esclarecer e muitos daqueles que foram notificados hoje terão direito a reanálise e não serão punidos”, alegou.

Por outro lado, o prefeito disse que houve aglomerações de clientes em conveniências, que atendem apenas através de uma grade, e que a partir deste domingo (19), não poderão mais funcionar neste sistema.

“Como não temos como controlar, as conveniências não vão mais poder atender nem na grade. Queremos ajudar, mas boa parte dos empresários não ajudam”, reclamou Trad.

A venda no local passa a ser proibida. O cliente faz seu pedido e um funcionário entrega em casa.

“Mas por que a prefeitura não multa? É pior, porque tem uma série de reclamações quando aplicamos as reprimendas. Hoje mesmo tinha quatro conveniências com pessoas aglomeradas, com pessoas sentadas no capô do carro em volta”, justificou.

 
 

PET SHOPS E LAVA-JATOS

O prefeito explicou trecho do decreto sobre os pet shops. Esses estabelecimentos podem atender apenas no sistema delivery.  

Aqueles que tiverem um médico veterinário podem abrir apenas a clínica. Clientes podem também pedir produtos para entregar em casa.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, explicou que lava-jatos e similares podem funcionar com restrições.

“Oficinas e similares funcionam normalmente durante a semana, respeitando o toque de recolher. No fim de semana, apenas reparos de emergência. Lava-jatos devem buscar os veículos”, detalhou.

ATENDIMENTO E “KIT PREVENÇÃO”

Trad anunciou ainda que uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) vai atender e orientar a população em um ônibus a partir de segunda-feira (20).

“Dentro do ônibus, terá aferição de temperatura. Se houver sintomas, faremos o teste rápido”, disse o prefeito.

Mais caixas dos medicamentos hidroxicloroquina, ivermectina, azitromicina e outros chegarão na próxima semana para a distribuição de mais “kits prevenção”, receitados por um médico.

“Vamos criar uma farmácia itinerante para as pessoas que desejam ter acesso ao kit após a prescrição”, afirmou Trad, sem detalhar como esse projeto vai funcionar.

 

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!