Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SERTANEJO RAIZ

Violeiro Ivo de Souza será homenageado em programa de TV

Ícone da música sul-mato-grossense morreu em acidente
20/10/2019 10:28 - IZABELA JORNADA


 

História do cantor e compositor Ivo de Souza será exibida neste domingo (20), no programa da TVE Cultura MS. Ícone da música sertaneja sul-mato-grossense, o violeiro, que faleceu em acidente de carro, será homenageado pelos seus sucessos.   

No programa Arquivo Musical deste domingo, a atenção será toda para aquele que embalou os apaixonados pelo sertanejo raiz com canções pra lá de inspiradoras. Casa de Caboclo e Chápeu de Palha foi um de seus maiores sucessos durante a carreira mesmo depois de solo.

Entrevista que o artista contou à apresentadora Miska Thomé, sobre sua rica história, vai ao ar na TVE Cultura MS a partir das 14h30.

Um dos primeiros na turma de violeiros, Ivo começou a carreira ainda em 1965 ao lado do primo Janguinho, com quem no futuro ainda reeditaria a parceria. Florito e Edinelson foram outros nomes com quem dividiu os palcos e se consagrou como cantor e compositor de Mato Grosso do Sul.

Três anos depois do início das apresentações, a dupla gravou o primeiro compacto. Mas foi com “Espero ser feliz”, de Teixeirinha, que veio o primeiro sucesso. A dupla seguiu junta por muitos anos. 

Ivo remete a um tempo romântico do sertanejo do antigo Sul de Mato Grosso: surgiu para a música depois de outros nomes importantes, como Délio e Delinha e Amambai e Amambay, porém, alcançou igual importância como cantor e compositor. Fez duetos com muitos artistas de renome, sendo respeitadíssimo no meio.

O acidente que aconteceu na manhã de sábado, no macro anel, saída para Três Lagoas, chocou os familiares e amigos de Ivo. Eles nunca imaginaram que a história e legado de um dos maiores violeiros acabaria antes mesmo de completar mais um ano de vida.

O próprio Ivo estava dirigindo quando o veículo rodou durante a chuva e acabou atingido por um caminhão. De acordo com informações do Portal da Educativa, segundo testemunhas, ele buscava lenha para a festa de 74 anos que aconteceria neste domingo, na Chácara Antarctica, em Campo Grande, organizada por seus amigos.

ASSISTA 

Memória da produção sul-mato-grossense, o Arquivo Musical tem produção de Miska Thomé (que também o apresenta) e Claudinei Pecois (diretor e editor). A edição especial vai ao ar neste domingo, às 14h30, com na TVE Cultura MS e no Portal da Educativa.

Felpuda


Com trabalho suspenso, por causa da Covid-19, investigação parou sem ter começado e, agora, dois dos cabeças do grupo de trabalho estão “chovendo no molhado”. Assim, para continuar, digamos, em evidência, vêm divulgando sobre a “firmeza” de ambos em “dar continuidade”, tão logo acabe a pandemia que, assim como os resultados dos trabalhos, são incógnitas que só. Portanto, melhor seria aguardar o desenrolar dos acontecimentos para sair “cantando de galo”.