Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

AGEPEN

Suspensão de visitas em presídios no MS é prorrogada por mais 15 dias

Medida foi aplicada por conta da pandemia, visando proteger detentos, familiares dos internos e servidores.
02/10/2020 10:14 - Alicia Miyashiro


A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), suspendeu por mais 15 dias as atividades e visitas presenciais nas unidades penais em Mato Grosso do Sul.

Para retornar as visitas sociais e presenciais, a instituição em parceria com órgãos de saúde, elabora novos protocolos, de forma que esse retorno seja de forma gradual e seguro em todas as unidades penais do Estado.

A decisão de prorrogar essa suspensão ocorre em consequência do risco de disseminação da Covid-19, dentro e fora do ambiente carcerário, visando proteger não apenas os internos, mas também os familiares dos detentos e à sociedade.

Somente o Complexo Penitenciário de Campo Grande, localizado no Jardim Noroeste, recebia antes da pandemia, cerca de 1,7 mil visitantes por final de semana.

A medida é uma decisão do Ministério da Saúde, Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e uma recomendação do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), tendo em vista a vulnerabilidade das pessoas em situação de encarceramento.  

De acordo com a Nota Técnica, expedida pela Agepen nesta quinta-feira (1), continua sendo realizada as visitas sociais virtuais, de forma que o contato familiar seja priorizado durante o cumprimento da pena dos homens e mulheres nos presídios do Estado.

Em casos de novos detentos, a Agência Estadual mantém os cuidados preventivos, como a triagem preliminar. Já em casos de suspeita, o interno é atendido por uma equipe médica e isolado da massa, se necessário.

Os testes vêm sendo realizados em massa, assim como o isolamento e acompanhamento sistemático do quadro de saúde dos casos positivados.

Presídios, unidades assistenciais da Agepen, órgãos públicos ligados à saúde, justiça, execução penal e afins, estarão recebendo o novo documento com a prorrogação dos prazos.

 
 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!