Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FRONTEIRA

Vítima de atentado, ex-prefeito de Amambai morre em hospital de Dourados

Dirceu Lanzarini foi atingido na cabeça por dois disparos, efetuados por seu funcionário
24/02/2020 15:14 - Eduardo Miranda


 

O ex-prefeito de Amambai e secretário especial do governo de MS, Dirceu Lanzarini, morreu na tarde desta segunda-feira, pouco antes das 15h, no Hospital do Coração de Dourados, onde estava internado. Ele foi vítima de um atentado nesta manhã, em sua fazenda, quando foi atingido por dois tiros na cabeça. Testemunhas afirmam que os disparos foram feitos pelo funcionário dele, identificado como Luiz Fernandes.

O ex-prefeito foi atendido em Dourados pouco antes do meio-dia. No início da tarde, notícias da morte dele foram veiculadas em redes sociais, enquanto os médicos tentavam reverter as duas paradas cardíacas que ele teve no hospital. A morte de Lanzarini foi confirmada pelo prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz de Melo Bandeira.

Lanzarini teve uma tensa discussão com Fernandes, que trabalha na fazenda do ex-prefeito há pelo menos 10 anos. Não foram revelados detalhes do bate-boca, mas o uso de sementes na propriedade teria motivado do embate.  

Equipes do Departamento de Operações de Fronteira e das polícias Civil e Militar estão a procura do autor do crime, que fugiu após o atentado. 

Secretário especial no governo de Mato Grosso do Sul, Lanzarini foi prefeito de Amambai por dois mandatos, e também foi deputado estadual. 

 

Felpuda


Dia desses, há quem tenha se lembrado de opositor ferrenho – em público –, contra governante da época, mas que não deixava de frequentar a fazenda de “sua vítima” sempre que possível e longe dos olhos populares. Por lá, dizem, riam que só do fictício enfrentamento de ambos, que atraía atenção e votos. E quem se lembrou da antiga história garantiu que hoje ela vem se repetindo, tendo duas figurinhas carimbadas nos papéis principais. Ô louco!