Clique aqui e veja as últimas notícias!

ACIDENTE

Vítima de explosão em tanque de glicerina, morre após chegar em hospital

No acidente, homem de 50 anos teve fratura nas pernas, traumatismo craniano e queimaduras pelo corpo
03/02/2021 16:23 - Beatriz Magalhães, Gabrielle Tavares, Thais Libni


O motorista Luiz Carlos Martins da Vida, de 50 anos, morreu na tarde desta quarta-feira (3), após a explosão do tanque de glicerina de um caminhão. Ele foi socorrido em estado grave e encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo Corpo de Bombeiros, o acidente aconteceu na empresa Carandá Petroquímica e Serviços, que fica localizada na Capital.

Acidente

A explosão aconteceu por volta das 09h30. Equipes dos Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados e atenderam a ocorrência.  

De acordo com o Tenente Sales dos Bombeiros, o homem sofreu parada cardiorrespiratória, foi reanimado e encaminhado para a Santa Casa com múltiplas fraturas e queimaduras.  

Últimas notícias

“No local, a equipe constatou que um funcionário encontrava-se ao solo com fratura nas pernas, com traumatismo craniano e queimaduras pelo corpo. Foi dado os primeiros socorros à vítima, que foi encaminhada ao pronto-socorro do hospital”, informou Sales.

Ainda de acordo com o Tenente, testemunhas contaram que no momento da explosão a vítima estava em cima do tanque do veículo.  

“Segundo os funcionários da empresa, Luiz Carlos estava em cima do compartimento de cargas do automóvel, adicionando uma substância química em um tanque da empresa. Com o acidente, a vítima foi arremessada de uma altura de 6 a 7 metros de altura”, diz Sales.

A empresa Carandá Petroquímica informou ao Correio do Estado que apura o ocorrido, mas apesar da morte do motorista, nenhum outro funcionário ficou ferido.

Assine o Correio do Estado