Clique aqui e veja as últimas notícias!

EDUCAÇÃO

Passaporte para os alunos e fim do recreio: volta às aulas é adaptado nas escolas

Recreio foi suspenso, a duração das aulas foram diminuídas em cinco minutos cada e a merenda foi servida nas salas de aula
26/07/2021 12:23 - Gabrielle Tavares


Alunos da Rede Municipal de Ensino (Reme) retornaram para o ensino presencial na manhã desta segunda-feira (26) depois de um ano e quatro meses no ensino remoto. Para que as medidas de biossegurança fossem respeitadas, as escolas tiveram que adaptar a rotina.

Na unidade Nicolau Fragelli, as crianças receberam um passaporte com informações pessoais, como nome e série, para conseguirem transitar na escola. Além disso, a saída foi adiantada em uma hora, das 11h, para às 10h.

Desta forma, o recreio foi suspenso e a duração das aulas foram diminuídas em cinco minutos cada, e a merenda foi servida nas salas de aula.

Uma cartilha com os cuidados de biossegurança também foi distribuída e ensinada para as crianças.

O aluno Carlos Saab, de 8 anos, está no 2º ano e estava ansioso para retornar os estudos presenciais. Por causa do tempo longe da sala de aula, o processo de alfabetização foi prejudicado.

"Eu quero que acabe logo esse coronavírus, porque já está me dando uma raiva, não consigo ir para escola direito. Faz dois anos que eu não aprendo a ler, já estou com raiva disso", disse.

A mãe dele, a empresária Cristiane Saab, 42, explicou que foi complicado conciliar trabalho e atividades domésticas com o auxílio na alfabetização de Carlos.

"Ele também não queria que eu ensinasse, porque é diferente da professora, mas a gente vai levando", relatou.

"Estou muito feliz que voltou as aulas, muito feliz mesmo, não faz sentido não ter aula sendo que os shoppings estão liberados, restaurantes, todas as outras atividades estão funcionando normalmente com os cuidados, e só aula que não. Prejudicou muito as crianças", completou.

Últimas notícias