Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GIBA UM

“A ausência dessa confissão permite que as pessoas imaginem haver algo ainda pior nessa história toda! O Presidente não pode responder pelos atos de todos”

Janaina Paschoal, pedindo para que Flávio Bolsonaro pedindo que confesse os desvios na Alerj
22/06/2020 05:00 - Giba Um


Weintraub vai com a família morar em Washington, onde fará um curso de inglês para arrumar sua versão macarrônica do idioma de Shakespeare. E ganhará três vezes mais do que ganhava no ministério (R$ 30,9 mil). 

Mais: entre alguns benefícios, deverá chegar a US$ 20 mil mensais. Não há outras mordomias. Poderá, de vez em quando, até poderá visitar quem opara Educação, Olavo de Carvalho, que mora na Virginia. 

 

A ausência dessa confissão permite que as pessoas imaginem haver algo ainda pior nessa história toda! O Presidente não pode responder pelos atos de todos”, 

de JANAINA PASCHOAL // pedindo para que Flávio Bolsonaro pedindo que confesse os desvios na Alerj.

 

In – Inverno: cerveja bock

Out – Inverno: cerveja pilsen 


 

 
 

Rainha dos cosméticos

A modelo e empresária Kylie Jenner, 22 anos, é a rainha dos cosméticos em 2015 lançou sua marca Kylie Cosmetics que hoje é avaliada em US$ 1,2 bilhão. Na capa da Vogue Checoslováquia, junto com sua filha Stormi, 2 anos ela conta que sempre foi apaixonada por maquiagem e fala que certamente vai deixar sua primogênita usar. “Definitivamente vou deixá-la. A questão é quando será. Quando eu era pequena, secretamente usei as sombras de minha mãe. Isso me deixou muita liberdade e incentivou minha criatividade. Desde a sexta série, fui com sombras roxas”. Em fotos feitas por vídeo chamada ela dá uma dica sobre beleza: “Seja você mesmo. A autoconfiança é importante, assim como a liberdade e a capacidade de se expressar plenamente, sem medo do que os arredores pensam”. E no final da sessão das fotos com a filha confessou: “Eu choro sabendo que ela não será tão pequena assim novamente”. 

Churrasco e medo

Na casa em Atibaia, onde Fabrício Queiróz foi preso (é de propriedade do advogado Frederick Wassef, que já atuou para a família Bolsonaro), de vez em quando, acontecia um churrasco. Os vizinhos viam um “careca”, mas não imaginavam que poderia ser Queiróz. E na sala havia um pedaço de um cartaz com os dizeres “AI-5”. É uma menção ao Ato Institucional decretado pelo governo militar em 1968, que resultou no fechamento do Congresso, cassou mandatos, suspendeu habeas corpus para crimes políticos, entre outras medidas que acabaram com as garantias constitucionais. Ao ser preso, Queiróz usava um colete à prova de balas. Ele avisou os policiais que teme por sua vida e na prisão, ficará em cela isolada, com horário de sol diferente dos demais. Ele pode optar por delação premiada. Os investigadores podem usá-la para convencer Queiróz a contar tudo o que sabe. Mas, é exatamente por saber muito que ele teme por sua vida. Dá a impressão de que os velhos amigos são adeptos de métodos especiais para prevenir acidentes.

 
 

Os dois lados

A cantora Anitta acaba de assinar um contrato com Warner Records dos Estados Unidos. Ao que parece a funkeira, que se arriscou na carreira de atriz deve focar sua carreira da música internacionalmente. É um grande fenômeno tem mais de 47 milhões de seguidores no Instagram, quase 5 bilhões de visualizações no YouTube. Só que suas desavenças com a cantora Ludmilla que vieram à tona nas últimas semanas causaram desgaste a sua imagem que perdeu alguns seguidores, não que isso a abale. Ela está super feliz com sua vida pessoal e profissional e seu programa Anitta Dentro da Casinha, cuja primeira temporada chegou ao fim na quinta-feira (18) fez sucesso e pode voltar a programação ainda este ano no Multishow. 

Proteção

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB-SP) teme pela vida de Fabrício Queiróz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, preso na quinta-feira (18) em Atibaia, interior de São Paulo. Por isso enviou um ofício ao Ministério da Justiça, ao governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, ao Ministério Público Federal (MPF) e à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) pedido “proteção total”. Mesmo se referindo ao ex-assessor como “bandido”, acredita que ele possa sofrer um atentado. Trecho do ofício enviado diz: “Que seja montado um esquema especial de segurança para a garantia da vida desse cidadão, uma vez que ele poderá ser figura importante em demais processos em trâmite no Poder Judiciário”.


 

 
 

Implante

O presidente do STF, Dias Toffoli, está preocupado com sua calvície. Tem cabelos à frente que cobrem grande parte da cabeça já convertida em planície. Nas próximas férias, tem consulta agendada com o cirurgião plástico Fernando Basto, do Recife, o mesmo que recheou a cabeça de José Dirceu, para ver se seu problema capilar tem alguma solução.

Suco de laranja

Em 20 de maio, o ativista Bruno Maia, que em rede social usa o pseudônimo de Todd Tomorrow, antecipou o paradeiro de Fabrício Queiróz. Publicou foto da fachada do imóvel e escreveu que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro “curtia temporada” na casa do advogado Frederick Wassef, advogado do parlamentar. Disse ter sido informada por Heloísa Carvalho, filha de Olavo de Carvalho. Passou várias vezes por lá, mas porta e janelas permaneciam fechadas. Depois da prisão, posaram tomando suco de laranja no local.

COTADO

Um nome começa a surgir como forte candidato para substituir Abraham Weintraub, que pediu demissão no Ministério da Educação. Trata-se de Carlos Francisco de Paula Nadalim. Ele foi escolhido pelo primeiro ministro da Educação do governo Bolsonaro, para comandar a secretaria de Alfabetização.

Quem é ele

Ainda Sobre Nadalim: ele é ex-aluno do ex-astrólogo Olavo de Carvalho, o que desagrada o Conselho Nacional de Educação (CNE) e poderá encontrar alguma resistência na ala militar, por conta dessa relação próxima com o guru bolsonarista. É favorável ao método homeschooling e defende uso da metodologia fônica para a alfabetização contra a proposta global, que ele atribui ao educador Paulo Freire e associa ao marxismo. Nadalim é visto como um homem tímido e pacífico bem ao contrário de seu possível antecessor que era considerado truculento.

ÚLTIMO ATO

Pouca gente sabe mas Abraham Weintraub é bacharel em Ciências Econômicas pela USP, professor da Universidade Federal de São Paulo, fez MBA e mestrado na administração (área de finanças) na FGV. Ou seja: pode, pelo menos pelo lado de escolaridade, assumir uma diretoria do Banco Mundial, apesar de ter deixado uma herança de palavrões e erros gramaticais no ministério. Patético, na despedida do chefe, foi pedir licença para um “abracinho” em Bolsonaro, único momento em que o presidente sorriu.

Pouca execução

Os gastos emergenciais autorizados para combater o coronavírus estão piorando as projeções para as contas públicas brasileiras, mas parte deles apresenta baixo nível de execução. Na área da saúde, por exemplo, dos R$ 12,5 bilhões autorizados apenas 28,3% foram efetivamente gastos até o momento. No total, as despesas autorizadas para o governo federal somam R$ 403,9 bilhões dos quais 33,6% foram gastos até agora.

Sem sexo, não

O deputado federal Fabio Faria (PSD-RN), agora transformado em ministro das Comunicações, é a esperança de muitos porque, em seu discurso de posse, acenou com um “armistício” entre os envolvidos na crise que assola o país. Faria é calmo, diz que vai dar um jeito nisso e não está tenso. Sua mulher Patrícia, filha de Silvio Santos, já disse num programa de TV que não deixa o marido sem sexo, senão ele vai procurar fora de casa.

SOU PROFESSOR”

Na semana passada, na RTP, emissora de TV de Portugal, em meio a um curso online para crianças, entrou no ar um veterano grisalho que se apresentou: “Olá. Boa tarde, chamo-me Marcelo Rebelo de Sousa e sou professor”. A partir daí, deu um recado repleto de cidadania e humanismo por menos de meia hora. Quem viu adorou. Era o professor Marcelo Rebelo de Sousa, também presidente de Portugal. Os brasileiros de lá morreram de inveja.

MISTURA FINA

- NA coluna de sexta-feira (19) por problema de produção e horário de fechamento, havia informações superadas sobre o destino de Abraham Weintraub. Pelas incorreções, pedimos desculpas aos leitores. 

- O ADVOGADO da família Bolsonaro, Frederick Wassef, bate ponto não só no Planalto, mas também no Alvorada. Tem ligações mais estreitas com o clã. Mas, tratou de avisar que não estava escondendo ninguém e menos ainda a pedido de algum Bolsonaro. Fala que Queiróz não era procurado com mandado de prisão nas mãos e tampouco foragido da polícia. 

- A PRISÃO de Queiróz e a novela do sítio de Lula colocam Atibaia no roteiro da corrupção e podem até alimentar a indústria do turismo de lá. A cidade tem uma boa rede de hotéis a partir do Bourbon, o mais caro (quase R$ 1 mil a diária) e secundado pelo Vila Verde, Faro e até Pedra Grande, mais acessíveis. Todos estão reabrindo agora sob condições. 

- AS investigações sugerem que Fabrício Queiróz era uma reencenação de Paulo César Farias, o PC, que foi tesoureiro da campanha de Fernando Collor. Quando o chefe chegou ao poder, passou a pagar despesas da família. Queiróz pagava até (sempre em dinheiro vivo) as escolas das filhas de Flávio. No caso de Collor, a descoberta de cheques fantasmas abriu caminho para o impeachment.

- NO programa Pânico da Jovem Pan, Thammy Miranda falou que Carlos Bolsonaro “tem um amor enrustido por mim, o que me deixa lisonjeado”. E mais: “Ele é fascinado por mim, gosta de mim de verdade. Como vereador, deveria estar preocupado com outras coisas. E postou uma foto do meu filho quando nasceu. Aí, achei falta de respeito”.

- NO dia da prisão de Fabrício Queiróz, piadas, meme e gozações foi o que movimentos as mídias digitais. E não parou por aí, grandes chefes como Paola Carosella e Rita Lobo compartilharam receita com laranja em suas redes sociais. A atriz Marina Ruy Barbosa, lembrou uma foto que com a fruta e legendou: “Meu icon está mega atual, né?”.

- A 4ª Vara Cível da Barra da Tijuca condenou a CBF a pagar uma multa estimada em R$ 3,1 milhões a Procter & Gamble, a gigante americana de bens de consumo, pela rescisão antecipada de um contrato de patrocínio em junho de 2015. De lá para cá, os dois lados se acusavam mutuamente de pedir indenizações. A Justiça deu ganho de causa à Procter & Gamble. O contrato original previa R$ 40 milhões até 2018.

- NESTE momento de isolamento social mundial a população, principalmente os artistas apelam para as redes sociais para manter contato com seu público e as lives fazem muito sucesso. Mas a rede social do momento é a TikTok. O aplicativo criado pela chinesa ByteDance viu seu valor de mercado aumentar em uma semana: ela saltou de R$ 418,5 bilhões para R$ 613,8 bilhões.

Felpuda


Mesmo sem ter, até onde se sabe, combinado com o eleitor, candidato a prefeito começou a apresentar nomes do seu ainda hipotético secretariado, pois parece estar convicto de que conseguirá vencer a disputa.

Os adversários dizem por aí que ele está muito distante de “ser um Jair Bolsonaro”, que, ainda na campanha eleitoral para presidente da República, já falava em Paulo Guedes para ser seu ministro de Economia. Como sonhar é permitido