Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

CLÁUDIO HUMBERTO

Presidente do STJ: “A investigação do crime segue em inquérito sigiloso”

Presidente do STJ, Humberto Martins sobre o ataque ao sistema de informática do tribunal
10/11/2020 08:14 - Cláudio Humberto


Mourão pode convidar Kamala a visitar a Amazônia

Os diplomatas estão reservando ao vice Hamilton Mourão um papel protagonista na tentativa de reduzir as tensões entre o governo brasileiro e a futura administração dos Estados Unidos. 

Eles avaliam convencer Mourão a convidar Kamala Harris, futura vice norte-americana, a visitar Amazônia, com objetivo de conferir a floresta, que continua 70% intacta, e conhecer iniciativas para sua proteção. Tem um “porém”: em política externa, convites são feitos quando se sabe que serão bem recebidos.

Intensivão verde

Os diplomatas acham que a futura vice-presidente certamente terá o maior interesse de conhecer a floresta, um dos temas de seu discurso.

Saindo da defensiva

A avaliação dos profissionais de política externa é que eventual convite a Kamala Harris fará o Brasil sair da defensiva, sem nada a esconder.  

A floresta como ela é

A certeza no Itamaraty é que, após visitar a floresta, Kalama fará ideia da vida como ela é, na Amazônia, fora das manchetes e das redes sociais.

O que é bom, esconde

Recentemente, Mourão levou diplomatas e um grupo de jornalistas para visitar a Amazônia, mas a iniciativa não repercutiu como se esperava.

DF outorgará ‘corredores’ entre lotes a moradores

O governador do DF, Ibaneis Rocha, vai mexer em outro vespeiro: ele enviou projeto à Câmara Legislativa que prevê a outorga de “corredores” de passagem, entre lotes residenciais nos lagos Sul e Norte, para os respectivos ocupantes. 

A outorga é condicionada a pagamento anual de valores calculados a partir da Pauta de Valores Venais de Terrenos e Edificações do DF. Corredores são fonte de aflição, há anos, por razões de segurança: as casas ficam vulneráveis a invasões de assaltantes.

Rota de fuga

O projeto de Ibaneis Rocha atende a antiga aspiração de moradores até pela utilização dos “corredores” como rota de fuga de criminosos.

Fedentina impera

Os corredores entre lotes, a maioria com dois metros de largura, sem iluminação e limpeza, são usados também como “sanitário” público.

Áreas verdes

Além dos corredores, o projeto de Ibaneis Rocha pretende regulamentar a utilização das áreas verdes, muito comuns em Brasília.

Faltou o para-raios

Ex-diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica, Edvaldo Santana não percebeu no apagão do Amapá, duas coisas básicas: para-raios e porta corta-fogo entre um gerador e outro. Até agora ninguém foi demitido.  

The book is on the table

Em inglês, o ministro Fábio Faria (Comunicações) deu detalhes da fase 5 da Operação Amazônia Viva. Foram 10 presos e 17 assentamentos ilegais destruídos, além de 31 garimpos ilegais interditados.

Deu erro

Dilma Rousseff deu uma de Dilma Rousseff. Depois de defender a autonomia do Banco Central nas campanhas de 2010 e 2014, mudou tudo e passou a atacá-la porque a ideia é defendida por Bolsonaro.

Perdeu as contas

Sem dizer qual e onde, o ex-presidiário Lula reclama de habeas corpus “há dois anos sem julgamento”. Está confuso com as centenas de recursos já negados em todas as instâncias da Justiça.

Enquete marota

O deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO) perguntou nas redes sociais o que os seguidores acham da possível chapa Sergio Moro/Luciano Huck para 2022. Acusado de mudar de lado, teve de esclarecer: “a pergunta apenas é mais uma chance para mostrar que ninguém está com os dois”.

Falta informação

O PIX começa a funcionar nesta segunda (16) e só 15% das pessoas sabem como ele funciona, segundo pesquisa encomendada pelo PayPal. Mas 61% dos entrevistados não gostam de pagar taxas de DOC e TED.

Futebol de segunda

Só mesmo no futebol de segunda que se pratica no Brasil o líder e o 3º colocado do seu maior campeonato, Inter e Flamengo, ficam sem os seus treinadores. Por isso o hexa mundial fica cada vez mais distante.

Processo é longo

Pela lei, nos EUA os colégios eleitorais estaduais devem resolver quaisquer disputas ou controvérsias até 8 de dezembro, seis dias antes do prazo final para a certificação os votos. 

O resultado oficial, no entanto, só é expedido pelo Congresso, até 6 de janeiro. A posse é no dia 20.

Pensando bem...

... já tem político de oposição chamando Biden de “camarada Joe”.

PODER SEM PUDOR

Só mesmo cutucando

Henrique Hargreaves era influente ministro de Itamar Franco quando, certa madrugada, circulou que ele havia morrido. Uma repórter amiga ligou para sua casa. 

Atendeu a mulher, hoje dona de butique em Brasília: “E aí, tudo bem?” A sra. Hargreaves respondeu: “Tudo bem, mas já é meio tarde, não acha?” A repórter explicou: “Desculpe, mas é que estão dizendo que o ministro morreu...” 

A mulher do ministro reagiu com bom humor: “Olha, ele está aqui do meu lado, aparentemente vivo. Mas vou dar uma cutucadinha para ver se está tudo em ordem...

 
 

Felpuda


Embora tenha manifestação de que não haverá mudanças na administração municipal que se iniciará dia 1º de janeiro, o que se ouve por aí é que a realidade não seria bem assim.

Alguns setores deverão passar por alterações, como forma de se azeitar engrenagens que estariam deixando a desejar. 

O Diário Oficial, a partir daquela data, deverá ser a publicação mais lida a cada manhã.