Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GIBA UM

“Corrupção no Rio passa por metástase”,

de FERNANDO GABEIRA // ex-deputado que diz que “a família Bolsonaro se elege com apoio de milícias”.
24/09/2020 05:00 - Giba Um


Corrupção no Rio passa por metástase”,  de FERNANDO GABEIRA // ex-deputado que diz que “a família Bolsonaro se elege com apoio de milícias”. 

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello discute desde já com secretários estaduais da Saúde o destino que será dado no pós-pandemia, aos equipamentos hoje disponibilizados exclusivamente para pacientes da covid-19. 

Mais: os estados querem ficar com respiradores, monitores, sensores e tudo mais. Alguns secretários, inclusive, vislumbram a oportunidade de ampliar hospitais da rede pública com recursos do SUS para receber os equipamentos.

In – Profissão: médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem

Out – Profissão: arquitetos e engenheiros civis

 
 

Sucesso de novo

A atriz Isis Valverde, 33 anos, não precisa mais mostrar seu talento, vários personagens nos seus 14 anos de carreira deixam saudades. Um deles pode ser relembra agora com a edição especial de A força do querer onde interpretou Ritinha.

Em entrevista ela relembrou como foi a preparação para a personagem. “Foi o trabalho físico mais difícil que já fiz em toda minha vida, que ultrapassava o limite do meu corpo. Fazer apneia por quatro minutos, em sete metros de profundidade com cauda de 27 quilos. Foi a experiência mais incrível mergulhar com todos os bichos, inclusive com tubarão. Conviver com os botos no rio foi mágico, de verdade”.

Enquanto espera o retorno da novela Amor de Mãe no qual vive a enfermeira Betina (a personagem irá contrair covid-19 e o futuro da personagem está mantido em segredo, há quem garanta que não poderá ter um final muito feliz) ela segue fazendo campanhas publicitárias. Ela está na campanha da Reebok Brasil, Chilli Beans, L’Oréal e da joalheria Monte Carlo.

Passando vergonha

A única novidade do discurso de Bolsonaro na ONU (por conta da pandemia, mandou seu discurso por vídeo) foi que ele não falou sobre a cloroquina, nem exibiu a caixinha do remédio. De resto, a maioria dos pontos focalizados pelo Chefe do Governo são ficções da cabeça dele conhecidas dos brasileiros e que não tiveram e repercussão mundial desejada (só negativa).

Ele disse que vítima de “uma campanha conspiratória” e uma das mais brutais é sobre Amazônia e o Pantanal. Lá, o fogo acontece por causa dos incêndios dos índios e caboclos que “queimam seus roçados”. 

Disse ter “tolerância zero com o crime ambiental” e com referência à pandemia, culpou a imprensa que teria “disseminado pânico”. E elogiou Trump, que o ignorou no discurso seguinte.
 

 
 

Jovens Premiadas

Aconteceu na última terça-feira (22) a 19ª edição do Prêmio Jovem Brasileiro, no Arena Sessions, drive in localizado no Allianz Parque em São Paulo. A premiação é voltada mais para área digital que concede entre prêmios o de melhores influenciadores, melhor Instagram, melhor youtuber.

Seguindo normas das organizações da Saúde, evento foi apresentado por Rodrigo Faro.

Entre tantos concorrentes ganharam destaque estavam a ex-BBB Gizelly Bicalho (à esquerda), que levou o Prêmio de Meu Crush, Brunna Gonçalves (meio) Prêmio de Revelação Digital, Prêmio de Eu Shippo e Prêmio de Melhor Fandom do Brasil (os dois último com sua namorada Ludmilla) e Larissa Manoela (à direita) o Prêmio de Melhor Atriz.

Insuficiente

As medidas de ajuste fiscal que constam da emenda constitucional 95, que instituiu o teto de gastos da União e das propostas de emenda constitucional 186 e 188, conhecidas como PEC Emergencial e Pacto Federativo, não abrem espaço no teto de gastos para o aumento de investimentos para a Renda Brasil, mesmo depois que os gatilhos dispararam e o governo as acionar, de acordo com avaliação que está sendo feita nas áreas técnicas do governo e do Congresso.

As medidas evitam apenas que as despesas cresçam mais do que a inflação. Assim mesmo por um determinado período.

 
 

“Tática”

Para Gleisi Hoffmann, presidente do PT, o partido fez gestos importantes a aliados nessa disputa municipal e não está isolado.

Para ela, a decisão de lançar chapas em praticamente todas as capitais e cidades com mais de 200 mil habitantes é “tática”, não falta de opção diante de conflitos de centro-esquerda e críticas de antigos aliados ao PT.

Duas canoas

Com o governo do presidente Bolsonaro e o grupo do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, se digladiando pelo controle da Casa em 2021, o presidente dos Republicanos, deputado Marcos Pereira (SP) tenta se manter com um pé em cada canoa até fevereiro para se viabilizar como candidato à sucessão.

Ele tenta passar a imagem de candidato independente que, apesar de aliado de Bolsonaro, não é “submisso”. Seria um perfil parecido com o de Maia, que dispensa melhores olhares a Baleia Rossi do MDB.

NO VIZINHO

Enquanto Bolsonaro denuncia os “comunistas” da Argentina, a gestão de Alberto Fernández atrai divisas da indústria têxtil brasileira. O governo argentino está oferecendo benefícios para as empresas do setor que queiram investir no país.

Foi o caso da cearense Santana Textiles que acaba de inaugurar sua segunda fábrica lá, um projeto perto de US$ 12 milhões.

A própria vice-presidente Cristina Kirchner participou de videoconferência. Detalhe: quando Santana instalou sua primeira fábrica na Argentina, em 2008, Cristina estava na presidência.

Fila do INSS

Por conta e em meio à pandemia, há, hoje, cerca de 2 milhões de pedidos na fila de benefícios do INSS ou de auxílio emergencial. O número de pessoas aguardando análise do INSS vem caindo, mas ainda há 1,6 milhão de requerimentos em espera.

No caso do auxílio de R$ 600, são 446,8 mil solicitações em processamento.

Cerca de 750 mil pedidos aguardam uma primeira análise do INSS e outras 900 mil dependem do envio de documentação suplementar pelo requerente, o chamado cumprimento de exigência.

MENOS

Há quase dois meses, o Brasil vem apresentando dados animadores em relação à pandemia do coronavírus e reduziu o número de casos ativos, pessoas atualmente infectadas, para 507,8 mil.

Esse é o menor número de pessoas doentes ao mesmo tempo desde 24 de junho. 

Com o número de curas frequentemente maior do que novos contágios, a marca psicológica de 500 mil casos deve ser cruzada agora, para baixo.

Exceção

Bolsonaro tem dito que não vai se envolver em eleições municipais. A promessa, ao que parece, tem exceções.

Celso Russomano está afirmando que ele se comprometeu a gravar um vídeo de apoio a seu programa eleitoral. É tudo que Bruno Covas menos quer.

Mais: pesquisas domésticas dizem que vídeos de apoio de João Doria não fariam grande interesse e pouco significariam diante do apoio de Bolsonaro a Russomano.

Respirando aliviado

Falando pouco menos de dois meses para eleição o prefeito de São Paulo Bruno Covas que tenta sua reeleição ficou assustado que apontava Celso Russomano (Republicanos) na sua frente e com boa margem de vantagem.

Só que nova pesquisa feita pela Exame/Ideia o deixou mais aliviado. Covas (22%) estaria empatado tecnicamente no primeiro com Russomano (21%), e venceria num segundo turno 37% contra 31%.

Indo para um segundo com qualquer outro candidato a diferença aumenta, vencendo qualquer um com facilidade.

Mesmo com os novos números Covas ainda teme pelo apoio que Bolsonaro está dando a Russomano, que pode virar o jogo.

NA LISTA

O youtuber Felipe Neto, carioca, 32 anos, que tem 39 milhões de inscritos somente em seu canal no Youtube, está na lista das 100 personalidades mais influentes do mundo em 2020 da revista Time.

Ele tem sido alvo de uma intensa máquina de ódio e de fake news detonada por seguidores de Bolsonaro, nos últimos meses. Segundo Felipe, que já errou, o importante é aprender e evoluir.

“É preciso lutar contra o fascismo, a opressão, a radicalização e o silêncio”. E emenda: “Estar na lista Time100 é uma honra gigantesca”.

MISTURA FINA

  • AINDA sobre a pesquisa Exame/ Ideia: Guilherme Boulos (PSOL) é candidato com maior número de rejeição com 35%, em seguida vem Russomano com 30% e Covas com 27%.
  • CIRO Gomes está fazendo duas apostas: a primeira é que Paulo Guedes será demitido no curto prazo; e a segunda é que Bolsonaro não chega ao final do mandato. Nesse caso, lembra que FHC e Lula terminaram seus mandatos porque tinha extraordinária capacidade de diálogo. “Bolsonaro, não: ele é brigão”.
  • O CONGRESSO brasileiro é o segundo mais caro do mundo, onde cada membro custa R$ 47 milhões por ano, segundo a União Parlamentar. Se houver corte de parlamentares, junto vem cortes de aspones, auxílios, verba de gabinete, carros oficiais, passagens áreas e tudo mais. 
  • O SENADOR Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) não compareceu a acareação do Ministério Público, alegando compromissos profissionais, só que estava num programa de TV. Agora caberá ao procurador-geral da República, Augusto Aras, apresentar ou não uma denúncia por crime de desobediência.
  • ASSIM como outros políticos e celebridades, Fernando Haddad (PT) resolveu atacar discurso do presidente Jair Bolsonaro na abertura da 75ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Haddad pegou pesado e disparou no Twitter: “Fezes servem de adubo. Lixo pode ser reciclado. Já certo discurso… que vergonha”.
  • LUIZ Fux, novo presidente do Supremo, vai restringir as sessões e eventos presenciais na Corte. A decisão do STF de realizar a cerimônia de posse de Fux com convidados tem sido bastante questionada em Brasília. No dia 10 de setembro, data da solenidade, para cá, sei dos presentes já foram diagnosticados com Covid-19, entre eles, o próprio Fux.
  • O MAGAZINE Luiza tem interesse na privatização dos Correios. E as Americanas também está na mesma disputa. As duas têm planos similares: pretendem fazer dos Correios uma operação de logística bastante diferenciada da atual estatal, com o objetivo de atender grupos privados.

Felpuda


Falatório e atitude de membro da família acenderam a luz vermelha no “QG” de candidato, pois poderão causar muitos estragos. 

A tropa de choque de defensores do candidato a prefeito já foi colocada em campo e só falta falar que os genes de ambos são diferentes. 

E com relação ao dito-cujo, sabe-se que deverá ser orientado a “baixar a bola” nos próximos dias, mais precisamente até o término da campanha eleitoral.

Afinal...