Clique aqui e veja as últimas notícias!

CLÁUDIO HUMBERTO

“É com a geração de empregos que vem o desenvolvimento”

Governador de Minas Gerais (Novo), Romeu Zema, sobre o pacote de investimentos
12/12/2020 08:40 - Cláudio Humberto


Caiado sobre Doria: vaidade, soberba, arrogância

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), não economizou adjetivos nesta sexta (11) para definir a tentativa do paulista João Doria (PSDB) de “dividir o País entre Brasil com vacina e Brasil sem vacina”. 

Disse que a atitude de Doria “é de uma insensatez e de uma arrogância ímpares”, ao defender o anúncio do ministro Eduardo Pazuello (Saúde), em Goiânia, de federalizar a vacinação contra covid.

Também criticou a atitude de “soberba” do tucano em relação aos demais governadores.

Barganha criminosa

“Querer usar a vacina como barganha eleitoral chega a ser criminoso”, disse Caiado, referindo-se à pré-candidatura de Doria a presidente.

Expertise de 47 anos

Caiado lembrou que a há 47 anos uma lei federal atribui ao Ministério da Saúde o comando de iniciativas nacionais de vacinação.

Autoridade é federal

O Planto Nacional de Imunizações (PNI) dá autoridade ao Ministério da Saúde para requisitar todas as vacinas importadas ou fabricadas no país.

Cidadão muda o nome...’

Em entrevista à Rádio Bandeirantes, Caiado também ironizou Doria por “mudar de nome” para Bolsodoria e depois se voltar contra o presidente.

ONU exclui a Amazônia de evento sobre o clima

Até a Organização das Nações Unidas (ONU) foi “aparelhada” por ONGs e ativistas: excluiu o Brasil de reunião virtual de 77 países, neste sábado (12) para discutir o clima. Não querem dar chance para o desmonte de meias verdades e mentiras absolutas sobre a Amazônia. 

Não desejam ouvir que o Brasil preserva mais de 43% das florestas do planeta. Já a Europa, tão vigilante quanto à Amazônia, só responde por 0,7% do total.

Inspiração fascista

Em uma atitude de inspiração fascista, o “Climate Action Tracker” excluiu do evento os países que não rezam por sua cartilha.

Periferia climática

Curiosamente, a maioria dos participantes do evento da ONU não tem papel relevante na “produção” do clima, para o bem ou para o mal.

É proibido divergir

A exclusão de países impede o exercício da pluralidade de ideias, no evento, e nega inclusive o papel histórico do Brasil na fundação da ONU.

Coisa com coisa

A derrota na tentativa de disputar a reeleição à presidência da Câmara afetou tanto Rodrigo Maia que agora ele diz coisas sem sentido. Ontem, atacou a Anvisa, em vez de defender uma agência reguladora do Estado brasileiro, e cobrou do governo um “plano de vacinação”, que já existe.

Ninguém entendeu

O governador João Dória deixou confuso quem viu sua crítica à ideia de federalização da vacinação contra a covid. Nas redes sociais, ele disse isso é coisa de quem está “abandonando o seu povo”! Publicou sem ler.

Risco de convulsão

O mineiro Romeu Zema (Novo) está entre os governadores que apoiam a vacinação contra covid a cargo do Ministério da Saúde. Disse ontem que vacinação somente em São Paulo pode convulsionar o País.

Confiscou, pagou

A boa notícia para Doria, caso se confirme a “requisição” ou “confisco” da vacina chinesa, é que finalmente o governo federal terá de pagar a conta do acordo bilionário com a Sinovac, como ele tenta há meses.

Grande diferença

Para o ministro Fabio Faria (Comunicações), o novo marco regulatório do setor de gás tem “enorme potencial a ser explorado”. “Brasil tem hoje pouco mais de 9000km de gasodutos, já os EUA, 500.000km”, diz.

Proporção pequena

Ao todo, 67 parlamentares federais foram candidatos nas eleições deste ano, sendo 65 deputados e dois senadores, diz o Radar Governamental. Mas apenas 12 (18%) foram eleitos, sendo quatro deles em capitais.

Livre iniciativa

A Buser, o Uber dos ônibus interestaduais, comemorou a decisão do Tribunal de Justiça de SP considerando legal a atuação da startup no ramo de fretamento particular. Para a empresa, a decisão garante a manutenção de 60 mil empregos diretos e 120 mil indiretos.
Só cresce

O Business Insider infirmou que o mercado de videogames cresceu mais de 34% este ano, em relação a 2019, nos Estados Unidos. O total de vendas apenas de consoles já superou US$ 4 bilhões (R$22 bilhões).

Pensando bem...

...no fundo, o governador adoraria mudar o nome da vacina para DoriaVac.

PODER SEM PUDOR

Qual o problema?

Menezes Pimentel era interventor no Ceará, na era Getúlio Vargas, quando soube que um prefeito do interior usava dinheiro público em sua campanha. Mandou chamar o homem: “Disseram-me que o senhor, vejam só, estaria usando verba da prefeitura na campanha política! O que o sr. tem a dizer?” 

O prefeito coçou a orelha e ponderou: “Mas, doutor Pimentel, é que eu já estava gastando até do meu...”