Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLÁUDIO HUMBERTO

“Em breve estarei 100% recuperado e sairei do ‘hangar’”

Ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), após cirurgia nos canais auditivos
20/02/2020 04:00 - Cláudio Humberto


“Em breve estarei 100% recuperado e sairei do ‘hangar’”

Ministro Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia), após cirurgia nos canais auditivos

 

Prefeitos exigem Bolsa Família para comprar votos

Prefeitos pressionam o governo federal a inscrever mais 3,5 milhões de pessoas que estariam “na fila” do Bolsa Família. Mas isso é lorota: o programa já beneficia mais de 28 milhões de brasileiros e a cada ano mais são acrescidos. Apenas no ano passado o total de beneficiários diminuiu, após o governo promover a primeira limpa no programa, eliminando irregularidades, fraudes e até beneficiários mortos. Ainda assim, 1,1 milhão de novos beneficiários foram acrescidos à lista.

A pressão é eleitoral

Prefeitos querem votos trazidos pelo Bolsa Família. Eles tentam fazer parecer, sobretudo em regiões mais pobres, que é programa deles.

Maior do mundo

O deputado Jarbas Vasconcelos (MDB-PE) avisou que o Bolsa Família se transformaria no maior programa de compra de votos do mundo.

Primeira redução

Na limpa na lista de beneficiários do Bolsa Família, em 2019, foram retirados 1,3 milhão de brasileiros por fraudes e irregularidades.

Fila real

Em 2017, sob Michel Temer, o governo zerou a fila do Bolsa Família. Segundo a administração atual, a fila se aproxima de 500 mil pessoas.

Senador que vende motos que proibir automóveis  

Revendedor de motos Honda no Piauí, o senador Ciro Nogueira (PP) apresentou projeto, com chances de aprovação, que proíbe a venda de automóveis movidos a gasolina ou diesel a partir de 2030 e sua circulação já em 2040. A proposta é baseada na presunção de que, até lá, serão elétricos a maioria dos veículos fabricados. Pode ser o fim dos carros populares no País: apesar dos incentivos para baratear o preço, os elétricos custam no mínimo R$130 mil ao consumidor brasileiro.

Diz que não estou

A Petrobras se recusou a comentar o projeto de Ciro Nogueira proibindo o uso dos combustíveis que a estatal produz.

Não importa

Motos se envolveram em 81% dos acidentes que provocaram invalidez, morte etc em 2019, estatísticas divulgadas pelo seguro DPVAT.

Etanol de fora

Por meio da assessoria, o senador informou que não há incentivos ao carro elétrico porque o projeto não atinge veículos movidos a etanol.

Caso de intervenção

Sugere a necessidade de intervenção federal a inacreditável cena em Sobral, com um senador amalucado do Ceará pilotando uma escavadeira contra policiais encapuzados como se fossem bandidos.

Garantia de dar certo

Os dois maiores partidos foram minimizados na comissão especial da reforma tributária: o PT emplacou apenas dois deputados e um senador. Pior, só o próprio PSL, que tem um senador e um deputado.

Chantagear é democrático?

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, acusou Augusto Heleno de “radical ideológico”, seja lá o que isso signifique, e de ser contra a democracia e o parlamento. Mas ele foi apenas contra a chantagem.

Madalenas indignadas

Foi curioso observar parlamentares fazendo pose de revolta contra o general e ministro Augusto Heleno (GSI) sobre chantagens de algumas de suas excelências. Não por inexistirem, mas por terem sido ditas.

Corpo estranho

O deputado Tiririca (PL-SP) tem um jeito de mostrar seu desconforto na Câmara. Chega cedo e se acomoda sempre nas cadeiras destinadas a assessores, onde, não raro, passa o tempo devorando chocolate.

OAB já teve dias melhores

A OAB nacional se associa aos maus, caçando magistrados que ousaram prender ladrões dos tempos de poder petista. Após insultar Sérgio Moro, a entidade agora ataca o juiz federal Marcelo Brêtas.

Vitrine

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) articula a presidência da comissão da reforma tributária, que será uma das mais preciosas vitrines do Congresso antes da pausa nos trabalhos antes da eleição de outubro. O mandato de Rocha acaba em 2022 e aparecer é preciso.

Golpe na Câmara

Fabiano Tolentino (Cidadania-MG) teve seu celular clonado. Para piorar, o bandido se utilizou dos contatos do parlamentar para tentar aplicar o mesmo golpe na lista de todos os seus conhecidos.

Pensando bem...

...a julgar pela composição da comissão da reforma tributária, PT e PSL devem ser aliados. E oposição ao governo.

 
 

PODER SEM PUDOR

Brizola e a cobra de Amin

O conservador Esperidião Amin se aliou a Leonel Brizola em 1986, quando ambos sofriam com o êxito do Plano Cruzado. Ao visitar colega governador no Rio, Amin contou uma fábula árabe para explicar como via o quadro: “O urubu queria se vingar da cobra e contou seu plano à raposa: ‘Quando a cobra sair do buraco, dou uma bicada em cada olho e ela acaba morrendo’. A raposa ponderou que havia risco e sugeriu: ‘Vá à cidade, roube uma joia da moça mais bonita e uma multidão vai atrás de você. Voe para o buraco da cobra, atire a joia lá dentro e a turba vai matá-la para você’”.

Brizola fez cara de quem nada entendeu e Amin contou a moral da história: “Você está mais para cobra, neste momento”.

Felpuda


Pré-candidato a prefeito de Campo Grande divulgou vídeo em que político conhecido Brasil afora anuncia apoio às suas pretensões. O problema é que o tal líder já andou sendo denunciado por mal feitos em sua trajetória, sem contar que o pai do dito-cujo teve de renunciar ao cargo de ministro por ter ligações nebulosas com empresa de agrotóxico. Depois do advento da internet, essa coisa de o povo ter memória curta hoje não passa de coisa “da era pré-histórica”.