Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLÁUDIO HUMBERTO

“Estou adorando estar aqui”

Regina Duarte, secretária de Cultura, liquidando as fofocas sobre sua saída do cargo
08/05/2020 05:00 - Cláudio Humberto


“Estou adorando estar aqui”
Regina Duarte, secretária de Cultura, liquidando as fofocas sobre sua saída do cargo

Área de inteligência crê em possível fuga de Lula

A perspectiva de o ex-presidente Lula sair da prisão apenas aos 80 anos, após cumprir um sexto da pena, ligou o sinal de alerta de órgãos de inteligência, que desconfiam de possível fuga do condenado por corrupção e lavagem de dinheiro. Lula admitiu em entrevistas haver recusado vários acenos para fugir, antes de ser preso em Curitiba. Se fugir, o petista só não será deportado caso escolha um país que não tem acordo de extradição com o Brasil. Ele já visitou oito desses países.

Exílio dourado

São da África a maioria dos países sem acordo de extradição. Lula prefere o exílio dourado na Europa, claro, mas seria preso sem demora.

Lista de procurados

Fugitivos da Justiça logo são inscritos na lista de procurados da Interpol e de outras polícias de alcance internacional.

Nem pensar

Apesar do discurso simpático a ditaduras, Lula já segredou a amigos próximos que jamais viveria em países como Cuba ou Venezuela.

Risco admitido

Em 2018, o MPF alertou para o risco de fuga de Lula e o juiz federal Ricardo Leite vetou uma viagem dele à Etiópia, país sem acordo.

Moro também é investigado, mas escolhe provas  

O presidente Bolsonaro tem sido criticado por querer entregar apenas trechos da reunião ministerial. A alegação é que, como investigado, ele não pode “editar” o conteúdo das provas. Mas os mesmos críticos calam quanto ao fato de Sérgio Moro, também investigado no inquérito, haver liberado acesso à Polícia Federal apenas de trechos de conversas suas com o presidente, alegando “privacidade” ou que as teria “apagado”.

Visto com maus olhos

A AGU sustenta que a reunião tratou de temas sensíveis inclusive de segurança nacional, que nada tem a ver com a investigação em curso.

Visto com bons olhos

Moro pediu que o STF exija a íntegra do vídeo da reunião, mas não vê problemas em disponibilizar apenas a versão editada das conversas.

Grande semelhança

Outro caso famoso, em que investigados forneceram provas editadas à Justiça, foi da JBS. Com o esquema desmascarado, foram condenados.

Relações perigosas

Às voltas com seu impeachment iminente e alvo de processo no Superior Tribunal de Justiça (STJ) por compra superfaturada de respiradores, o governador do Amazonas, Wilson Lima, circulou em Brasília com um Alessandro Bronze, lobista que teria “grande influência” nos tribunais.

Hora de reduzir isso aí

As sessões virtuais tornaram mais produtivas as decisões da Câmara, mas servem também para demonstrar que não há necessidade de tantos parlamentares, tampouco do exército de assessores que pagamos.

Anotem os nomes

Achando pouco a presepada que jogou o peso da crise nas costas dos trabalhadores e empreendedores do setor privado, dispensando o setor público de qualquer sacrifício, o deputado Rodrigo Maia fez discurso entregando todos que o “ajudaram” no orçamento de guerra. Bem feito.

Campanha inútil

O vice-presidente do Sindivarejista, Sebastião Abritta, faz campanha pedindo apoio de entidades do setor produtivo para assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico. O governador Ibaneis Rocha até tem planos para a secretaria, mas neles Abritta não está incluído.

Inconformismo

Coleguinhas que entrevistam a secretária de Cultura, Regina Duarte, mal escondem o inconformismo com sua decisão de permanecer no cargo. Deveriam estar envergonhados por haverem endossado fake news.

Justiceiros indóceis

Previsão do ministro Alexandre Belmonte, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), até parece uma praga. Para ele, haverá uma “enxurrada de ações” contra os acordos de redução de salários, na pandemia.

Sem máscara, sem carona

O Uber avisou que nas cidades onde o uso de máscaras é obrigatório, a viagem pode ser cancelada caso o cliente não use a proteção. Faltou dizer como deve agir o cliente diante do motorista que não use máscara.

Sem peixe pequeno

Apenas agora, após pedido da Advocacia-Geral da União, a Justiça bloqueou de R$312 mil de uma ex-servidora do INSS que em 2014 concedeu fraudulentamente aposentadoria à mãe de um ex-namorado.

Pensando bem...

...entre políticos, só se assume a responsabilidade em caso de sucesso.

PODER SEM PUDOR

O desprevenido

Ainda em 1960, nos tempos áureos do Palácio Tiradentes, o deputado José Maria de Alkmin estava num corredor conversando com o jornalista Murilo Melo Filho quando de ambos se acercou um mineiro: “Dr. Alkmin, minha mulher está grávida há nove meses. O nosso filho vai nascer a qualquer momento. E eu estou desprevenido porque não tenho um cruzeiro para o enxoval.” E Alkmin, rápido: “Meu filho, se você, que teve nove meses para preparar-se, será pego desprevenido, imagine eu, que somente agora estou sendo apanhado e inteiramente de surpresa...”

 
 

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

 www.diariodopoder.com.br

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.