Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GIBA UM

“Lá fui eu, peladão. Sou pródigo de pelos, todos eles eriçados de constrangimento”

Ator Tony Ramos, lembrando famosa cena de O Astro (1977), onde teve que ficar pelado
02/09/2020 05:00 - Giba Um


As lojas de eletrodomésticos – físicas ou online – estão vivendo um boom no meio da pandemia. Não se trata de aumento de vendas porque não houve impacto no setor. A explicação é a retração do contrabando. 

Mais: não estão disponíveis no mercado eletrodomésticos comprados especialmente no Paraguai e vendidos no Brasil ilegalmente. O volume de compras não aumentou, foi apenas concentrado no comércio formal.
 

Lá fui eu, peladão, circulando pelos cenários, pela externa. Sou pródigo de pelos, todos eles eriçados de constrangimento”, 

de TONY RAMOS // lembrando famosa cena de O Astro (1977).

 

In – Drinks: Mimosa

Out – Drinks: Clericot

 
 

Sem saudades

A atriz Juliana Paes que pode ser vista na reprise da novela Totalmente Demais e em breve em Laços Família, no horário da tarde no Vale a pena ver de novo, que começa na próxima segunda (7) e no dia 21 em A força do querer que será reexibida na faixa das 21h. Emendando um trabalho no outro a atriz já tinha decidido que iria tirar alguns meses para descanso e a quarentena só ajudou. Por outro lado revelou que procurou uma terapeuta para ajudar nos períodos de ansiedade. Entregue pelos filhos como chorona e consumidora durante uma entrevista, também assumiu os cabelos encaracolados e parou de fumar nesta quarentena. “Minha quarentena está sendo como a de todo mundo. Tenho dias de mais irritação e preocupação, dias de angústia e saudades da família. Para manter uma boa saúde mental, eu intensifiquei a prática de meditação e comecei a fazer aulas de yoga on-line”.

Intervenção, de novo

A batalha de 27 horas seguidas entre facções do tráfico no Rio e as tragédias diárias de balas perdidas nos confrontos com a polícia militar, estão fazendo o Planalto pensar, novamente na possibilidade de intervenção federal no Estado. Se não bastasse a crise política, com o afastamento do governador Wilson Witzel, a região central da cidade foi aterrorizada por uma guerra de quadrilhas. Serviços de inteligência revelam que o Comando Vermelho, uma das maiores facções criminosas do país, estaria preparando uma nova ofensiva com o objetivo de recuperar terrenos perdidos para quadrilhas rivais. Um dos colaboradores mais influentes de Jair Bolsonaro e ministro da Casa Civil, general Braga Netto, elogiado comandante da intervenção federal no Rio, em 2018, decretada pelo então presidente Michel Temer, está pronto para nova ação. O gabinete da intervenção, instituído há três anos ainda não foi totalmente extinto. Vinculado à Casa Civil, o órgão segue ativo, com servidores lotados. Hoje, dedica-se a atividades administrativas ainda referente à operação de 2018, como compras de equipamentos, entre eles três helicópteros.

 
 

Use máscara

Se celebridades são fontes de inspiração, a cantora Lady Gaga, vai ajudar muito para evitar a propagação do coronavírus. Na premiação MTV Video Music Awards dia 30, no qual saiu com quatro estatuetas (Artista do ano, Música do ano, Melhor colaboração e Melhor direção de fotografia) ela mandou recado: “Use máscara, é um sinal de respeito”. E cada vez que subiu ao palco para receber o prêmio e quando apresentou sua música, apareceu com uma máscara diferente (cheios de brilho, um com luzes, com chifres). Na chegada ela estava com ela estava com uma espécie de capacete bolha, que chegou até a virar meme onde Gaga foi comparada com Sandy, personagem do desenho Bob Esponja.

Com pressão

Com pressão bolsonarista de grupos do partido, o PSL acaba de anunciar a candidatura oficial de Joice Hasselmann à prefeitura de São Paulo. O senador Major Olímpio negou que acha uma preocupação de tirá-la da disputa. A deputada Bia Kicis tem defendido a candidatura do deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança. Joice criticou o senador Flávio Bolsonaro, hoje no Republicanos. “Não quero sentar ao lado de quem comete rachadinha”.

 
 

Janaina em cena

Janaina Paschoal disse que Jair Bolsonaro seria bem-vindo ao PSL de volta. Há cinco meses, ela pedia um impeachment para o presidente. Agora, diz que não é bem assim. “O que eu quis dizer é que não tem sentido ele fazer exigências ao partido. Não pode voltar dizendo quem entre e quem sai”. Janaina também não decidiu se apoia a candidatura de Joice Hasselmann à prefeitura de São Paulo. O nome dela acaba de ser lançado pelo PSL paulista..

TST vs. STF

O tribunal Superior do Trabalho e o Supremo Tribunal Federal têm um embate marcado para o próximo dia 10. Nessa data, os ministros da Subseção Especializada em Dissídios Individuais do TST vão decidir se um ente da administração pública – estatal ou autarquias por exemplo – pode ou não ser responsabilizado pelas obrigações trabalhistas de uma empresa terceirizada. Recentemente, o Supremo indicou que o Poder Público não deve responder pelas obrigações trabalhistas de terceiros na Justiça do Trabalho. Um dos ministros do TST diz que o entendimento da maioria da Corte vai na mão contrária.

CONTÊINERES

O Conselho Nacional de Político Criminal e Penitenciária, vinculado ao Ministério da Justiça, estuda estender até o início de 2021 a permissão para uso emergencial de contêineres em penitenciárias. A medida se deve à resiliência da pandemia e, sobretudo, ao acelerado ritmo de disseminação do covid-19 nos presídios. A princípio, a autorização é até novembro. A questão tem gerado controvérsias dentro do próprio Judiciário. O Conselho é contra essas estruturas temporárias.

Penduricalhos

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que engaveta projetos que extinguem privilégios, trancou na gaveta a proposta de emenda (PEC) acabando com os “penduricalhos” que tornam simples salário em vencimentos de marajás. Até hoje (vai completar um ano dia 17) a proposta do deputado Pedro Cunha (PSDB-PB) está engavetada. Maia nem designou o relator. Em dois anos, Cunha diz que graças aos penduricalhos, 8 mil juízes receberam R$ 100 mil ao menos em um mês.

VIRADA

Agosto pode ser marcado como mês da virada no Brasil, na pandemia do coronavírus e o primeiro a encerrar com menos casos que o anterior. O mês começou com 731,2 mil pessoas infectadas e chegou a 818,5 mil, mas termina com 689 mil, queda de 5,8% em relação ao início do mês e impressionantes 16% comparados ao pico. A previsão é que a tendência de quedas das últimas semanas seja mantida até a chegada a vacina.

Três vezes maior

Em 26 de agosto, cinco meses e 22 dias após o registro do primeiro caso de um paciente infectado por covid-19, o município do Rio apresenta uma das maiores taxas de letalidade não apenas no Brasil, mas no mundo: 10,7%. Ou seja: a cidade está com índice de letalidade quase três vezes maior do que as médias brasileiras e mundial. Os dados são da MonitoraCovid-19, da Fiocruz.

Na disputa

Como todos os anos, em época da eleições partidos correm atrás de famosos disposto a se candidatarem a um cargo políticos. Algumas vezes esses famosos saem grande campeões, como o caso de Tiririca, que foi o deputado mais votado, ou são grandes decepções como foi caso de Maurren Maggi, que tentará de novo este ano já estão confirmados para entrarem na disputa: Dedé Santana (PTC) e Thammy Miranda (PL), Neném (PROS), o humorista Mionzinho (Novo), o ex-jogador de futebol Marcelinho Carioca (PSL), Celinho do Fat Family (PTB), Dr. Bactéria (PSD), e Renata Banhara (Republicanos). E ainda estão pensando Raquel Pacheco (PL), a ex-garota de programa conhecida como Bruna Surfistinha, e Felipe Sertanejo (Podemos).

CANDIDATA

Em meio ao afastamento do govenador Wilson Witzel e a prisão do Pastor Everaldo, sete participantes do diretório regional do PSC acabam de escolher a ex-juíza Glória Heloiza como candidata do partido à prefeitura do Rio. É a favorita de Witzel, indicada pelo Pastor Everaldo. Otoni de Paula movimentou-se para substituir Glória Heloiza, mas não conseguiu. Vigorou a fidelidade ao Pastor Everaldo especialmente.

MISTURA FINA

- O FUNDO Partidário extraído do bolso dos contribuintes já distribuiu R$ 533 milhões a 23 partidos, entre janeiro e agosto, conforme TSE. O PSL, ex-partido de Bolsonaro, já levou R$ 65 milhões e o PT, outros R$ 54 milhões.

- AS emendas orçamentárias com que Davi Alcolumbre tem sido beneficiado pelo Planalto tem dupla serventia. Seu irmão é candidato à prefeitura de Macapá, Josuel Alcolumbre, que vai capitalizando as conquistas do mano em sua campanha. 

- O MINISTÉRIO Público do Rio não deverá pedir à Justiça uma acareação entre o senador Flávio Bolsonaro e seu ex-assessor Fabrício Queiroz. Ainda que Queiroz permaneça em silêncio, o encontro já seria, por si só, uma dura derrota para o clã Bolsonaro

- DEPOIS de retirado pela polícia de centro de operações dos Correios, o presidente do sindicato regional, Oseias Vieira, confirmou que regalias viciam. “Não dá para trabalhar sem esses benefícios. Um deles: plano de saúde que inclui pais e até avós.

- O DEPUTADO Arthur Lira foi autor da inusitada manobra feita pela bancada alagoana. Na semana passada, deputados e senadores do estado combinaram uma única emenda que permitiu a Alagoas de se apropriar de toda verba disponível da União para construção e reformas de cisternas. A manobra rendeu R$ 55 milhões. 

- SÃO até modestos para o padrões de corrupção estabelecidos nos governos do PT, os valores das denúncias contra Wilson Witzel. Como pagamento de contas do escritório de advocacia da primeira-dama do Rio, em dinheiro vivo, sendo que R$ 4 mil é o valor mais expressivo.

- ANALISTAS políticos estão começando achar que o presidente Bolsonaro tem rabo preso com alguns de seus ministros que sempre cometem erros e que tem o nome apontado para deixar o governo. Os principais seriam Onyx Lorenzoni, Paulo Guedes, Ernesto Araújo e Ricardo Salles. Os dois primeiros mais porque participaram da campanha ao Planalto de Bolsonaro. 

- UM padre roubou em Goiás, um pastor do Rio de Janeiro foi preso, uma pastora é assassina com requintes de filme e um espírita é estuprador. Alguns políticos cantam a música de Raul Seixas, “para o mundo que eu quero descer”.

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...