Clique aqui e veja as últimas notícias!

GIBA UM

“Mais frequentemente do que imaginável, candidatos, aqui e além, não têm se comprometido em respeitar o resultado da eleição”

de EDSON FACHIN // ministro do STF, demonstrando preocupação com os rumos da democracia brasileira.
06/01/2021 05:00 - Giba Um


O post feito pelo jogador português Cristiano Ronaldo em homenagem ao seu ídolo Maradona (falecido em 25 de novembro) levou o título do post com mais curtidas de 2020, tendo 19,7 milhões de likes. 

Mais: o post também em homenagem ao ex-atacante vindo Messi teve 16,4 milhões de likes ficou em 3º. A publicação da morte de Chadwick Boseman, em agosto ficou em 2º com 19,1 milhões de likes na conta oficial do ator.

In – Verão: rosa chiclete

Out – Verão: rosa fúcsia 

 
 

Anitta coberta

A cantora Anitta, 27 anos, é uma das artistas que mais fez sucesso no ano de 2020, mesmo com a pandemia. 

Seu ano foi agitado, fez diversas lives, namorou, separou-se, se afastou das redes sociais por um tempo dizendo que o excesso é tóxico e no final do ano revelou que foi estuprada por um namorado na adolescência durante seu documentário exibido na Netflix.

Polêmicas à parte, Anitta fechou o ano na Times Square, ela foi uma das convidadas para o tradicional show (que não teve público) do lugar mais famoso de Nova York. 

Como não é de ferro aproveitou para tirar alguns dias de férias e curtir o frio, lá é inverno. Curtindo a neve e repartindo com os fãs algumas fotos, bem diferente do que estamos acostumados a ver, em um dos post no Instagram brincou: “Não estou sentindo minhas pernas”.

Identidade digital

Em fase final de estruturação, a identidade digital que o governo pretende lançar este ano vai formar uma dobradinha com o Pix e agitar o mercado de crédito com redução de juros na ponta. 

Hoje, os brasileiros ainda dependem de um pedaço de papel plastificado para dizer que são eles mesmos e de um cartório para provar tudo isso para o ambiente virtual, de forma segura.

A identidade digital permitirá que os bancos conheçam melhor seus clientes e será menor a possibilidade de fraudes, como de uma pessoa utilizar documentos falsos para abrir uma conta e tomar empréstimos. 

 
 

Clique especial

A atriz Mariana Ximenes, 39 anos, está curtindo alguns dias de férias em Alagoas. Em breve ela poderá ser vista na novela Nos Tempos do Imperador

Só que estas férias são especiais, porque ela passa ao lado do novo namorado, Victor Collor, filho de Thereza Collor e Pedro Collor e sobrinho do ex-presidente Fernando Collor. 

Empresário e fotógrafo Victor aproveitou para fotografar a amada de uma maneira especial. Ambos compartilharam alguns cliques em P&B onde Mariana aparece de topless. 

Mudança

O grupo Pão de Açúcar vai assumir os serviços de segurança em suas mais de mil lojas espalhadas pelo Brasil, encerrando os contratos com empresas terceirizadas. A medida deverá ser implantada gradativamente ao longo dos próximos meses. 

A tragédia do concorrente Carrefour – o assassinato de João Alberto feita por seguranças de um hipermercado em Porto Alegre, em novembro e sua nacional repercussão – foi determinante para a decisão. 

A rede francesa, por sinal, tomou decisão similar e já anunciou que vai internacionalizar sua segurança. 

Detalhe: o próprio Pão de Açúcar teve, no ano passado, um homem que foi morto por um segurança dentro do Extra, na Barra da Tijuca. 

E um ano antes, um jovem de 16 anos foi agredido por segurança numa loja do Pão de Açúcar em São Paulo.

 
 

Encantado

O presidente Bolsonaro anda encantado com o novo ministro das Comunicações, Fábio Faria, genro do apresentador Silvio Santos. É o novo queridinho do ministério. 

Antes do Natal, numa roda no Planalto, o Chefe do Governo deixou escapar: “O Fábio daria um excelente candidato a vice”, o que provocou uma certa ciumeira entre os demais ministros postulantes à posição. Sabe-se que Hamilton Mourão não será, de novo, candidato a vice com Bolsonaro. Ele deverá disputar uma vaga ao Senado.

Tartaruga

A decisão da Receita Federal de suspender os plantões noturnos e de final de semana em seus postos de fiscalização gerou um desgaste diplomático para o Brasil. 

Governos do Paraguai e da Argentina manifestaram ao Itamaraty o descontentamento com o aumento das filas de caminhões das cidades de fronteira. 

A demora no desembaraço de cargas é ainda maior em cidades como Corumbá (MT) e Foz do Iguaçu (PR).

ASCENSÃO

O tenente-coronel Jorge Kormann, atual secretário-adjunto do Ministério da Fazenda, vai subir um degrau. Está cotado para assumir a Secretaria Executiva do Ministério da Saúde. Ele tem padrinho forte: o próprio presidente. 

Kormann se notabilizou por tentar mudar os critérios da contabilização dos casos da covid-19, o que levou à criação do consórcio de veículos de imprensa.

Perdeu mais uma

A desembargadora Sueli Pini, do Tribunal de Justiça do Amapá, anulou a decisão da juíza Elayne Cantuária, que havia cancelado a eleição da diretoria do Sebrae/AP realizada há dois anos, no qual foi derrotada a mulher de Davi Alcolumbre (DEM-AP), que, no fim de sua presidência no Senado, tenta dar demonstração de força em seu Estado. 

A juíza cuja decisão foi anulada é acusada de favorecer Alcolumbre em outros casos.

OUTRO IBAMA

O Ibama está fazendo uma série de exigências para autorizar o pedido de exploração de urânio em Santa Quitéria (CE), feito pelas Indústrias Nucleares do Brasil (INB) e pela fabricante Galvani. 

Uma das maiores preocupações da área técnica é a necessidade de enormes barragens com rejeitos. E aí entra os fantasmas de Mariana e Brumadinho.

Outros 

Mais uma vez Marina Silva, candidata à presidência derrotada em 2018, foi ao Twitter para criticar Jair Bolsonaro. Desta vez Marina criticou Bolsonaro pelo prêmio de corrupto vencido pelo Chefe do Governo em 2020. 

Mais: ela lembrou que outros presidentes também já integram a lista. “Em edições anteriores, o prêmio corrupto do ano foi para Putin, Maduro e Duterte. Como se não bastasse ter colocado o Brasil na condição de pária ambiental, agora Bolsonaro figura nessa galeria. Esse é o reconhecimento internacional dado ao presidente”.

Inadimplente

O Estado do Rio corre o risco de ter repasses de recursos federais e até receitas próprias bloqueados se não encontrar uma maneira de quitar ou pelo menos postergar o pagamento de um empréstimo de R$ 4,5 bilhões que venceu no fim do ano passado. 

As negociações entre o governo fluminense e o banco BNP Paribas para viabilizar um aditivo ao contrato que prorrogasse o prazo de vencimento da dívida existe. Antes, tem que pagar o salário dos servidores de dezembro.

APOIO FURA-FILA

Se não bastasse a guerra que está sendo criada entre qual vacina será aplicada no Brasil, envolvendo principalmente o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Doria. 

Agora, o deputado Paulo Ganim (Novo-RJ) resolveu apoiar a ideia Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas que defende, por interesse, que o brasileiro que quiser e tiver condição pague para ser vacinado antes. 

A Abcvac, quer que clínicas particulares do Brasil importem cinco milhões de doses da vacina Covaxin, feita pelo laboratório indiano Bharat Biotech. Ganim usou suas redes sociais para defender essa ideia. 

“Eu também acharia errado se alguém pudesse pagar R$ 200 para furar fila e ter prioridade de vacinação na rede pública ou se isso tirasse vacinas que iriam para a rede pública. Mas se vai vir de uma fonte diferente, não é furar fila, é criar uma fila nova que vai desafogar a fila principal”.

 

MISTURA FINA

  • O CORPO diplomático brasileiro teme que o país seja alijado dos fóruns mais importantes da COP-26, programada para novembro, na Escócia. O aviso prévio veio no fim do ano, com a exclusão de Jair Bolsonaro da relação de 77 líderes globais que discursaram na Cúpula de Ação Climática na ONU. 
  • DEPOIS de quatro anos seguidos de prejuízos, a Ceagesp deverá fechar 2020 no azul, conforme cálculos do departamento financeiros da companhia. O lucro deverá chegar a R$ 400 mil. Até novembro, foram seis meses de resultados positivos e essa é a expectativa para dezembro – e cinco no vermelho. Para 2021, as projeções apontam para um lucro de R$ 8 milhões.
  • O DEPUTADO Marcos Pereira, do Republicanos, vem tentando convencer Bolsonaro a recriar o Ministério da Indústria e Comércio, que já ocupou no governo Temer. E fala em nome do Centrão.
  • ALÉM de comprar brigas com idosos, extinguindo a gratuidade em ônibus e até contra portadores de deficiência, eliminando redução de imposto na compra de veículos, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) aumentou ainda em 18% o ICMS de vários setores, provocando protestos em um “movimento de fuga” de empresas (e empregos) para outros Estados.
  • AINDA Doria: os empresários do setor de serviços, bares e restaurantes, responsabilizaram o governador paulista pelo aumento das aglomeração na praias paulistas, de casos de covid e do desemprego. Ao decretar a fase vermelha, Doria promoveu invasão do litoral liberado, o que pode ter aumentado casos de covid e desemprego na capital paulista.
  • VOLTOU a funcionar o site e-Cidadania, onde o cidadão avalia projetos em tramitação no Senado. Havia saído misteriosamente do ar no dia em que a proposta para garantir a reeleição da dupla Maia-Alcolumbre recebeu 99% dos votos contrários. Voltou a funcionar depois do Supremo enterrar a ideia.