Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

GIBA UM

“Meu cassetete não é limitado como o do Bolsonaro”

de JOICE HASSELMANN // candidata do PSL à prefeitura de São Paulo, dizendo que não defende ninguém que esteja sendo investigado até o pescoço.
27/10/2020 05:00 - Giba Um


A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR) quer uma lei para obrigar o cidadão a ser vacinado contra o coronavírus. Na justificativa de uma página, Bolsonaro é citado de forma negativa, três vezes. 

Mais: o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse à Record, sem entrar na discussão de obrigatoriedade da vacina, que uma vacinação em massa rápida vai exigir quase uma “operação de guerra”.

In – Calça slim masculina

Out – Calça jogger masculina

 
 

Novas Ideias

A atriz Dira Paes, 51 anos, contou seus planos para o futuro à revista Ela. Apesar de 34 anos de carreira a atriz só se destacou depois de interpretar Solineuza amiga de Marinete (Cláudia Rodrigues) na série A Diarista e depois como Norminha em Caminhos das Índias

Ela contou que no começo de sua carreira se defendeu de muitos assédios dentro e fora das telas. Entre os planos para o futuro, está a estreia do filme Veneza, dirigido por Miguel Falabella (que confessou que sempre sonhou em trabalhar com ela) que teve sua estreia adiada para janeiro de 2021 por causa da pandemia. 

Por falar em pandemia ela disse que o isolamento social despertou o desejo de dirigir filmes. “O confinamento me despertou desejos de dirigir um filme. Sou casada com um diretor de fotografia (Pablo Baião), é até pecado não fazer um longa com ele . Tenho algumas ideias na manga”. Dira é mãe de dois filhos, Ignácio, de 12 anos, e Martin, de 5.

Apoio de fora

Lançados à disputa eleitoral deste ano pelos braços da Igreja Universal, Marcelo Crivella, que tenta a reeleição no Rio de Janeiro e do deputado Celso Russomano, que encara pela terceira vez o pleito em São Paulo, não contam até agora com o empurrão dos influenciadores religiosos no mundo digital para alavancar as respectivas candidaturas. 

Dos 10 principais influenciadores religiosos no Instagram, no Rio, nenhum apoia Crivella. 

Em São Paulo, o movimento da plataforma é muito focado em bombardear Joice Hasselmann (PSL). 

Já no Youtube, uma base conservadora religiosa, alinhada com o governo federal, mira o governador João Doria (PSDB) que apoia a candidatura de Bruno Covas à reeleição.

 
 

Atacando de modelo

A ex-BBB 20 Marcela Mc Gowan, que no início do reality era apontada como uma das favoritas para ganhar o programa mas que foi a 12ª ser eliminada, é médica ginecologista, mas assim como sua companheira de confinamento também médica anestesiologia Thelma Assis (campeã) não pode voltar ainda a exercer sua profissão por causa da pandemia. 

E tem aproveitado isso para se entregar a sua carreira artística. Ela se juntou a cantora Karol Conka na apresentação de Prazer, Feminino, na GNT. Mais: ela atacou de modelo para revista Vogue digital, onde fala abertamente de sexo, assume sua bissexualidade e confessa estar solteira.

Joice reclamando

Joice Hasselmann, candidata a prefeita em São Paulo pelo PSL, reclama sobre a distribuição da verba eleitoral do partido. 

Recebeu R$ 2 milhões a menos do que recebeu a candidata do partido à prefeitura de Palmas (TO) Vanda Monteiro. 

Já Janaina Cardoso, ex-mulher do ministro Marcelo Álvaro Antônio recebeu R$ 690 mil para sua campanha a vereadora em Belo Horizonte e Joice está defendendo a expulsão dele do partido. 

Tem gente que não recebeu nada e acha que “candidaturas laranjas de novo seria muita estupidez”. Se chegar ao segundo turno “engulo qualquer um”.

Assim não dá

Se for correta a tese da Procuradoria Geral da República de que militar da ativa pode exercer cargo de ministro, então deve ser possível também, segundo os analistas, que milico com diploma de doutor exerça função no Ministério Público. 

Augusto Aras que fique atento, daqui a pouco o capitão pode querer indicar um general com curso noturno de advogado para seu lugar.

 
 

Primo

O ministro Tarcísio de Freitas, em cima da hora, decidiu retirar a indicação de Flávia Moraes Takagashi para a diretoria da Antaq, que seria votada na semana passada no Senado. 

Freitas foi avisado de que o nome de Flávia seria rejeitado pelos senadores. Haveria uma manobra para que Francival Mendes permanecesse um ano a mais na diretoria da agência reguladora. 

O mandato de Mendes, a princípio em vigor até 18 de fevereiro de 2021, pode ser esticado para cinco ano invés de quatro. Detalhe: o diretor da Antaq é primo do ministro Gilmar Mendes, do STF.

Mercado de trabalho

Assessores do Ministério da Economia tem conversado com o ministro Paulo Guedes sobre a necessidade do governo dar sinais claros do que pretende fazer para estimular o mercado de trabalho em 2021. 

Em dezembro termina o pagamento de qualquer auxílio emergencial para 66 milhões de brasileiros. 

O impacto sobre a atividade, do fim da transferência desses recursos, com custo mensal próximo a R$ 50 bilhões será trivial e tem, inclusive, o poder de frear a retomada da economia. Guedes promete divulgar sua estratégia depois das eleições.

NAS NUVENS

Governadores, a começar por João Doria, pressionam a Anvisa a realizar testes da covid-19 nos passageiros que chegam do exterior. 

Com a liberação gradativa dos voos, o fluxo dos passageiros nos grandes aeroportos do país vem aumentando sem qualquer monitoramento das condições clinicas. 

Como os aeroportos são território federal, as autoridades federais da área de saúde estão impedidas de realizar exames nos passageiros.

Dados pessoais

No que depender da ala militar do governo, a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD), autarquia criada por Bolsonaro no rastro da Lei Geral de Proteção de Dados, ficará vinculada ao Gabinete da Segurança Institucional. 

A ideia é moldar a ANPD ao órgão de inteligência do Estado, uma espécie de apêndice da Abin. 

Augusto Heleno, do GSI, gosta da ideia. A Autoridade vai se juntar ao chamado “Grande Irmão”, da identidade do brasileiro, entidade que congrega ainda o PIX, Dataprev, Serpro e outros. 

Ou seja: qualquer invasão de uma base tão concentrada como essa daria acesso a uma imensidão de dados dos cidadãos brasileiros.

DINHEIRO

Ainda que pareça um contrassenso, o uso do dinheiro físico pode até se tornar mais presente no comércio com a chegada do PIX, o sistema de pagamentos do Banco Central – pelo menos, para uma parcela da população que transaciona frequentemente com numerário ou recebe em espécie como os informais. 

A estreia operacional da ferramenta está programada para dia 16 de novembro.

Duas por dia

Levantamento do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário mostra que os legisladores brasileiros tiveram a capacidade de editar 419.387 normas tributárias desde a promulgação da Constituição. 

Segundo o IBPT, são 2,17 regras criadas todo dia útil desde 1988. As milhares de regras levam as empresas a gastar R$ 162 bilhões por ano apenas para acompanhar as mudanças da legislação. 

Cada empresa deve monitorar atentamente 4.377 regras se não quiser ter problemas. Impressas em papel A4 são 6,4 quilômetros de normas.

Demissão coletiva

Todos os cinco roteiristas da série de ficção sobre Marielle Franco, assassinada em 2018, que será dirigida por José Padilha, pediram demissão nesses dias. 

Foi montada uma equipe só com profissionais negros, a maioria mulheres. O grupo estava trabalhando desde abril na produção prevista para ir ao ar em 2021 pelo Globoplay. 

A demissão coletiva foi “por divergências na condução da narrativa sobre a vida da vereadora”. Quando Padilha foi anunciado para direção da série, ocorreram críticas por ter sido escolhido “um homem branco e crítico da esquerda”.

GANHANDO ESPAÇO

Praticamente metade dos embarques brasileiros tem como destino um grupo de países distantes cerca de 50 dias por via marítima. 

A Ásia, excluindo o Oriente Médio, absorveu de janeiro a setembro deste ano US$ 76,22 bilhões em produtos brasileiros, o que representou 48,7% do total exportado. 

Em iguais meses do ano passado, essa fatia era de 40,5%. A exportação para o continente cresceu 10,9% no período enquanto o total embarcado pelo Brasil caiu 7,7%, de acordo com a Secretaria do Comércio Exterior (Secex).

 

MISTURA FINA

  • OS municípios podem chegar ao fim de 2020 sem usar grande parte dos recursos que tem em caixa carimbados para combater a covid-19. Isso representa cerca de metade dos R$ 42,2 bilhões de repasses extraordinários feitos pela União às prefeituras este ano, montante que pode retornar ao governo federal.
  • O PREFEITO Bruno Covas está radiante com sua arrancada e previsão de que também venceria Celso Russomano no segundo turno. Os coordenadores de sua campanha estão na dúvida se colocam no ar a figura de João Doria apoiando Bruno ou não. Se tudo correu bem até agora sem o governador fazendo pose no horário gratuito, para que arriscar e provocar Bolsonaro é um caso a se pensar. 
  • EM rodas mais intimas, André Esteves diz que o BTG quer ser o maior banco do Brasil. Publicamente, ele diz que não é nada disso, muito modesto. Em uma reunião do Conselho, contudo, ele falou que a mudança do paradigma bancário decorrente das oportunidades do universo digital favorece o banco, que será o maior do Brasil.
  • O PDT de Carlos Lupi foi ao Supremo Tribunal Federal para dar aos governadores estaduais o direito de obrigar a população a tomar a vacina. Só não explicaram como isso será possível se não haverá vacina para todos.
  • O PRESIDENTE Bolsonaro vai mandar reforços para Marcelo Crivella, ameaçado de não ir para o segundo turno em disputa no Rio de Janeiro. Flávio e Eduardo Bolsonaro participarão de eventos ao lado do prefeito na reta final da campanha.
  • CONDENADO a sete anos pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o ex-deputado Pedro Henry corre o risco de voltar à prisão. Da multa de R$ 930 mil aplicada pela Justiça, o ex-parlamentar pagou apenas a primeira prestação. O restante está atrasado há meses. O calote pode lhe custar a perda do regime semiaberto. 
  • EM meio ao embate entre o presidente e governadores sobre a compra da vacina contra o novo coronavírus, o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros, garante que dificilmente o Brasil vacinará toda a população antes de 2022 e indica que o governo federal não deverá manter o auxílio emergencial se a crise econômica devido à pandemia se estender.
  • O ISOLAMENTO prolongado tem mexido com o psicológico das pessoas e ninguém aguenta mais ficar em casa. Prova disso é a busca de viagens que cresceu 32% na semana antes do Dia das Crianças.

Felpuda


Tropas de choque ligadas a alguns vereadores estão agitadas que só nas redes sociais na tentativa de desbancar a concorrência das “chefias” que querem porque querem. Querem a cadeira maior da Câmara Municipal de Campo Grande. A da presidência.

Segundo políticos mais antenados, trata-se do “segundo turno” das eleições do dia 15 de novembro, só que com apenas 29 eleitores.