Clique aqui e veja as últimas notícias!

GIBA UM

“Não aprovo a maneira como ele conduz o país. Parece que está em surto. Esse deboche é inadmissível”

de FAGNER // que lança o disco Serenata na sexta-feira.
16/12/2020 05:00 - Giba Um


A C&A estaria em conversações com a norte-americana Advent para vender parte de sua operação no Brasil. as tratativas envolveriam a transferência de 40% das ações (valor de mercado R$ 1,7 bilhão). 

Mais: nos últimos meses, a família Brenninkmeijer, da Holanda, negociou todos os ativos do grupo varejistas no México e na China, aumentando rumores de uma possível venda de parte ou de todas as ações da C&A Brasil.

In – Verão: mangas de blusas bufantes

Out – Verão: mangas de blusas morcego

 
 

Mais uma vez Kate

A super modelo Kate Moss, 46 anos, estará novamente na capa e recheio de Vogue britânica. Sua primeira capa para publicação foi feita há quase 28 anos atrás. A modelo respondeu a 28 perguntas de sua família e seus amigos famosos. 

Entre os famosos estavam o estilista italiano Stefano Pilati que perguntou a Kate como foi assistir sua Lila, de 18 anos abrir o show primavera / verão 2021 de Miu Miu durante a Paris Fashion Week em outubro. 

E ela respondeu “Foi emocionante. Bem, não foi emocionante - eu estava muito nervosa por ela. Quando ela saiu, pensei, ‘Ela está fazendo isso! Ela está fazendo isso!’ Sim, fiquei muito orgulhosa”. 

Em entrevista também revelou que comprou um grande terreno onde pretende plantar muitas árvores, que odeia percevejos. Mais: em uma das capas Kate aparece com uma joia criada por ela em parceria com Messika Joalheria.

Ministro da Insegurança

O ministro Paulo Guedes está colecionando trapalhadas de seu adversário Tarcísio Freitas, ministro da Infraestrutura. O Ministério da Economia virou um pote de mágoas de concessionárias dos mais diversos modais. 

As queixas têm levado Guedes, reservadamente, a se referir a Freitas como o “ministro da insegurança jurídica”. Na área portuária, a omissão da Pasta é apontada como o principal motivo para um imbróglio tarifário que ameaça tratar as privatizações do setor. 

O ministério de Freitas pouco ou nada se empenha para criar uma regulação específica para a cobrança da THC2 (Terminal Haldling Charge), taxa referente ao serviço de agregação e entrega de contêineres. Hoje, recebem uma fatura fechada, sem discriminação da THC2 e das demais taxas.

 
 

Rainha das lives

A cantora Simone completará 71 anos no próximo dia 25. E é impossível não lembrar da cantora nesta época: sua música Então é Natal sempre é cantarolada por milhares de pessoas. 

Longe dos palcos ela está sendo considerada a rainha das lives, ao todo ela já fez 33. E confessou que é uma experiência diferente. 

“Fazer um show, que era o que eu estava acostumada, durante um ano significa cantar um repertório, com uma mudança ou outra. Mas o que eu me propus a fazer é toda semana ter coisas novas. Isso demanda tempo. É um trabalho que eu só tenho folga às segundas. Claro que estou bastante cansada, mas, ao mesmo tempo, tenho um prazer enorme de fazer essas lives e estar seguindo à risca os bailes da vida”.

Milionários da fé

O bispo Edir Macedo, chefe da Igreja Universal do Reino de Deus, lidera a lista dos principais pastores do país, que acumularam fortunas, segundo a revista Forbes. Edir está em primeiro lugar com R$ 2 bilhões, bem distante dos demais. 

Em segundo lugar está Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, com uma fortuna estimada em R$ 420 milhões (está sendo processado por não pagar o aluguel de alguns templos), seguido por Silas Malafaia (R$ 400 milhões) da Assembleia de Deus. 

Depois, vem o apóstolo R.R. Soares com R$ 125 milhões e em quinto, o casal Estevam e Sonia Hernandes, com R$ 120 milhões, da Igreja Renascer.

 
 

“Pobreza”

Nomeado ministro da Educação por Bolsonaro e logo destituído por informações falsas no currículo, o professor Carlos Alberto Decotelli ajuizou ação contra a FGV e requereu gratuidade, alegando “pobreza”. 

O Judiciário não atendeu e ele já fizera depósito de mais de R$ 40 mil em custas processuais, na semana passada. No processo, Decotelli culpa a Fundação Getúlio Vargas por sua saída do MEC e pede indenização. 

Sempre que alguém ajuíza uma ação, paga custas processuais iniciais sobre o valor da causa. No caso do Decotelli, o valor foi de R$ 40 mil.

Engavetador-geral

Não chega ser surpresa para nenhum congressista o sonho de Rodrigo Maia ser “primeiro-ministro” do país. Um sinal é que ele passou a engavetar iniciativas do governo eleito nas urnas, impedindo de ir à votação. 

Assim, arrancou de Geraldo Brindeiro, ex-PGR da era tucana, o título de “engavetador-geral da República”, impedindo a votação das reformas administrativas e tributária.

Extinção de penduricalhos nos salários do serviço público, foro privilegiado, prisão para condenados em segunda instância e até anulação da cobrança de malas em aviões, são alguns dos projetos engavetados.

RECUPERAÇÃO

O Brasil é um dos líderes no índice que compara esforço fiscal no combate à pandemia ao resultado obtido no PIB, no terceiro trimestre do ano. 

Segundo estudo do banco Modalmais, o Brasil empregou cerca de 12% do PIB em ações de combate a covid-19 e observou queda de cerca de 4% na economia, o que coloca o país em 4º lugar entre 16 países pesquisados, atrás apenas dos EUA, Dinamarca e Suécia. 

Esses três foram melhores na recuperação, mas gastaram, proporcionalmente, até o dobro do Brasil.

Estranho

O ex-secretário Especial da Receita Federal, Marcos Cintra achou estranho o movimento nos últimos dias para mudar apenas o modelo de PIS/Cofins. Ele acredita que possa existir algo por trás. 

“Muito estranho. A votação da reforma do PIS/COFINS no apagar das luzes deixa coisas no ar. Por que a pressa? Por que não querem deixar a sociedade analisar o projeto com serenidade? Medo de que? Interesse de quem? Provar o que, para quem? Sem desoneração de folha?”.

PRIMEIROS

Os governantes como Alberto Fernández, da Argentina e Benjamin Netanyahu, primeiro-ministro de Israel estão entre os primeiros a serem vacinados. O governador Romeu Zema acha que chefes de governo devem estar entre os últimos imunizados. 

“O governante precisa ter atitude do capitão de um navio”. João Doria deve ser o primeiro também: ele acha que dá o exemplo para os brasileiros que ainda estão na dúvida.

Novo golpe

Corte do presidente Jair Bolsonaro na Cúpula do Clima da ONU, nesses dias, representará mais um golpe na imagem da política ambiental do país. 

A questão pode até ser amenizada pelo fato de que grandes potencias, como Estados Unidos e Japão, também não devem ter espaço na conferência, mas aumentará a pressão por mudanças de rumo na política externa e ambiental brasileira.

Responsabilidade

O presidente na noite de segunda-feira (14) assinou uma medida provisória que libera R$ 20 bilhões para compra de vacinas conta a covid-19. 

E voltou a afirmar que a vacina contra o coronavírus não será obrigatória, nada de novo. O que foi surpreendente e que ele afirmou que a vacina poderá ter vários efeitos colaterais. 

“Não é obrigatória. Vocês vão ter que assinar o termo de responsabilidade, se quiserem tomar. A Pfizer é bem clara no contrato: ´Não nos responsabilizamos por efeito colateral’. Tem gente que quer tomar, então toma. A responsabilidade é sua. Para quem está bem fisicamente, não tem que ter muita preocupação. A preocupação é o idoso, quem tem doença”.

ASSIM NÃO DÁ

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, se encontrou com o presidente Jair Bolsonaro. Entre muitos assuntos a obrigatoriedade ou não da vacinação contra a covid-19. 

O Chefe do Governo é contra a obrigação, e Casagrande não concorda com a posição tomada por ele, principalmente ao falar que não irá se vacinar. 

“A negação à ciência pode atrapalhar o plano de imunizar os brasileiros. A posição do presidente vai fazer com que muita gente não se vacine. Essa negação à ciência pode causar mais demora para que o país atinja a imunidade de rebanho. Isso é uma preocupação a mais que temos”.

 

MISTURA FINA

  • TODOS os celulares da prefeitura do Rio (inclusive os do prefeito Marcelo Crivella e do secretariado) da operadora Claro, foram cortados. A dívida com a operadora é de R$ 12 milhões. Crivella é sobrinho de Edir Macedo e bispo licenciado da Universal.
  • A DECISÃO do PGR Augusto Aras de estender a Lava Jato no Rio somente até 31 de janeiro de 2021 gerou grande insatisfação entre os integrantes da força-tarefa. Os meliantes devem estar celebrando. Vai ter muita investigação que não será concluída. 
  • UMA comitiva enviada pelo presidente Alberto Fernández, da Argentina, deve desembarcar nos próximos dias em São Paulo para negociar a compra de grande remessa da Coronavac, produzida pelo Instituto Butantan.
  • EMBAIXADOR da União Europeia, Ignácio Ybañez Rubili ignora deveres de diplomata falando mal do governo que o hospeda. Em entrevista, acusou Bolsonaro de emperrar acordo com o Mercosul. Não sabe que o governo destravou em 2019, depois de mais de 20 anos de embromação europeia.
  • O SECRETÁRIO especial da Cultura, Mário Frias, de 49 anos, passou mal na semana passada. Foi internado no Hospital Santa Lúcia Norte, em Brasília, com um princípio de infarto. Passou por cateterismo e colocou dois stents e segue internado. E recebeu, claro, a visita do presidente Bolsonaro. 
  • POR essa nem Arthur Lira, candidato do governo para a presidência da Câmara esperava. Parte dos 54 deputados do PT (maior bancada da Câmara) resolveu que irá apoiá-lo na corrida. Há quem garanta que esses apoiadores petista farão isso para ir contra a qualquer candidato que Rodrigo Maia apoie.
  • O MERCADO do direito autoral só se surpreendeu com o montante, não com a venda dos direitos autorais das músicas de Bob Dylan por US$ 300 milhões. No Brasil, investimentos no setor podem render até 13% ao ano, ou seja, cinco vezes mais do que a poupança. Mas é preciso saber como funcionam os direitos autorais para se movimentar por ali. Para isso, estão sendo criados fundos especiais por banco e fintechs. É um novo negócio.