Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLÁUDIO HUMBERTO

“Não compete ao Judiciário se imiscuir nas competências [do Executivo]”

Presidente do TJDF, Romeu Neiva, derruba liminar que proibia a reabertura do comércio no DF
11/07/2020 05:00 - Cláudio Humberto


Não compete ao Judiciário se imiscuir nas competências [do Executivo]”

Presidente do TJDF, Romeu Neiva, derruba liminar que proibia a reabertura do comércio no DF

Ajuda extra faz crescer apoio a Bolsonaro no País

Diretor do instituto Paraná Pesquisa, Murilo Hidalgo afirmou nesta sexta (10) que as próximas pesquisas nacionais devem registrar crescimento na avaliação do governo Jair Bolsonaro. Ele destaca que o presidente perdeu eleitores nas classes mais abastadas, mas ganhou apoio entre os mais pobres, certamente em razão da ajuda emergencial, e junto a micro e pequenos empreendedores, apoiados com crédito durante a pandemia.

Boca fechada ajuda

Ajuda a melhorar a avaliação junto a formadores de opinião, segundo Hidalgo, o fato de o presidente ter fechado a boca, evitando polêmicas.

Já dá para perceber

Murilo Hidalgo detectou o aumento de avaliação positiva de Bolsonaro nas pesquisas que vem realizando em diversos estados e municípios.

Pobres apoiam mais

Na pesquisa feita entre os dias 4 e 8, a avaliação positiva de Bolsonaro em São Paulo subiu para 41% entre os eleitores de baixa escolaridade.

Ricos se afastam

De outro lado, Bolsonaro perdeu eleitores mais escolarizados, diz Murilo Hidalgo. Hoje, na capital paulista, apenas 30% deles o apoiam.

Letalidade do coronavírus despenca no Brasil

Dados do Ministério da Saúde revelam que a letalidade do coronavírus diminuiu em 30 dias no Brasil, e o total de pessoas curadas disparou. De acordo com a média móvel de sete dias, entre 9 de junho e 9 de julho, os casos diários aumentaram 39%, enquanto a média móvel dos óbitos no mesmo período aumentou apenas 0,5%. Isso é resultado do aumento da testagem e também mostra que o país atingiu o “platô”. Agora a expectativa é de queda no número que realmente importa: o de mortes.

Em números

Entre junho e julho, a média de casos diários confirmados no Brasil foi de 26,5 mil para 36,8 mil e os óbitos passaram de 1.032 para 1.038.

O lado bom

O total de casos confirmados no Brasil passou de 1,8 milhão, mas 1,2 milhão já estão curados e 98% dos ainda enfermos não correm riscos.

Tendência mundial

No período, a média de casos diários no mundo foi de 122,7 mil a 200,7 mil, alta de 63,5%. Os óbitos foram de 4,4 mil para 4,7 mil, alta de 7,1%.

Hipocrisia amazônica

A devastação na Amazônia data de 2004. Era o segundo ano do governo Lula, por isso ONGs ambientalistas, que encheram as burras de dinheiro público naquela época, não citam esse dado. Foram 27,8 mil km2 de mata desmatada. Em 2019 foi pouco mais de um terço: 10,1 mil km2.

Com a mão na taça

Pesquisa contratada pelo PSDB presidido pelo pernambucano Bruno Araújo constatou que Marília Arraes (PT) está com a mão na taça: ela lidera nos dois turnos, em todos os cenários. Em terceiro lugar, João Campos (PSB) terá de rebolar para chegar ao segundo turno.

POC faleceu

Faleceu nesta sexta (10) em São Paulo, vítima de câncer, o diplomata Paulo de Oliveira Campos, conhecido pelas iniciais “POC”. Foi chefe do cerimonial do governo Lula e embaixador do Brasil em Madri e Paris.

É o frio, tchê

O médico, deputado e ex-ministro Osmar Terra diz que não é comércio que aumenta os casos de Covid-19 em Porto Alegre: nesta época do ano, no Sul, “o frio é que aumenta o contágio de todos os tipos de vírus”.

Alas fake

Após inventarem a “ala militar”, a “ala ideológica” e a “ala política”, todas inexistentes, os Desinformados que tanto divertem o general Augusto Heleno inventaram a “ala jurídica”, para justificar Milton Ribeiro no MEC.

Outra exploração

Uma caixa com 4 comprimidos de Ivermectina, usado na África como profilático, custava R$6,50 antes da pandemia, agora custa R$16,90 e não se encontra. Só por encomenda. Quando chega, esgota na hora.

Irresponsabilidade mata

Voava há 45 anos, sob autorização irresponsável da Anac, o aviãozinho que caiu em São Paulo, provocando morte. A “agência reguladora” Anac disse que “a documentação estava em ordem”. Já a fadiga de material...

Seis meses

Levou seis meses para a Justiça quebrar o sigilo bancário de empresas ligadas ao grupo Backer, da cerveja contaminada Belorizontina. A suspeita é que o grupo esconda bens para evitar execuções.

Pensando bem...

...Osmar Terra não virou ministro, mas seu sósia Milton Ribeiro, sim.

 
 

PODER SEM PUDOR

Necrológio prematuro

O senador cearense Almir Pinto foi à tribuna e fez um emocionado discurso em homenagem ao dentista Pedro Barroso, ex-reitor da UFCe. Só depois de muitos telegramas de condolências terem sido enviados por parlamentares de Brasília à “família enlutada”, soube-se que Barroso permanecia vivinho da silva. Todos quase morreram de vergonha. Mas, quinze dias depois, Barroso faleceu mesmo. Reza a lenda que o senador ficou aliviado: “Puxa, graças a Deus agora ele morreu.”

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

Felpuda


Falatório e atitude de membro da família acenderam a luz vermelha no “QG” de candidato, pois poderão causar muitos estragos. 

A tropa de choque de defensores do candidato a prefeito já foi colocada em campo e só falta falar que os genes de ambos são diferentes. 

E com relação ao dito-cujo, sabe-se que deverá ser orientado a “baixar a bola” nos próximos dias, mais precisamente até o término da campanha eleitoral.

Afinal...