Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLÁUDIO HUMBERTO

“Não tenho como prever quando atingiremos [o pico da pandemia]”

Michael Ryan, diretor do Programa de Emergências da OMS, sobre a América Latina
02/06/2020 05:00 - Cláudio Humberto


“Não tenho como prever quando atingiremos [o pico da pandemia]”
Michael Ryan, diretor do Programa de Emergências da OMS, sobre a América Latina

Todos têm direito de ir à rua defender até idiotices
Manifestações reafirmam a democracia, ainda que defendam bandeiras idiotas, pelo simples fato de que todos têm o direito constitucional de defendê-las. A tentativa de demonizar os que criticam o Supremo ou o Congresso sugere que o cidadão que os sustenta não pode exercer nem o direito à livre expressão. Além disso, não há na Constituição artigo que autoriza apenas manifestações “politicamente corretas” ou que defendam “boas ideias”, como preconizaram as mais tristes ditaduras da História.  

Respeito imposto
O avanço do STF contra os críticos, a pretexto de “combater fake news”, parece servir ao propósito de impor o respeito pelo temor de punição.

Sem o ‘bafo’ das ruas
Ministros do STF querem viajar sem ter de ouvir do passageiro ao lado, no avião, que “o STF é uma vergonha”, como aconteceu a Lewandowski.

Longa construção
A reputação do STF é ruim em razão da exposição de ministros e por suas decisões amplamente divulgadas pela mídia, e não por “fake news”.

Constituição no saco
Se o STF relativiza até para deputados o direito à livre expressão, amordaçando os críticos, será o começo do fim da “Constituição cidadã”.

‘Terrivelmente cristão’, Ives é nome forte para o STF
O ministro Ives Gandra Martins Filho, ex-presidente do Tribunal Superior do Trabalho, é um dos três nomes que o presidente Jair Bolsonaro disse estar “namorando” para a próxima vaga no Supremo Tribunal Federal (STF). Isso ocorrerá após a “expulsória” do ministro Celso de Mello, em 1º de novembro, aos 75 anos. Conservador, cristão, sério e honrado, mas sempre de bem com a vida, Martins Filho doou o salário de ministro do TST à Igreja Católica e fez voto de pobreza. Vai à missa diariamente.

Vida franciscana
Ives Gandra Martins Filho vive modo franciscano, em um quarto simples do centro cultural de uma igreja da Asa Norte de Brasília.

Juiz de primeira
O ex-presidente do TST é também admirado pelo saber jurídico, e tem um relacionamento muito próximo com todos os ministros do STF.

Apoio dentro do STF
Entre os “torcedores” da nomeação do filho do jurista Ives Gandra para o STF estão os ministros Dias Toffoli e Gilmar Mendes..

Demitindo geral
Só para mostrar que continua vivo e com caneta na mão, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSL), demitiu aliados do presidente do PSC, Pastor Everaldo, da sua Casa Civil e da Secretaria de Fazenda.

Portas abertas
O presidente da Embratur (Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo), Gilson Machado Neto, é um dos mais solícitos auxiliares de Bolsonaro nas relações com o Congresso: abriu portas para o Centrão.

Candidatura avaliada
Aliados do deputado Delegado Waldir (PSL), o mais votado de Goiás em 2018, torcem para que ele dispute a prefeitura de Aparecida de Goiânia, seu reduto. Mas ele está de olho é no Palácio das Esmeraldas, em 2022.

Apesar de tudo
O Brasil superou as 30 mil mortes e o dado foi explorado como “caos”. Deve-se todo respeito às vítimas e familiares, mas temos a menor letalidade (5,6%) entre países com mais de 9 mil óbitos por Covid-19.

Só no gogó
Líder do PT na Câmara, Ênio Verri (PR) diz que a Caixa 100% estatal é “estratégica” para reduzir desigualdades. Sabedores disso, os governos petistas poderiam ter roubado menos os cofres da Caixa.

Sr. Coerência
Em 2015, o senador Humberto Costa (PT) elogiava o STF, que fatiou o impeachment de Dilma. Em 2017 o criticava pelo projeto anticorrupção. Em 2018 atacou o STF por não pautar a prisão em 2ª instância que livraria Lula. Agora os elogios voltaram; e apoia “investigações do STF”.

A economia sobrevive
O Índice de Confiança Empresarial da Fundação Getulio Vargas/IBRE subiu 9,8 pontos em maio, para 65,5 pontos, recuperando 24,0% da queda ocorrida no bimestre março-abril, auge do impacto da pandemia.

Point de Vues
A educadora Maria José Rocha Lima, que escreve para o Diário do Poder, teve artigo sobre o Fundeb - Fundo Nacional De Desenvolvimento da Educação - publicado na revista francesa Point de Vues (Ponto de vista), em parceria com a ex-deputada e vereadora Iara Bernardes.

Pensando bem...
...quando um não quer, 11 não brigam.

PODER SEM PUDOR

Embaixador também nivela por baixo
O jornalista Oliveira Bastos fazia visita, no Rioa ao então presidente do BNDES na primeira fase do governo JK, embaixador Roberto Campos. No lado de fora do prédio, manifestantes exigiam sua cabeça, acusado de “tramar contra os interesses nacionais”. Naquele dia, um dos mais completos intelectuais brasileiros, Campos mostrou que tinha senso de humor, embora rastaquera: “O que mais me irrita é a falta de precisão da linguagem deles. Está bem, dá para entender que eles querem a minha cabeça, mas qual delas? Se for esta aqui” – apontou o próprio órgão genital – “não tem acordo!”

 
 

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

 www.diariodopoder.com.br

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.