Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GIBA UM

“O próprio governo vem gerando uma insegurança grande para a sociedade e investidores. As pessoas estão deixando de investir no país por problemas do meio ambiente e da gestão democrática”

De RODRIGO MAIA, presidente da Câmara, sobre 15 de março
10/03/2020 05:00 - Giba Um


“O próprio governo vem gerando uma insegurança grande para a sociedade e investidores. As pessoas estão deixando de investir no país por problemas do meio ambiente e da gestão democrática”,  
de RODRIGO MAIA // presidente da Câmara, sobre 15 de março.

Dados da FGV revelam que o produto per capita brasileiro e chinês entre 1995 e 2018 em dólares de 2011, corrigidos pelo poder aquisitivo de cada país.

Mais: entre 1995, a renda per capita do Brasil era cerca de quatro vezes maior do que a renda per capita chinesa. Hoje, a renda per capita chinesa é mais elevada do que a renda brasileira.

 
 

Nova Rapunzel

A modelo Kendall Jenner, 24 anos, posou no estilo Rapunzel para revista Garage Magazine.  Num ensaio bem ousado, além dos cabelos compridos, a modelo também aparece pendurada em cliques feitos por Campbell Addy. Kendall revelou que, se pudesse invadir um closet da família seria da irmã Kim Kardashian. Atualmente, a modelo é uma das mais requisitadas do mundo fashion e neste mês está à frente das campanhas da Calvin Klein, Louis Vuitton e Burbbery. Quando questionada se ela teria uma outra profissão, disse que gostaria de ser assistente pessoal. “Se eu tivesse que ser assistente pessoal por um ano, escolheria Beyoncé”. E completou em tom de brincadeira: “Só porque eu quero saber o que ela come de manhã”.

Quase saiu

Há dias, Regina Duarte pediu – ou quase pediu – pela primeira vez sua exoneração da Secretaria da Cultura. A postura do presidente Jair Bolsonaro, que não atendeu e deixou de fotografar ao lado de Sérgio Camargo que escapou da demissão e voltou à Funarte (é aquele que diz que escravidão foi boa para os negros do Brasil), fez com que ela decidisse cair fora. Entraram no circuito os generais Luiz Eduardo Ramos e Braga Netto, mais Fábio Wajngarten, da Secom para apagar o incêndio. Pediram mais calma e mais tempo e se colocaram à disposição dela para quaisquer problemas. Mais: Regina Duarte não foi bem na entrevista de domingo (8) no Fantástico. Deixou de dar respostas e o repórter Ernesto Paglia foi delicado e não insistiu. Ela não esperava ser torpedeada pelo presidente tão cedo. Uma das saídas pode ser a transferência da Funarte, com Sérgio Camargo para outro ministério. A ida de Humberto Braga para a chefia do gabinete também está problemática. Os ortodoxos acharam fotos de Braga ao lado de Marcelo Freixo e Jandira Feghalli.

 
 

Sobrevivendo como artista

A atriz Maria Eduarda de Carvalho, 36 anos, que vive Olga em Éramos Seis, cujo personagem é mãe vários filhos, diz que, por enquanto, não tem plano para aumentar a família. Bisneta do escritor José Cândido de Carvalho, por enquanto só tem um plano: sobreviver como artista. “Neste momento esdrúxulo do país, sonho sobreviver como artista a este governo nefasto, que une esforços para legitimar sua política de aniquilamento da educação, da arte e da cultura no Brasil. Sonho continuar exemplificando, através dos meus projetos artísticos, que a arte é uma poderosa ferramenta de sensibilização e transformação de uma realidade inóspita. E sonho. também, poder fazer um filme com Karim Ainouz”.

Contra Olavo

Olavo de Carvalho, de novo: “Tudo o que acontece de mau no Brasil vem de várias instituições, entre elas, igrejas evangélicas. Todos os que sobem querem demonstrar poder: Forças Armadas, Partido comunista, Maçonaria e Igreja Católica”. Silas Malafaia, pastor e amigo de Bolsonaro, foi o primeiro a retrucar: “Olavo é um idiota que vive em outro país dando palpite”. Edir Macedo, da Universal e dono da Record e R.R. Soares, que abençoou Bolsonaro em festa de sua igreja, querem falar com Bolsonaro diretamente.

In – Outono: esmalte cinza
Out – Outono: esmalte vermelho

 
 

Processos

A primeira-dama Michelle Bolsonaro está avisando que processará todos os jornalistas que espalharam informações sobre o suposto caso dela com o ex-ministro Osmar Terra. Os advogados, contudo, darão, chance aos que querem pedir desculpas. O pessoal de IstoÉ, onde nasceu o potin, avisa que manterá tudo o que publicou.

Chegando perto

Luiza Helena Trajano, dona do Magazine Luiza, tem se aproximado do pré-presidenciável Luciano Huck. Ela foi quase ministra de Dilma Rousseff. A possível nomeação recuou à medida em que veio à tona o festival de processos trabalhistas que a rede de lojas tem na justiça – e que ainda não foram todas sanadas. O propósito de Huck: as maiores raposas acham que ele está demorando muito para decidir. Lembram que Bernadinho ficou nessa indecisão duas vezes e acabou perdendo para Marcelo Crivella e Wilson Witzel. 

CONVERSA À DOIS

Davi Alcolumbre conversou a sós com Bolsonaro sobre a convocação para pedir a cabeça de Rodrigo Maia, dele própria e de Gilmar Mendes. Disse que esperava que essa fosse a última vez das ações desse tipo. Já Dias Toffoli também conversou a sós com Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria do Governo e endureceu: avisou que não tolerará qualquer nova ação semelhante e recorrerá à Constituição.

Farra dos protestos

A comemoração, com protestos, do Dia das Mulheres, no Chile, pode entrar para o Guinness: dois milhões de mulheres em concentração em Santiago. No Brasil, houve protestos em várias cidades e por diversas causas: Marielle Franco, mulheres sem-terra, contra Bolsonaro, direitos das mulheres, feminicídios, violência sexual, legalização do aborto e outras mais. No Rio, havia uma grande  faixa: “O Estado é um macho opressor”. Na praça Mauá, muitas estavam com seios nus, mais tapa-mamilos e outras amamentavam publicamente seus filhos.

ELOGIOS

Em seu jantar com Donald Trump, nesses dias, Jair Bolsonaro ouviu do presidente americano que “o Brasil o ama e os Estados Unidos também”. E mais à frente: “É um cara muito especial. Acabou se tornando grande amigo meu. Nós não cobramos tarifas sobre algumas coisas dele...”. Bolsonaro foi lá tentar um acordo de livre comércio, mas Trump desconversou.

Boicote

No domingo (8) o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi às redes sociais para pedir boicote à TV Globo após o programa Fantástico exibir uma reportagem sobre mulheres trans encarceradas em presídios masculinos. O 03 repercutiu o boato de que uma das entrevistadas teria sido presa por estuprar e matar um menino de nove anos, o que foi amplamente difundido por perfis de extrema direita. Suzy (é o seu novo nome) não recebia visita há 8 anos, houve comoção e Drauzio Varella acabou abraçando a trans.

Ladeira abaixo

Dados da Skyscanner, plataforma de pesquisa de passagens aéreas sobre o mês de fevereiro, apontam efeitos do coronavírus. As do Brasil sofreram queda (em março está aumentando). O interesse despencou para Roma (agora deverá ir para o chão) em menos 25%; Milão (-17%), Paris (-12%), tudo em comparação com fevereiro de 2019. Para Pequim, a queda foi de 48% na procura. Em março, os números serão piores.  

TROCA

Luciana Gimenez está acertando sua troca de emissora: vai mesmo para o SBT com um programa semanal. Se der certo, poderá ter dois. O primeiro sinal da mudança será a participação de Luciana no programa A praça é nossa, com o veterano Carlos Alberto Nóbrega. Luciana recebe R$ 500 mil na Rede TV! e é o maior salário da casa. Agora, separada do marido Marcelo de Carvalho, está atrasando.

MISTURA FINA

  • PAULO Guedes, ministro da Economia, foi até a sede da Fiesp, no séquito de Bolsonaro, lembrou de sua promessa-vontade de reduzir verbas do Sistema S e viu de perto o Chefe do Governo fazer um acordo político com Paulo Skaf, presidente da Fiesp, que inclui corte de ameaças ao Sistema S e criação de grande conselho de empresários pró-Bolsonaro.  
  • NÃO é sempre que pobre protesta: há dias, no Rio, um desempregado vítima das enchentes, jogou lama ao vivo no prefeito Marcelo Crivella. Um outro perguntou: “Porque você jogou lama no prefeito?”. E ele: “Porque não tenho nem ovo, nem tomate e agora nem casa”.
  • BOLSONARO não vai tirar o título de Embaixador da Embratur de Ronaldinho Gaúcho, preso no Paraguai por portar documentos falsos. Ninguém entendeu os motivos do uso desses documentos: para lá, brasileiros viajam com RG. Para quem não sabe: suas temporadas pelo mundo encheram os cofrinhos de Ronaldinho, dono hoje de uma fortuna de 238 milhões de euros.
  • A CONVERSA matinal de Bolsonaro com jornalistas (antes da viagem disse a um grupo de jornalistas “estamos namorando de novo, hein?”) ganhou um apelido nos corredores de Brasília: é chamado de “Talquei Show”.
  • O CORINTHIANS condiciona um acordo com a Caixa Econômica Federal sem haver do banco a multas de R$ 70 milhões. Resumo da ópera: não vai ter acordo. O banco presidido por Pedro Guimarães não admite abrir mão de um centavo da dívida de quase R$ 500 milhões referente à construção da Arena Itaquera.
  • ESTÁ nas redes sociai: Freud fumava 20 charutos por dia, Hemingway tomava 30 daiquiris por dia, Balzac bebia 50 cafés por dia. E as pessoas ficam reclamando de Bolsonaro, que diz apenas uma, duas, no máximo três bobagens por dia.
  • DAMARES Alves, ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, deu uma entrevista ao SBT e apoiou tudo o que Bolsonaro fez com as jornalistas Patrícia Campos Mello e  Vera Magalhães. E foi direta com o entrevistador: “Não me coloque contra o meu presidente nessa entrevista”.
  • ANTES de ir para os Estados Unidos, Bolsonaro confessou a um amigo chegado que só convocou o povo às ruas para dar um troco em Rodrigo Maia, a quem acusa de ficar instigando o governo o tempo todo.
  • O USO prolongado de botox tira as rugas do sessentão João Doria, mas estão ampliando a área de sua testa. É a mesma consequência que afetou também o apresentador Otávio Mesquita.

Felpuda


Apressadas que só, figurinhas tentaram se “apoderar” do protagonismo de decisão administrativa. Não ficaram sequer vermelhas quando se assanharam todas para dizer que tinham sido responsáveis pela assinatura de documento que, aliás, era uma medida estabelecida desde 2019. Quem viu o agito da dupla não pode deixar de se lembrar daquele pássaro da espécie Molothrus bonarienses, mais conhecido como chupim, mesmo. Afe!