Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLÁUDIO HUMBERTO

“Podemos fazer mudanças”

Ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) admitindo mudanças sob “decisões técnicas”
31/03/2020 04:00 - Cláudio Humberto


“Podemos fazer mudanças”
Ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) admitindo mudanças sob “decisões técnicas”

Mandetta gera ciúmes e governo altera estratégia
A crise do coronavírus acabou por revelar, por seu protagonismo, a nova liderança política nacional do ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde), cujo nome já supera outros bolsonaristas, como o ministro Sérgio Moro (Justiça), na citação de candidaturas presidenciais preferidas. Pesquisas encaminhadas ao Planalto mostram que o prestígio de Mandetta sobe em flecha, bem ao contrário do presidente Jair Bolsonaro, desgastado pelas afirmações que desdenham da pandemia que assombra o mundo.

Apenas saboreando
Opositores de Bolsonaro sonham com briga, mas não há crise na relação de Bolsonaro. Mandetta apenas está adorando tudo isso.

Melhor nas pesquisas
Pesquisa Datafolha, divulgada no dia 23 deste mês, mostra que 55% dos brasileiros aprovam Mandetta, contra 35% conferidos a Bolsonaro.

Freio de arrumação
Esses números só pioraram, daí a nova rotina de coletivas, inaugurada ontem. Mandetta terá de dividir com o governo os louros da sua atuação.

2022 é logo ali
Aliados de Mandetta no Mato Grosso do Sul já falam em candidatura a presidente. Mas, para o ministro, a prioridade é combater o coronavírus.

Crítica ao Brasil não reflete números do Covid-19
O Brasil tem sido criticado pela mídia e políticos, todos “especialistas” em infectologia, sobre sua estratégia de combate ao coronavírus, mas os números não lhes dão razão. Países como Holanda, Turquia, Áustria, Portugal, Noruega e Suíça, sede da OMS, confirmaram o primeiro caso na mesma época do Brasil, mas têm mais ocorrências, apesar de bem menores, juntos ou isoladamente. Somados, são 58.970 casos em 134,4 milhões de pessoas. Aqui, são 4.579 em 212,2 milhões de brasileiros.

Ninguém reclama
Suíça e Áustria registraram o 1º caso em 24 de fevereiro, como o Brasil. Ontem, 15.922 suíços, 9.618 austríacos e 4.579 brasileiros infectados.

De leste a oeste
De acordo com o Worldometer, Portugal e Turquia registraram o 1º caso em 1º e 9 de março. Hoje têm 6.408 e 10.827 casos, respectivamente.

Sem críticas
Desde o 1º caso, em 26 de fevereiro, a Holanda totaliza 11.750 casos. A Noruega soma 4.445 desde a primeira notificação, em 25 de fevereiro.

Coisa mais esquisita
Não foi ilegal, mas é esquisito o ministro Paulo Guedes (Economia) dispor do seu tempo, pago pelo contribuinte, para privilegiar clientes da XP Investimentos, uma empresa privada, com uma videoconferência.

Meu nome é trabalho
O senador Jorge Kajuru (PSB-GO) acha que são injustas as críticas que generalizam o comportamento folgado do Senado. Seu gabinete no Anexo 2 do Senado, por exemplo, abre todos os dias às 7h da manhã.

Dores conhecidas
O senador Vanderlan Cardoso (PSD-GO), rico empresário, conhece bem as dificuldades da vida de garçom: já foi um deles, nos tempos de vacas raquíticas. Por isso propôs emenda que os inclui no coronavoucher.

Quem precisa está sem  
O piti dos defensores do isolamento total, em vez do vertical, proposto por Bolsonaro para retomar em parte a economia, não vem das favelas. Lá, segundo DataFavela, 72% acham que perderam qualidade de vida.  

Mais do mesmo
Apesar do coronavírus, vários políticos como o ex-deputado Alberto Fraga só pensam naquilo: uma vaga no ministério. Agora plantam contra o Sérgio Moro, inventando “desabafo” de Jair Bolsonaro contra ele.

Novo embaixador
O chanceler Ernesto Araújo recebeu ontem, por teleconferência, as cartas credenciais do novo embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, que garantiu cooperação americana contra o Covid19.

Agenda única
O Senai anunciou parceria com dez empresas com instalações em treze estados brasileiros para criar pontos de manutenção de respiradores utilizados no tratamento dos pacientes com Covid-19.

Todos na luta
O Hospital Ministro Costa Cavalcanti, bancado pela usina de Itaipu, já está habilitado para fazer até 480 exames rápidos para detectar o covid-19. Em Foz do Iguaçu são 10 casos confirmados e 112 suspeitas.

Pergunta na operação
A Lava Jato também está de quarentena?

PODER SEM PUDOR

Bom negócio
O ex-ministro Gustavo Krause conta em seu livro “Poder Humor” que Ibrahim Abi-Ackel era ministro da Justiça do general João Figueiredo quando recebeu a atriz Ruth Escobar. Ele tentava fazê-la desistir de montar peças teatrais em presídios, e argumentou: “Penso em sua segurança. Mesmo que agora não haja problema, dentro de dez anos um desses bandidos, já em liberdade, pode até estuprá-la.” Determinada a levar adiante o projeto, Ruth Escobar ironizou a ameaça: “Pois, ministro, um estupro, se for daqui a dez anos, até que pode ser um bom negócio.”

 
 

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

 www.diariodopoder.com.br

Felpuda


Dia desses, há quem tenha se lembrado de opositor ferrenho – em público –, contra governante da época, mas que não deixava de frequentar a fazenda de “sua vítima” sempre que possível e longe dos olhos populares. Por lá, dizem, riam que só do fictício enfrentamento de ambos, que atraía atenção e votos. E quem se lembrou da antiga história garantiu que hoje ela vem se repetindo, tendo duas figurinhas carimbadas nos papéis principais. Ô louco!