Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLÁUDIO HUMBERTO

“Precisamos de cooperação, colaboração, compreensão, solidariedade”

Ministro Paulo Guedes (Economia) diante da queda de 1,5% no PIB do primeiro trimestre
01/06/2020 05:00 - Cláudio Humberto


“Precisamos de cooperação, colaboração, compreensão, solidariedade”
Ministro Paulo Guedes (Economia) diante da queda de 1,5% no PIB do primeiro trimestre

Indulgente no mensalão, STF não perdoa fake news
No inquérito das fake news, o Supremo Tribunal Federal (STF) tem sido duro, acusando de “associação criminosa” deputados, empresários e até um comediante, pelas críticas ao tribunal. Já no julgamento do Mensalão, o mesmo STF entendeu que o esquema que subornava o Congresso, chefiado pelo petista Lula, depois condenado duas vezes por corrupção, não era “formação de quadrilha”. O entendimento ajudou a reduzir a pena de tipos como José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares e etc.

Sem problemas
O STF não viu associação criminosa no pagamento mensal de propina a parlamentares para aprovar leis. Graves são mesmo as fake news.

Ainda estão lá  
Cinco dos 11 ministros atuais votaram pela absolvição: Dias Toffoli, Lewandowski, Carmen Lúcia, Rosa Weber e Luís Roberto Barroso.

No ventilador
Para o relator do Mensalão, então ministro Joaquim Barbosa, a decisão teve “argumentos pífios”. Mais: “Foi uma tarde triste para o Supremo”.

Pouco mudou
De lá para cá, apenas duas cadeiras mudaram: Edson Fachin assumiu a vaga de Teori Zavascki e Alexandre de Moraes a de Joaquim Barbosa.

Pesquisa: culpa pela economia é de Bolsonaro Para 37% dos brasileiros, o governo Bolsonaro é o maior responsável pela atual situação econômica do País, aponta levantamento exclusivo do instituto Orbis para o site Diário do Poder e esta coluna. O governo Lula é o segundo colocado com 20,4%, seguido por “fatores externos ao governo” com 16,7%. A petista impeachada Dilma tem 8,2% e seu vice, Michel Temer, seria o responsável pela atuação situação para 6,1%.

Eles lembram
Entre os homens, a responsabilidade de Dilma sobre a atual situação econômica é quase o dobro da média geral: 10,8%.

Caminho errado
O Orbis também avaliou que a maior parte dos entrevistados (53,7%) acredita que a economia está no “caminho errado”.

Positivo
Apenas 28,7% disse que a economia está no caminho certo. Outros 17,7% não souberam avaliar a atual situação econômica.

Inquérito-polvo
O inquérito que investiga supostas fake news contra ministros do STF  

tratou da VazaJato, censurou a revista Crusoé, investigou “deep web” e cyber-terroristas e agora “organização criminosa” de bolsonaristas.

Trincheira de oposição...
Em um ano, o STF impôs uma dúzia de derrotas ao governo, várias a pedido de partidos. Limitou sua atuação na pandemia, impediu posse na PF, até exigiu explicações da Câmara sobre “demora” no impeachment...

...não está no Congresso
O STF botou a polícia atrás de blogueiros bolsonaristas e ainda humilha o presidente e ministros com interrogatórios na polícia. E ainda tem quem ache que a oposição a Jair Bolsonaro está no Congresso.

Troca de nome é habitual
O presidente Jair Bolsonaro contou que há oito anos pede medicamentos de manipulação com nomes fantasiosos por ser “um cara manjado”, polêmico, e “alguém poderia me envenenar”.

Tarcísio no STJ?
Atual ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o carioca Tarcísio Vieira de Carvalho Neto é nome forte para assumir a vaga do ministro Felix Fischer, no Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Não se pode esquecer
O Ministério Público requereu a indisponibilidade de bens, direitos e valores da mineradora Vale até R$30 bilhões, para “garantir o resultado prático de futura sanção de multa e potencial perdimento de bens”.

Trajetória de Benedito
Primeiro ministro negro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Benedito Gonçalves, 66, que ordenou a operação contra o governador Wilson Witzel, está no cargo desde 2008. Antes do STJ, foi papiloscopista da Polícia Federal e delegado da polícia civil do DF.

O futuro chegou
Entre março e abril, a companhia de saneamento de Brasília (Caesb) realizou 17.941 atendimentos virtuais, aumento de 117% em relação a 2019. Só no app da Caesb, os atendimentos pularam de 62 para 4.820.

Pensando bem...
...sensacional foi a reunião ministerial em que Dilma nomeou Lula ministro da Casa Civil, mas o vídeo não interessou aos ministros do STF.

PODER SEM PUDOR

Mineirice explícita
Ainda eram confusas as informações sobre o golpe militar quando, naquele 31 de março de 1964, o lendário José Maria Alkmin encontrou Benedito Valadares no aeroporto da Pampulha, em Belo Horizonte. “Vai para onde, Alkmin?”, perguntou Valadares. Ouviu a resposta: “Para Brasília.” Valadares fingiu acreditar: “Ah, sei.” Benedito abraçou Olavo Drummond, que assistia a conversa, e cochichou: “Ele diz que vai para Brasília para eu pensar que ele vai pro Rio. Mas ele vai é para Brasília mesmo...”

 
 

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

 www.diariodopoder.com.br

Felpuda


Questão de família acabou descambando para o lado da política, e a confusão já é do conhecimento público. 

A queda de braço tem como foco a troca de apoio político que, de um, foi para outro. Sem contar as ameaças de denúncia da figura central do imbróglio. 

A continuar assim, há quem diga que nenhum dos dois candidatos a vereador envolvidos na história conseguirá ser eleito. Barraco é pouco!