Clique aqui e veja as últimas notícias!

CLÁUDIO HUMBERTO

Tarcísio Freitas: “Publicamos o edital amanhã (hoje) e faremos o leilão em abril”

Tarcísio Freitas (Infraestrutura) sobre a Ferrovia Integração Oeste-Leste, na Bahia
16/12/2020 08:09 - Cláudio Humberto


Randolfe demite para acomodar apaniguados

Apesar da pose, que varia conforme o oportunismo, no escondidinho do Congresso todos os políticos são pardos. 

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), por exemplo, contribuiu para aumentar a fila do desemprego no Brasil ao demitir inapelavelmente três chefes de família, às vésperas do Natal, para acomodar apaniguados que perderam boquinhas na extinta liderança do seu partido. 

Ele exonerou funcionários do Conselho Editorial do Senado, do qual é presidente, para nomear sua turma.

Últimas notícias

Desemprego maior

Os chefes de família não foram demitidos por déficit de competência ou assiduidade. Eles ganhavam em média R$4,5 mil por mês.

Regalias extintas

O Rede já não tem líder por insuficiência de votos e senadores, por isso Randolfe perdeu gabinete, cargos e outras regalias próprias de liderança.

O partido encolhe

Sem cumprir cláusula de barreira, dois dias após a posse, o Rede perdeu Capitão Styvenson (RN). Em agosto foi a vez de Flávio Arns (PR) vazar.

Diz que não estou

Procurado várias vezes ontem, o senador Randolfe, em geral loquaz sob holofotes, não se deixou encontrar para explicar suas demissões.

Decisão do STF encerrou até censura no Senado

Logo após o Supremo Tribunal Federal sepultar planos de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre de se reelegerem presidentes da Câmara e do Senado, a ferramenta de avaliação de projetos do Congresso e o portal e-Cidadania (magicamente) voltaram a funcionar. 

Em setembro, uma proposta para mudar a Constituição e beneficiar a dupla do DEM bateu recordes de rejeição em poucas horas, chegando a mais de 99%. Resultado? O Senado censurou a ferramenta alegando “manutenção”.

Fake news oficial

Apesar de o Senado atribuir à “manutenção” as falhas no e-Cidadania e na avaliação de projetos, ficaram fora do ar por mais de três meses.

Engana-trouxa

A desculpa do Senado era reforçar o sistema para aguentar as votações remotas e o esforço concentrado pré-eleição. Conversa para boi dormir.

Rejeição perdura

A PEC da reeleição de Maia e Alcolumbre voltou ao ar com mais de 9,1 mil votos contrários e apenas 148 a favor: 99% de rejeição.

Sobrou para nós

O Supremo Tribunal (STF) abriu licitação no fim de agosto para comprar 45 pistolas automáticas, calibre 9 mm, destinadas aos seus seguranças. Mas se optar pela qualidade da arma importada, terá de pagar 20% a mais, após a decisão do ministro Edson Fachin de anular a alíquota zero.

Tá difícil

Após almoço com líderes de oposição na Câmara, o ainda presidente da Casa, Rodrigo Maia, voltou a estender o prazo que ele próprio havia fixado para apontar quem merece seu apoio na própria reeleição.

Enquanto cobra vacinação...

O deputado estadual Arthur do Val (SP) acusa o governador João Dória de querer lucrar na pandemia ao propor aumento de imposto de remédio e vacinas. “Não esperava muito dele, mas aí já é demais”, disse.

Sedex, não

No Estados Unidos, as vacinas da Pfizer foram despachadas através da empresa Fedex para 150 pontos de distribuição. Todas chegaram ao destino pontualmente. No Brasil, se for por Sedex, periga não chegar.

Demorou

Autor do projeto que põe fim ao foro privilegiado, o senador Alvaro Dias lançou a campanha #desengavetaRodrigoMaia. Já deve ser tarde demais e o jeito é esperar, e cobrar, do próximo presidente da Câmara.

Esquecidos

Deputados têm citado 200 mil idosos em asilos que devem ter prioridade na vacinação, além de agentes de saúde e segurança. Expostos em local fechado por horas, motoristas e cobradores de ônibus estão esquecidos.

Mais que o mínimo

O Butantan diz que 13 mil voluntários vão receber a Coronavac (ou o placebo) na 3ª fase, mas apenas 74 se infectaram com o coronavírus. O mínimo necessário é de 61 para a abertura dos estudos e análise.

Mesmo timing

O presidente Bolsonaro aguardou o resultado formal do colégio eleitoral dos Estados Unidos, na segunda (14), para parabenizar Joe Biden pela vitória na eleição. O presidente russo Vladimir Putin também.

Pensando bem...

...cumprimentar antes do resultado oficial é como comemorar o gol antes do VAR.

PODER SEM PUDOR

Estava escrito

Ex-ministro do Turismo de FHC, Rafael Greca era apenas uma criança quando venceu um concurso da melhor redação estudantil sobre os 300 anos de Curitiba, celebrados décadas depois. A redação vitoriosa foi colocada em uma urna, na Praça 29 de Março (data de aniversário da cidade). 

Muitos anos depois, em ato solene, Greca abriu a velha urna, dela retirou o papel e leu a própria redação – uma bela declaração de amor a Curitiba. Ele era o prefeito da cidade.