Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLÁUDIO HUMBERTO

“Vamos tirar a turma do ar-condicionado e colocar no meio da selva”

Vice-presidente Hamilton Mourão sobre reforçar a fiscalização e a proteção da Amazônia
13/07/2020 05:00 - Cláudio Humberto


“Vamos tirar a turma do ar-condicionado e colocar no meio da selva”

Vice-presidente Hamilton Mourão sobre reforçar a fiscalização e a proteção da Amazônia

Destruição florestal na Europa sobe 69%, sem críticas 

Receptiva a críticas ao Brasil na área ambiental, sobretudo oriundos da Europa, a mídia brasileira ignorou levantamento da revista científica Nature, divulgado há dez dias, indicando que o desmatamento cresceu 69% em 2018, na União Europeia. Enquanto o Brasil preserva 70% das florestas, na Europa mal chega aos 30%, se incluir áreas reflorestadas. Para a Nature, a devastação na Europa está ligada à “recente expansão dos mercados da madeira”, que aliás é rival da madeira da Amazônia.

Fonte insuspeita

O estudo foi coordenado pelo cientista Guido Ceccherini, do Centro Comum de Investigação, da Comissão Europeia, em Ispra (Itália).

Olha o que eles fizeram

Imagens de satélite revelam que a área devastada na Europa deve afetar a biodiversidade, provocar erosão e ameaçar mananciais (fontes d’água).

Motosserra europeia

Suécia, Finlândia, Espanha, França e Alemanha têm mais florestas na Europa. Mas só na França de Macron, o desmatamento cresceu 30%.

Papagaios ‘deflorestam’

Em Portugal, cuja imprensa reproduz como papagaio ataques e mentiras contra o Brasil, a “deflorestação” cresceu 56%.

Na pandemia, Receita dá curso sobre sexualidade Com o País quebrado, em dificuldades, a Receita Federal do Brasil achou relevante convidar seus funcionários, dias atrás, a participar de um seminário online sobre o tema “Sexualidade em tempos de pandemia”. Marcado para dia 23, às 10h, o evento provocou imediata reação. “Pelo jeito, as prioridades são outras”, disse uma servidora, em mensagem à coluna. A Receita explica que a “live” é ação da área de “Qualidade de Vida no Trabalho”, no programa sobre saúde e bem-estar de servidores.

Sem custos

“As ‘lives’ têm sido realizadas sem custo para administração pública, resultantes de ações voluntárias dos palestrantes”, explica a Receita.

Horário comercial

O convite despertou indignação por parte dos auditores-federais, relatou uma funcionária. O evento será realizado em horário comercial.

Medida anti-pandemia

A Receita explica que as “lives” tratam saúde mental, ansiedade, inteligência emocional, exercícios físicos na quarentena.

Candidaturas fake

A nomeação do ministro Milton Ribeiro (Educação) revelou que reinava a desinformação sobre o processo de escolha. Revelou também o caráter oportunista de “candidatos” que jamais foram considerados para o cargo.

Alô, polícia

Com o mau-caratismo de sempre, os planos de saúde criam todas as dificuldades para pagar testes para diagnóstico de Covid-19, com a garantia de omissão da “agência reguladora” ANS.

Só pensa em eleição

Após ser derrotada na eleição presidencial de 2018, enredada nos grampos da Vazajato e se “auto exilado” na Europa, Manuela D’Ávila voltou a aparecer em ato de pré-campanha em Porto Alegre.

Ansiedade pela queda

A curva de óbitos da covid-19 no Brasil foi achatada e, definitivamente, chegou ao platô. O que assusta a população, além da mídia, é o fato de que temos, há mais de um mês, uma média de mil mortes diárias.

Câmara atrasada

Secretário de Transparência da Câmara, Roberto de Lucena (Pode-SP) marcou debate para esta segunda (13) sobre transparência dos gastos públicos na pandemia. O problema é que as ações estão quase no fim.

Um tema, duas políticas

Telmário Mota (Pros-RR) e Eliziane Gama (Cid-MA) convidaram o vice Hamilton Mourão para discutir o desmatamento. Para Mota a ideia é “colaborar no que for possível”. Já para Gama, “não pode silenciar”.

Ruins de tabuada

Pesquisa Necton/Vector pediu que deputados e senadores dessem nota para a relação do governo Bolsonaro com o Congresso: o resultado foi 4,4. Mas eles próprios são donos de notas baixíssimas.

Produções pandêmicas

Com o Salão Verde vazio e muito ócio, deputados fazem poses para redes sociais, com selfies ou mensagens de vídeo. O deputado Tadeu Fillippeli (MDB-DF) tem feito isso para se comunicar com o eleitorado.

Pensando bem...

...com a curva achatada, Bolsonaro mudo, ministro da Educação nomeado e Judiciário de recesso, a semana será longa para a imprensa.

 
 

PODER SEM PUDOR

A dona da voz

Interventor em Minas, Benedito Valadares era apaixonado pela voz melodiosa de uma locutora de Belo Horizonte, como lembra o escritor Petrônio Souza. Mas se a voz era bonita, a moça era feia de dar dó. Como a paixão é cega, os assessores de Valadares resolveram promover um encontro da locutora com o fã ilustre. Foi um desastre: ao ser apresentado à moça, no Lacmè, antigo “point” político e cultural da cidade, a paixão de Valadares parece ter entrado em estado de choque. Ele apenas balbuciou: “É este fantasma que tem aquela voz maravilhosa?” A pobre locutora morreu com raiva do fã que preferia não tê-la conhecido.

___

Com André Brito e Tiago Vasconcelos

www.diariodopoder.com.br

Felpuda


Candidato a prefeito em cidade do interior tremeu que só nas bases diante da decisão que tirou a corda do pescoço de adversário, liberando o dito-cujo para disputar a eleição.

Como acreditava que o pleito seria “um passeio”, estava até pensando no modelito que usaria no dia da posse.

Agora, teme nadar, nadar e morrer na beira da praia, deixando o terno pendurado no cabide.