Clique aqui e veja as últimas notícias!

NUTRIÇÃO E BOA FORMA

Aprenda dois exercícios de yoga para enfrentar o isolamento em casa

Fáceis, respiração da abelha e sequência do gato podem ajudar no relaxamento
30/03/2020 11:14 - Naiane Mesquita


 

Encontrar a calmaria em tempos de águas agitadas não tem sido fácil. O crescente número de casos de coronavírus, o isolamento social e até o trabalho em casa são capazes de causar estresse e o yoga pode ajudar a dissipar um pouco o que está em excesso. 

Com o propósito de facilitar a prática, a professora de yoga, Beatriz Godoy publicou recentemente na sua página pessoal no Instagram uma série de exercícios para auxiliar quem está descobrindo alternativas para manter a tranquilidade neste período difícil. 

Os exercícios são divididos em pranayamas (respiração) e asanas (posturas). “Pranayamas são técnicas de respiração que nos conduzem a um domínio da mente e ampliam incrivelmente a capacidade pulmonar”, explica Beatriz.

Já os asanas são, de acordo com Beatriz, posturas psicofísicas, praticadas para conquistar firmeza do corpo e da mente, e a saúde e flexibilidade dos órgãos. “Os asanas somente são Yoga quando se fazem com consciência e cultivando o desapego em relação ao corpo. É um meio para se conseguir meditar em paz, e não um fim em si mesmo”, aponta. 

Com tudo isso em mente, confira dois exercícios simples que podem ser feitos em casa: 

  • Respiração da Abelha

Te convido a sentar e fazer comigo esse exercício de respiração que alivia tensão cerebral, diminui a ansiedade e raiva, combate a insônia, fadiga mental, e conduz a um estado de profundo relaxamento. 

1- Encontre uma postura confortável com a coluna ereta. Respire por ambas as narinas, feche os ouvidos com os dedos indicadores ou com os polegares e, ao exalar pelas narinas, produza um som contínuo como o zumbido da abelha.

2- Se concentre no som. Repita entre 5, 10 ou 15 voltas.

3- Você pode praticar este pranayama antes de dormir, antes de meditar ou após a prática de asanas (posturas). Mantenha seus olhos fechados por algum tempo. Observe as sensações no corpo e sua quietude.