Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CLAUDIO HUMBERTO

Delfim Netto: "É preciso acabar com essa montanha de penduricalhos"

Ex-ministro da Fazenda Delfim Netto, inconformado com os privilégios do setor público
01/09/2020 05:00 - Cláudio Humberto


“É preciso acabar com essa montanha de penduricalhos”

Ex-ministro da Fazenda Delfim Netto, inconformado com os privilégios do setor público

 

Maia segura há 1 ano PEC que acaba penduricalhos

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, “engavetador-geral” de projetos que extinguem privilégios, trancou em sua gaveta a proposta de emenda (PEC) acabando os “penduricalhos” que tornam simples salários em vencimentos de marajás. No dia 17 completa um ano que o deputado Pedro Cunha Lima (PSDB-PB) apresentou a proposta. Até hoje, Maia nem sequer designou o relator. Em dois anos, diz Cunha Lima, graças a penduricalhos, 8 mil juízes receberam R$100 mil ao menos em um mês.

Valores escondidos

O caráter ilegítimo dos pagamentos fica claro quando os Três Poderes escondem a sete chaves o custo bilionário dos penduricalhos. 

Falta só auxílio-vergonha

A PEC 147 extingue penduricalhos desmoralizantes do serviço público, como auxílio-moradia, auxílio-paletó, auxílio-livros, auxílio-babá... etc etc.

É um País de castas

Pedro Cunha Lima lembra que num Brasil sem creches para os pobres, tem auxílio-creche para quem ganha R$30 mil mensais no setor público. 

Desrespeito à Câmara

Engavetar projetos é o jeito Rodrigo Maia de fazê-los “caducar”, como faz com medidas provisórias de Bolsonaro, ou condená-los ao esquecimento

Queda em agosto pode marcar virada na pandemia

Agosto pode ser marcado como o mês da virada do Brasil, na pandemia do coronavírus, e o primeiro a encerrar com menos casos que o anterior. O mês começou com 731,2 mil pessoas infectadas e chegou a 818,5 mil, mas termina com 689 mil, queda de 5,8% em relação ao início do mês e impressionantes 16% comparado ao pico. A previsão é que a tendência de queda das últimas três semanas seja mantida até chegada da vacina.

Redução que importa

A média de mortes pelo vírus despencou 19% em agosto, de 1.060 para 860, o menor número desde meados de maio.

O momento

A virada começou a se confirmar na segunda quinzena do mês quando os novos casos começaram a ser superados pelas pessoas curadas.

Há quem não goste

O achatamento da curva no Brasil é traduzido pelo jornalismo funerária de “paramos no pico”. Nos EUA, foram 18 dias acima de 2 mil óbitos

Decisão sem noção

A decisão do ministro Dias Toffoli, ordenando a conversão em dinheiro de um terço das férias (de 60 dias) de juízes federais e do Trabalho, descoberta pelo site Diário do Poder, na madrugada de sábado, são contadas em dobro. E mostrou que o setor público segue alheio à crise.

Faltam os outros

Levar o ex-médico Roger Abdelmassih de volta à prisão foi mole, ele estava em casa. Já os bandidões do PCC ou Mizael Bispo, que matou a ex-namorada, soltos a pretexto da pandemia, que seria bom, nada.

Downgrade na safadeza

São até modestos, para os padrões de corrupção estabelecidos nos governos do PT, os valores das denúncias contra Wilson Witzel. Como o pagamento de contas do escritório de advocacia da primeira-daa do Rio em dinheiro vivo, sendo que R$4 mil é o valor mais expressivo.

Novo racha na Unimed 

O sistema Unimed está totalmente envolvido no próprio processo sucessório, marcado para março de 2021. A expectativa é que deverá haver uma nova cisão na cooperativa de médicos, como nos anos 1980.

Regalias viciam

Depois de retirados pela polícia do centro de operações dos Correios, o presidente do sindicato regional, Oseias Vieira, confirmou que regalias da empresa viciam. “Não dá para trabalhar sem esses benefícios”, disse.

Ayres Britto faz falta

Em seminário de 2017, o ex-ministro do STF Carlos Ayres Britto caracterizou o direito à liberdade de expressão como “absoluto”, sem meio termo, e ainda avisou: “Se houver brecha, a serpente da censura prévia se esgueira por aí”. À época, foi aplaudido. Hoje, o STF é outro.

Falta de vergonha

As multas eleitorais renderam R$41,4 milhões... aos partidos políticos, somente em 2020. Multas de candidatos por campanha antecipada ou irregular são distribuídas como um “bônus” do fundão partidário.

Saúde, Ednardo

Encontra-se na UTI de hospital em Fortaleza, com quadro de infecção e sintomas de covid-19, o cantor cearense José Ednardo Soares Costa Sousa, 75, autor da lendária composição "Pavão Mysteriozo".

Pensando bem...

...para uma maioria de servidores públicos, há aqueles que se servem do público.

 
 

PODER SEM PUDOR

Relações impróprias

O ex-presidente do PT José Genoíno era um político bem-humorado, sempre disposto a encontrar motivos de riso até em assuntos mais delicados. Quando o mundo se escandalizava com o romance do presidente americano com a estagiária Mônica Lewinski, e Bill Clinton admitia que manteve com ela “relações impróprias”, Genoíno saiu-se com esta: “Hillary (Clinton) deve ter lá também as suas relações impróprias, do contrário não conseguiria manter aquele sorriso no rosto...”

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!