Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NUTRIÇÃO E BOA FORMA

Confira onze chás ideais para desintoxicar e ajudar na reeducação alimentar

Boldo, canela, gengibre e erva-doce estão entre os chás mais indicados para o consumo
28/09/2020 10:54 - Naiane Mesquita


Os chás podem auxiliar muito na reeducação alimentar. Prescrita com segurança e de acordo com cada caso, a bebida pode desintoxicar, aumentar a saciedade e a digestão.

“Chás podem ser úteis quando utilizados segundo as regras de prescrição segura. Alguns chás e seus bioativos se destacam como é o caso da catequina encontrada na espécie Camellia sinensis, que podem apresentar atividade na desintoxicação”, afirma a nutricionista Luciane Gonzalez.

Além de desintoxicar, algumas espécies de chás são anti-inflamatórias e diuréticas. “O chá das folhas de Moringa oleífera, por exemplo, tem potencial anti-inflamatório, diurético e na prevenção de tumores. Esses efeitos são atribuídos a uma variedade de polifenóis, ácidos fenólicos e glicosinolatos presentes na planta”, frisa. 

 

Confira onze chás que podem te ajudar na reeducação alimentar:

 

Camomila: chá calmante ajuda a combater a ansiedade e a insônia. A camomila também auxilia no combater a enxaqueca, ameniza cólicas tanto menstruais quanto digestivas. Contém ácidos fenólicos, taninos, cumarinas e flavonoides. 

Hortelã: Refrescante, possui efeito vermífugo e auxilia no alívio de gases, melhora digestão e combate azias.

 
 

Erva-doce: Relaxante é usada para aliviar irritações no estômago e gases. É recomendado para reduzir o apetite auxiliar no processo de emagrecimento.

Mate: tem ação estimulante, ajuda afastar o cansaço e é antioxidante. Por ter cafeína deve ser usado com cuidado por hipertensos. 

Canela: Aliado no controle do diabetes por ajudar na redução da glicemia, regulando açúcar no sangue e ajudando a diminuir a vontade de comer doces.

Gengibre: Anti-inflamatório, atua no sistema digestivo contra cólica e gases.

Boldo: Aumenta a produção da bile eliminando gases, diminui a chance de desenvolver cálculo na vesícula e auxiliar no combate das afecções do fígado e do baço.

Preto: Contém grande quantidade de cafeína. Quando consumido com moderação ajuda a diminuir a sensação de fadiga e sonolência por possuir propriedades excitantes, que estimulam o cérebro.

Verde: desintoxicante, fortalece o sistema imunológico, tem ação diurética e previne problemas cardiovasculares. O chá verde também ajuda a prevenir câncer, além de acelerar o metabolismo na queima de gordura.

Capim-santo: Calmante, sedativo, ideal para o combate de problemas gastrointestinais, tratamento de diabetes e úlceras.

Carqueja: Exerce ação benéfica sobre fígado e intestino.

 

Felpuda


Ex-cabecinha coroada anda dizendo por aí ser o responsável por vários projetos para Campo Grande, executados posteriormente por sucessor. 

Ao fim de seus comentários, faz alerta para que o eleitor analise atentamente de como surgiram tais obras e arremata afirmando que não foi “como pó mágico de alguma boa fada madrinha. 

Houve muito suor nos corredores de Brasília”. Então, tá!...