Clique aqui e veja as últimas notícias!

NUTRIÇÃO E BOA FORMA

Conheça o HIIT, treino de alta intensidade que previne doenças cardiovasculares

De acordo com professor, treino é ideal para quem tem uma rotina agitada
11/01/2021 14:40 - Naiane Mesquita


Ideal para quem tem pouco tempo destinado ao treino, o High Intensity Interval Training (HIIT), pode ser uma boa opção para quem deseja melhorar a condição cardiorrespiratória, reduzir o percentual de gordura, melhorar a sensibilidade a insulina e reduzir o risco de doenças crônicas não transmissíveis.  

Porém, segundo o profissional de educação física, professor e personal trainer, Geovany Rafael Bisol, isso não quer dizer que o treino faça milagres. "Não é que ele emagrece mais, a relação que ele tem um efeito no seu organismo de aumentar o seu metabolismo e no pós-exercício você consegue continuar, digamos assim, gastando calorias", explica.

Com a rotina cada vez mais agitada, muitas pessoas preferem praticar o HIIT porque ele é feito em um curto período de tempo, em média de 10 a 20 minutos. "Poucas pessoas fazem realmente certo esse tipo de treinamento, as pessoas confundem o HIIT com um treinamento intervalado.  Quando a gente está falando em HIIT, a principal característica, dentro desse tipo de treinamento, é ficar com intensidades acima de 90/100/110 até 120% do VO2", ressalta. 

 
 

QUEIMA DE GORDURA

O VO2 é o volume de oxigênio consumido pela pessoa durante a realização de uma atividade física e costuma ser utilizado para avaliar o condicionamento físico de um atleta. "VO2 é a nossa capacidade cardiorrespiratória, o quanto a gente consegue captar um oxigênio do ar, distribuir do nosso corpo e utilizá-lo durante o nosso exercício. Quanto mais treinado você for, melhor o seu VO2, melhor a sua capacidade cardiorrespiratória, maior a velocidade que você consegue colocar no exercício, mais tempo você consegue ficar no exercício", frisa.  

DURAÇÃO

Segundo Bisol, quando a pessoa pratica HIIT é difícil ela conseguir realizar outra série de exercícios. 

"O HIIT é um treino em que a duração dele é super curta. A gente tem treinos de no máximo 10, 15 minutos de duração, a gente já vê alguns HIITS com 20 minutos, dependendo da capacidade do indivíduo. É um treino em que a pessoa vai ao seu limite. Tem pessoas que costumam falar que fizeram um treino de HIIT e de musculação no mesmo dia, sendo que se você faz um HIIT bem feito, não consegue fazer outro tipo de treinamento, porque precisa de um tempo de recuperação, já que o impacto sobre o corpo é muito alto", pontua.  

QUEM PODE FAZER?

De acordo com o professor, o execício se adapta a realidade do aluno. 

"Não faz mal ser em alta intensidade. Há várias pesquisas aplicando modelos de HIITS em diversos grupos e todos eles têm respostas muito positivas, claro que você vai sempre procurar segurança e bem-estar do aluno, tem que ter uma avaliação inicial bem feita, observando os níveis de intensidade, daquele aluno individual e o domínio técnico da atividade. O aluno tem que saber correr, saber nadar, saber pedalar", explica.  

Baixe Agora o nosso E-book de 100 dicas de exercícios para queimar calorias