Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

TURISMO

Conheça oito castelos para visitar na região de Alentejo, em Portugal

Região tem igrejas antigas, conventos centenários e castelos medievais
28/10/2020 08:00 - Naiane Mesquita


Conhecida pelos vinhos, castelos medievais e cenários de tirar o fôlego, Alentejo em Portugal guarda diversos mistérios, principalmente arquitetônicos.  A região é a maior de Portugal, mas apesar do tamanho é possível conhecer os pontos turísticos de diversas formas, desde viagem de carros até tours em bicicletas. 

Nessa lista, confira oito castelos impressionantes para conhecer durante uma viagem de férias:

Arraiolos
Localizado a apenas 20 minutos de Évora, principal destino alentejano, Arraiolos fica no topo do Monte de São Pedro, rodeado por uma muralha em forma de elipse. Além de visitar o castelo, é possível apreciar uma bela visão de 360º dos campos alentejanos. Este é um dos poucos castelos no mundo com uma arquitetura circular e, por isso, vale muito a pena conhecer. 

Beja
Localizado mais ao sul da região, seu destaque é a torre que conta com 40 metros de altura. Mais que o tamanho e a imponência, no entanto, essa parte do castelo tem também uma beleza ímpar. O viajante pode subir seus 200 degraus para conferir uma vista de tirar o fôlego. A torre é composta por três salas, que contam com elementos de inspiração muçulmana, romana medieval e manuelina.

Elvas
Este castelo é considerado Patrimônio Mundial da UNESCO juntamente às demais construções históricas de Elvas. Ele é um dos melhores exemplares da arquitetura militar portuguesa. A própria cidade foi desenvolvida como uma verdadeira fortaleza, devido à sua proximidade com a Espanha. Além do castelo, os turistas podem explorar diversos fortes e fortins da cidade.

 
 

Monsaraz
Este é um dos típicos vilarejos cheios de charme do Alentejo e seu castelo tornou-se um ponto turístico bastante popular na região. Isso porque, ao subir na construção, o visitante pode ver o grandioso Alqueva, que nada mais é que o maior lago artificial da Europa. Ao pôr do sol, a paisagem fica ainda mais impressionante.

Montemor-o-Novo
Esta vila conta com um fascinante castelo que foi construído sobre as ruínas de uma fortificação muçulmana. Embora seu estado atual não se compare à sua antiga glória, sua importância histórica permanece: ele sobreviveu ao terremoto de 1755 e às invasões francesas, além de ser palco dos últimos preparativos para a travessia marítima de Vasco da Gama para a Índia.

Estremoz
Atualmente, no Castelo de Estremoz, funciona uma pousada. Mas ainda é possível conhecê-lo. Seu destaque é a espetacular Torre das Três Coroas, com 27 metros de altura e feita de mármore branco. Ao lado do castelo fica uma estátua em homenagem à Rainha Santa Isabel, conhecida pelo milagre de haver transformado moedas em rosas no século 14.

Evoramonte
Para quem gosta de construções diferentes, o Castelo de Evoramonte é perfeito. Formado por quatro torreões arredondados, ele conta com três pisos nobres no estilo do Renascimento Italiano, e suas salas monumentais têm abóbadas góticas impressionantes.

Marvão
A poucos quilômetros de Castelo de Vide, o Castelo de Marvão fica no ponto mais alto da Serra de São Mamede, a 843 metros de altitude, esbanjando uma vista e tanto. Do topo de sua torre, em um dia claro, é possível ver até mesmo a Espanha! Ele também impressiona por seu excelente estado de conservação e extensas muralhas.

 

 
 
 

Felpuda


Ex-petista de quatro costados, que acabou se aboletando em outro partido já há algum tempo, decidiu se submeter mais uma vez às urnas na tentativa de voltar a comandar cidade do interior de Mato Grosso do Sul. O eleitorado não botou fé e decidiu reeleger o atual prefeito.

Agora, há quem diga que o dito-cujo, que é fã de Carnaval, já pode ir preparando sua fantasia: “palhaço das perdidas ilusões”. Ô maldade!