Clique aqui e veja as últimas notícias!

CLÁUDIO HUMBERTO

Infectologista do Hospital das Clínicas sobre eficácia da Coronavac: “Ficou muito feio”

Infectologista do Hospital das Clínicas e diretor da Sociedade Paulista de Infectologia, Dr. Evaldo de Araújo sobre a suposta eficácia de 50% da vacina
25/12/2020 11:00 - Cláudio Humberto


“Ficou muito feio”
Infectologista do Hospital das Clínicas e diretor da Sociedade Paulista de Infectologia, Dr. Evaldo de Araújo sobre a suposta eficácia de 50% da vacina chinesa Coronavac

Aliviado, Planalto não celebra fiasco de coronavac

O provável fiasco da vacina Coronavac, que sinaliza apenas 50% de eficácia, gerou alívio no Ministério da Saúde. É que agora, mais que nunca, o governo brasileiro se convenceu do acerto quase lotérico na aposta que fez na vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford e o laboratório suíço AstraZeneca, cuja eficácia presumida é 95%. 

Outro fator de alívio tem a ver com a recusa inicial de bancar a vacina chinesa que o governador paulista, João Doria, insistiu em vender ao ministério.

Sem tripudiar

A ordem do Planalto é ninguém se pronunciar sobre um eventual fiasco da “vacina do Doria”. Afinal, a notícia é ruim para todos.

Coisa mais estranha...

A eficácia da vacina chinesa será anunciada em duas semanas, segundo informou o diretor do Instituto Butantan, simultaneamente com a Sinovac.

Olho nisso, Anvisa

Segundo Dimas Covas, a chinesa Sinovac vai “unificar e equalizar” o os testes no Brasil, que apontam para fiasco, com “outros países”. Humm...

Veto presidencial

Há dois meses, Doria tentou vender 5 milhões de doses da vacina, a 10 dólares cada. O Ministério da Saúde “piscou”, mas Bolsonaro brecou.

Câmara apura covid para volta presencial em 2021

A Câmara deu início a uma apuração por meio de um formulário online para saber quantos funcionários já testaram positivo para a covid-19. A explicação oficial fala em "monitorar o status da doença dentre os seus servidores e colaboradores", mas nos bastidores a medida é tratada como o primeiro passo para o retorno das atividades presenciais no ano que vem, incluindo quem for imunizado tão logo a vacinação comece.

Retorno gradual

Mesmo com o início da vacinação e o cadastro de quem já pegou covid, o retorno presencial deve ser gradual e a partir do segundo semestre.

Tempo perdido

Servidores atribuem a preparação à inquietude dos deputados que "sumiram do noticiário" e "foram esquecidos pelo eleitor" na pandemia.

Dados protegidos

De acordo com o comunicado interno, os dados serão repassados para o serviço médico da Câmara e terão "resguardado o sigilo médico".

Sem chances

O infectologista Marcos Boulos descarta que a eficácia da Coronavac se compare às demais, próxima de 95%. “De jeito nenhum”, disse ele enfaticamente. O mais provável é 50% de eficácia da vacina chinesa.

Tráfico de vacina

Grandes empresários em vários países são acusados de haver adquirido vacinas chinesas, tanto do laboratório estatal Sinofarm, quanto do Sinovac, que faz a Coronavac. Nenhum deles se queixou dos resultados.

Fim das hostilidades

Presidente da Câmara por três vezes, o ex-presidente Michel Temer não acredita que o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), caso seja eleito presidente da Câmara, siga uma atitude hostil em relação a Bolsonaro.

A volta de Eunício

O ex-presidente do Senado Eunício Oliveira (MDB-CE) sinaliza retorno à política. Ele enviou a amigos, ontem, um vídeo de sua mensagem de final de ano, assinado com logomarca de pré-candidato.

Nosso bolso agradece

O Ministério da Economia comemorou a adesão ao TaxiGov, o Uber do governo, em onze estados. A redução nos gastos com transporte de servidores em carros oficiais foi de 64% ou R$30,6 milhões desde 2017.

Presente de Natal

Os EUA começaram a exigir neste Natal uma “caução” de até US$15 mil para quem quer fazer turismo no país. Especialista em imigração, Daniel Toledo explica: a regra vale para 24 países, mas o Brasil ficou de fora.

Sem pânico

A líder técnica do grupo que estuda covid na OMS, Maria van Kerkhove, disse que “ainda não temos evidência de alterações no comportamento do vírus”, explicou a especialista sobre a “nova mutação” do coronavírus.

Protegidos comprovados

Até esta quinta (24), havia mais de 6,6 milhões de brasileiros curados de coronavírus, após contaminação. Mas ainda existem mais de 780 mil casos ativos, dos quais 8,3 mil são considerados sérios ou graves.

Pensando bem...

...Se a vacina é obrigatória, a eficácia também deveria ser.

PODER SEM PUDOR

Voto secreto

Quando se discute mais uma vez se o voto para presidente da Câmara dos Deputados deveria ser aberto ou secreto, vale lembrar a observação do jornalista Apparício Torelly, o Barão de Itararé, fundador do jornal A Manhã: “O voto deve ser rigorosamente secreto. Só assim, o eleitor não terá vergonha de votar no seu candidato.”