Clique aqui e veja as últimas notícias!

NUTRIÇÃO E BOA FORMA

Proteínas auxiliam na reposição do músculo durante processo de emagrecimento

Nutricionista explica porque as proteínas são essenciais no cotidiano alimentar
23/11/2020 13:15 - Naiane Mesquita


 

Quando começamos uma nova dieta ou reeducação alimentar é comum a inclusão de uma proteína em praticamente todas as refeições. De acordo com a nutricionista Beatriz Camargo, isso acontece devido à importância que o nutriente tem para a estrutura do corpo humano. 

“A proteína é um dos três macronutrientes essenciais para nosso corpo e a principal função dela é de estrutura corporal, ou seja, quase tudo no nosso corpo é feito à base de proteína, desde os nossos fios de cabelos até as células do seu sistema imunológico”, explica. 

Portanto, é ideal que todas as dietas tenham alguma fonte de proteína. “Na verdade, qualquer dieta sempre vai ter proteína, pois os alimentos por si só têm proteína, por exemplo, o arroz branco que é base da dieta do brasileiro, tem proteína, em pouca quantidade, mas tem”, frisa Beatriz.

Acompanhe as últimas notícias do Correio do Estado

Além do arroz e da carne, principal fonte de proteínas, há outros alimentos que também cumprem esse papel. “Pensamos primeiro na carne porque é a maior fonte de proteína que temos no dia a dia alimentar do brasileiro, além disso, a proteína animal é melhor biodisponível, ou seja, ela se encaixa melhor no nosso corpo, é absorvida e usada de maneira mais eficaz. Porém, é sempre importante dizer que a proteína animal não é a única do mundo, existem também as proteínas vegetais que são usadas pelo nosso corpo com a mesma função e elas têm a vantagem de não serem acompanhadas de gordura animal, por exemplo”, pontua. 

Alimentos como feijões, lentilha, grão-de-bico, castanhas e até mesmo o brócolis são ricos em proteína e podem ser colocadas no dia a dia com facilidade. “Para ter um dia a dia alimentar balanceado e saudável é sempre importante ter um pouco dos três macronutrientes: proteína, carboidrato e gorduras, mas na proporção certa”, pontua. 

Emagrecimento

As proteínas são indicadas em processos de emagrecimentos devido à perda muscular que os pacientes podem sofrer durante a dieta. “A proteína virou moda nas dietas para emagrecer por dois grandes motivos: é comum em dietas restritivas a pessoa perder músculos porque está comendo pouca caloria, então a proteína vai ajudar nessa manutenção do tecido muscular. Fisiologicamente falando o carboidrato é o primeiro na fila do armazenamento energético (ganhar peso). Quando comemos um pão, ele chega como carboidrato no nosso estomago e no nosso sangue como energia, se essa energia não é usada ela é armazenada no tecido adiposo (gordurinhas), afinal seu corpo não quer jogar energia fora”, explica Beatriz. 

Já ao comer uma carne, o processo é diferente. “Quando comemos um bife, ele é chega como proteína no nosso estômago e aminoácido no nosso sangue, que tem a função estrutural, para repor músculo, por exemplo, porém se não há o que repor ela pode ser transformada em gordura e armazenada também no tecido adiposo”, pontua.