Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TURISMO

Tradicional, Banho de São João será restrito às famílias

Festa que reunia devotos de todo o Estado não terá atrações neste ano
10/06/2020 07:30 - Naiane Mesquita


 

Tradicional festejo de Mato Grosso do Sul, o Banho de São João não será o mesmo em 2020. Também afetado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a cerimônia que costuma reunir pessoas de todo o Estado na cidade de Corumbá será restrita aos familiares e devotos do santo. 

“A proposta é que os devotos façam as cerimônias em casa. Poucos estão planejando descer até o Rio Paraguai”, explica Joilson Cruz, diretor-presidente da Fundação de Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá. 

Na noite de ontem (9), uma reunião orientou os festeiros a evitar aglomerações, principalmente nos casos em que há o interesse em reunir familiares e amigos para novenas e celebrações religiosas. A Fundação também solicitou que os festeiros evitem a presença de crianças, menores de 12 anos, idosos e pessoas do grupo de risco. O uso de máscaras também foi relembrado. “Pensamos também em fazer uma missa por meio de live, no dia 24, mas nada foi decidido”, explica Joilson. 

Tradição

A Prefeitura de Corumbá realiza anualmente diversas ações na festa do Banho de São João, que incluem a venda de comidas típicas e shows culturais. A grande atração da programação é realmente no dia de São João, celebrado em 24 de junho, quando os devotos carregam andores decorados em homenagem ao santo até o Rio Paraguai. Ao chegar até o Rio Paraguai, o santo é banhado nas águas e a celebração termina. 

O andor é decorado pelas famílias, que passam o dia anterior preparando as comidas e arrumando o quintal e as ruas para receber os amigos e sair em procissão. 

Atualmente o município tem 92 casos confirmados de Covid-19. Entre as restrições para evitar o crescimento do contágio está o Decreto 2.288, que estabelece quarentena de 7 dias para novos visitantes na cidade. O descumprimento pode acarretar sanções previstas no artigo 268 do Código Penal Brasileiro, que determina punição de detenção, de um mês a um ano, além de multa. 

Felpuda


Como era de se esperar, as pesquisas mexeram nos ânimos de candidatos, principalmente daqueles que apareceram com índices pífios.

E assim, muitos deles certamente darão novo rumo às suas campanhas eleitorais.

A maioria, é claro, tenta mostrar otimismo, e o que mais se ouve por aí é que “agora o momento será de virada”.

Como disse atento e irônico observador: “Tem gente por aí que poderá virar, sim. Mas virar gozação!”. Ui...