Clique aqui e veja as últimas notícias!

TURISMO

Rio de Janeiro: três museus para quem deseja ir além das praias cariocas

Além das belezas naturais reconhecidas, o Rio de Janeiro guarda museus importantes para a história do País
06/01/2021 07:30 - Naiane Mesquita


Além das belezas naturais reconhecidas internacionalmente, o Rio de Janeiro guarda museus importantes para a história do País. Visando o futuro ou valorizando o passado, os locais são uma opção aos visitantes que buscam muito além de uma tarde de sol na praia.  

Confira três locais para incluir na rota:

Sítio Roberto Burle Marx

A Unidade Especial do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) – finalizou recentemente a conclusão de seu projeto de requalificação, no valor de R$ 5,4 milhões. Localizado em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio, o espaço singular dispõe de um acervo botânico único, além de pinturas, gravuras, móveis, cerâmicas, tapeçarias, murais, painéis de azulejos, obras de artistas consagrados e do próprio paisagista Roberto Burle Marx, todos itens de sua coleção particular.

Nascido em 1909 em São Paulo e criado no Rio de Janeiro, onde faleceu em 1994, Burle Marx se tornou conhecido internacionalmente como um dos paisagistas mais relevantes do século XX. Criou o conceito de jardim tropical moderno, promovendo uma mudança de paradigma no paisagismo mundial, baseado em formas modernas e no uso de plantas tropicais e subtropicais, rompendo com a tradição de jardins clássicos e românticos do século XIX e início do XX.