Clique aqui e veja as últimas notícias!

PONTO DE VISTA

Com objetivo de manter um equilíbrio entre serviço e entretenimento, “Fantástico” passa a ter Maju Coutinho como titular

A nova apresentadora mostra uma presença carismática e potente, ao mesmo tempo delicada
25/11/2021 16:30 - Geraldo Bessa/TV Press


A Globo bem que tenta fingir tranquilidade quando precisa fazer grandes alterações em sua grade. 

A verdade, entretanto, é que a emissora está sempre testando nomes e formatos para não ser pega desprevenida. A saída de Tiago Leifert não só do “Big Brother Brasil”, mas da empresa, foi surpreendente. 

Nome respeitado no mercado publicitário e cheio de carisma perante o público, o desfalque deixado por ele exigiu um corte mais profundo da emissora em um de seus programas mais clássicos, o dominical “Fantástico”.  

Inicialmente, nomes como o recém-contratado Marcos Mion e a ex-“BBB” Ana Clara chegaram a ser “ventilados” pela emissora para assumir a disputa. Entretanto, pesou mesmo a experiência e a popularidade de Tadeu Schmidt, que foi transferido para o maior “reality show'' do país. 

No ar há quase 50 anos, e privilegiando duplas formadas por um homem e uma mulher em sua história recente, o “Fantástico” agora passa a ser liderado por Poliana Abritta e Maria Júlia Coutinho.

A última grande mudança no dominical foi em 2015, justamente quando Poliana assumiu o espaço deixado por Renata Vasconcellos, que foi escalada para o “Jornal Nacional”. 

Depois de uma bem-sucedida passagem pelo “Jornal Hoje”, Maju já chega esbanjando diversidade e um público todo seu. 

Em sintonia com uma postura mais contemporânea do jornalismo da Globo, ela sabe muito bem lidar com o espaço que conquistou dentro da empresa e na casa dos brasileiros, um estilo despojado e sem tantos vícios que combina muito mais com o esquema mais livre dos domingos do que com a bancada diária de um telejornal vespertino.