Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CINEMA

Após o Oscar, filmes coreanos serão exibidos gratuitamente na Capital

Mostra do cinema sul-coreano começa amanhã no Museu da Imagem e do Som
15/03/2020 11:20 - Naiane Mesquita


O filme sul-coreano Parasita abriu portas não só na indústria cinematográfica ao vencer o Oscar, mas também no Museu da Imagem e do Som em Campo Grande. A partir de amanhã até o dia 18 de março, três longas-metragens produzidos no país serão exibidos na "1ª Mostra de Cinema Sul-Coreano". As sessões ocorrem sempre às 19 horas, com entrada gratuita. 

Confira a programação:

Dia 16 – segunda-feira: “Primavera, Verão, Outono, Inverno e Primavera” (Direção: Ki-duk Kin (II), 2003, 103min, 16 anos)

Sinopse: Ninguém é indiferente ao poder das quatro estações e de seu ciclo anual de nascimento, crescimento e declínio. Nem mesmo os dois monges que compartilham a solidão, em um lago rodeado por montanhas. Assim como as estações, cada aspecto de suas vidas é introduzido com uma intensidade que conduz ambos a uma grande espiritualidade e à tragédia. Eles também estão impossibilitados de escapar da roda da vida, dos desejos, sofrimentos e paixões que cercam cada um de nós. Sobre os olhos atentos do velho monge vemos a experiência da perda da inocência do jovem monge, o despertar para o amor quando uma mulher entra em sua vida, o poder letal do ciúme e da obsessão, o preço do perdão, o esclarecimento das experiências. Assim como as estações vão continuar mudando até o final dos tempos, na indecisão entre o agora e o eterno, a solidão será sempre uma casa para o espírito.

 

Dia 17 – terça-feira: “Expresso do Amanhã” (Direção: Bong Joon-ho, 2013, 126min, 16 anos)

Sinopse: Quando um experimento para impedir o aquecimento global falhe, uma nova era do gelo toma conta do planeta Terra. Os únicos sobreviventes estão a bordo de uma imensa máquina chamada Snowpiercer. Lá, os mais pobres vivem em condições terríveis, enquanto a classe rica é repleta de pessoas que se comportam como reis. Até o dia em que um dos miseráveis resolve mudar o status quo, descobrindo todos os segredos deste intrincado maquinário.

Dia 18 - quarta-feira: “Mr. Vingança” (Direção: Park Chan-Wook (I), 2002, 129min, 14 anos)

Sinopse: Ryu, jovem surdo-mudo, cuida da irmã, que precisa de um transplante de rim. Após ser demitido e enganado em uma negociação em que perde o próprio rim, Ryu, decide sequestrar a filha do ex-patrão, que desencadeará uma espiral de sangue, violência e vingança.

Serviço: O Museu da Imagem e do Som fica no Memorial da Cultura e da Cidadania, na avenida Fernando Corrêa da Costa, 559 Centro, no terceiro andar. Mais informações pelo telefone (67) 3316-9178.

Felpuda


É quase certo que a aposentadoria deverá ocorrer de maneira mais rápida do que se pensava em determinado órgão. O que deveria ser a tal ordem natural dos fatos acabou sendo atropelada por acontecimentos considerados danosos para a imagem da instituição. Os dias estão passando, o cerco apertando e já é praticamente unanimidade de que a cadeira terá de ter substituto. Mas, pelo que se ouve, a escolha não deverá ser com flores e bombons de grife.