Clique aqui e veja as últimas notícias!

MELHOR AMIGO

Conhecida por atingir filhotes, cinomose também pode acometer cães adultos

Contagiosa, a doença pode ser prevenida com a vacinação em filhotes e em cachorros adultos
03/08/2020 07:00 - Naiane Mesquita


Com fama de doença que atinge principalmente filhotes, a cinomose, na verdade, também pode surgir em cães adultos, motivo para o cuidado redobrado com os animais de estimação.  

Causada pelo vírus da família Paramixovírus, do gênero Morbillivirus, a cinomose recebeu a fama de atingir filhotes por serem eles os mais vulneráveis à doença. No entanto, qualquer animal, que não esteja com a vacinação em dia, pode correr o risco de ser contaminado pelo vírus.

Por ser altamente contagioso, o vírus da cinomose pode chegar em nossas casas da mesma forma que o novo coronavírus, por exemplo, em superfícies contaminadas.  

“Cachorros soltos na rua podem ser um risco para os animais que ficam com o fucinho no portão e durante os passeios também. A cinomose não pega em seres humanos, mas é extremamente contagiosa entre os cães”, alerta a médica veterinária Mônica Souza.  

A melhor forma de prevenção é a vacinação em filhotes e anualmente em cães adultos. “Sugiro que todo mundo faça a vacinação, ela é a grande aliada contra a cinomose. As vacinas importadas são as mais indicadas por terem uma eficácia maior. Quando filhotes, após 45 dias de nascimento, são três doses”, ressalta.

Durante a idade adulta, os cachorros precisam ser vacinados anualmente para reforçar o sistema imunológico.