Clique aqui e veja as últimas notícias!

TERAPIA ALTERNATIVA

Com fama de ter efeito analgésico e anti-inflamatório, âmbar faz sucesso entre as mães de bebês

Apesar de pais alegarem resultados positivos, não há estudos científicos que comprovem eficácia da resina
09/11/2020 08:14 - Carol Alencar Cozzatti, Naiane Mesquita


Popular entre mães e pais que buscam alternativas de tratamentos naturais para os filhos, os colares de âmbar báltico costumam fazer sucesso pelo possível efeito anti-inflamatório e analgésico, que estimularia o sistema imunológico da criança. Porém, apesar do apelo popular, o colar deve ser utilizado com cautela e é desaconselhado durante o sono da criança. 

A advogada Juliane Nahabedian, 29 anos, é mãe dos pequenos Pedro, 4 anos, e Clara, de 2 anos. Ela explica que começou a usar o colar no filho aos três meses de idade e acredita que o objeto foi fundamental para sanar o incômodo da aparição dos dentinhos. “Os primeiros dentinhos começaram a despontar quando ele tinha cinco meses, e [o colar] ajudou bastante no controle de diarreia e febre. Já com a Clara tem sido tranquilo cada vez mais”, explicou.

Sobre a veracidade do efeito que o âmbar produz, Juliane diz que acredita em seus benefícios. “Vejo resultado na imunidade das crianças, e em mim eu sinto uma proteção com o âmbar”, afirma.