Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

DIA DAS CRIANÇAS

Comidinha de madeira e outros presentes criativos fazem sucesso no Dia das Crianças

De madeira ou laváveis, presentes estimulam a criatividade das crianças
08/10/2020 07:30 - Carol Alencar Cozzatti, Naiane Mesquita


Dia das Crianças chegando, e muitos pais ainda sem opções para presentear os filhos. Apesar do cunho comercial, a data é um chamariz para a importância de uma infância feliz e divertida.  

Pensando em oferecer opções acessíveis e criativas aos pequenos, o Correio do Estado traz algumas dicas de presentes educativos e que estimulam a arte na criançada.

É o caso das canecas personalizadas fabricadas pela designer Laís Lopes Gonzaga, que atua no mercado de produtos personalizados há mais de 10 anos. “Como nosso nicho é estreito, a gente sente a necessidade de se reinventar, com produtos que chamam a atenção do cliente”, explica.

Feita sob encomenda, Laís conta que é possível imprimir a arte que a criança escolher na caneca que será pintada, seja personagem preferido, desenho ou filme. “A intenção é de a criança poder pintar e repintar quantas vezes quiser, fazer uma coloração diferente da outra, além de estimular a criatividade, que é o principal”, pontua.

As canecas são de 300 ml e feitas de polímero, que é um produto indicado principalmente para crianças e idosos, por ser resistente a quedas. “O pessoal tem curtido bastante porque é um presente exclusivo, que só aquela criança vai ter”, explica.

 

 
 
 

Ainda segundo a designer, cada caneca custa R$ 25 e acompanha três canetinhas hidrográficas. Para adquirir é só mandar mensagem no Instagram da loja on-line criada por Laís, a @dalah_personalizados.

Na lista dos presentes que estimulam a criatividade, um dos destaques são os feitos de madeira, sem pilha ou qualquer artifício eletrônico. “Eu falo que a única energia necessária é a da criança”, brinca a proprietária da loja Pra Lalá, Caroline de Souza Ferreira, 32 anos.  

Mãe de Laís, 5 anos, e Vitória, 2 anos, Caroline decidiu vender os brinquedos tecnológicos inspirada na própria experiência materna. “Quando eu tive a minha primeira filha, a Laís, estudei bastante sobre metodologia de ensino e métodos educativos, e todos eles indicam o uso de brinquedos de madeira, sem pilhas, justamente para estimular a criatividade e a coordenação motora da criança. Inspirada nisso que resolvi montar a loja em 2017”, ressalta.  

Segundo Caroline, o uso de brinquedos em madeira ajuda a estimular a criança e também a diminuir o tempo que elas permanecem em frente a dispositivos tecnológicos. “É uma forma de fugir do que está em excesso no nosso meio”, frisa. Por isso, todos os brinquedos são feitos em madeira e tecido. Para este Dia das Crianças, a loja tem comidinhas de madeira, lousa magnética e kits com mais de um brinquedo. “Comidinha de madeira é um dos lançamentos deste ano. São kits com frutas e lanches, dá para a criança montar o café da manhã. Tem uma torradeira que, quando você aperta, a torrada realmente sai. Tudo bem colorido, bem chamativo para eles se interessarem”, pontua.  

Na loja há brinquedos a partir de R$ 25. Informações pelo perfil @pralalabrinquedos.

 

 
 

AMIGURUMI

Também na onda de presentes únicos, uma outra sugestão são os amigurumis, uma técnica de origem japonesa que significa pelúcia de crochê. “Usando apenas linha e agulha podemos confeccionar personagens, plantas, animais e objetos, até onde a imaginação mandar”, explica a administradora de empresas Priscila Veiga Bispo, 36 anos.

Priscila trabalha há quatro anos com a técnica e diz que já fez muitos bichinhos de personagens e até alguns originais, criados pela imaginação da criança. “As crianças são incríveis e têm uma imaginação bem aflorada, deixo eles escolherem a cor e os acessórios que quiserem para terem aquele bichinho fofo para sempre”, diz a artesã, que aprendeu a fazer crochê ainda criança.

Cachorrinho, gatinho, porquinho, bichos da floresta, unicórnio e até Picachu já foram produzidos por Priscila. O amigurumi mede de 10 cm (versão baby) a 18 cm e sai em torno de R$ 30 a R$ 50. É feito sob encomenda por meio do Instagram @amigurumi_pri.

 
 

Felpuda


A futura composição  dos 29 vereadores  em Campo Grande poderá ser diferente  da que foi oficializada, segundo o que  se tem ouvido,  com certa frequência, nas rodinhas de conversas dos meios políticos.  

Nova distribuição  das cadeiras poderá ocorrer e, assim, quem está prestes a entrar com pompa e circunstância poderá nem passar pela porta de entrada  e tomar posse de cadeira  para chamar de sua.  

O caldeirão está fervendo.