Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

AUTOCINE

Curta-metragem produzido na Capital será exibido este final de semana no Autocine

"As Invenções de Akins" conta com lembranças de infância do cineasta Ulísver Silva
07/10/2020 12:59 - Alicia Miyashiro


Para este domingo (11), a 15° edição do projeto Autocine Campo Grande traz o curta-metragem com produção local “As Invenções de Akins”.

A exibição será às 18h, na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS).

“As Invenções de Akins” conta a história de Akins, filho único de mãe solteira, que tem a brilhante ideia de construir sozinho uma máquina feita de sucatas e brinquedos. Mas por se tratar de um projeto complexo, o garoto terá uma série de inseguranças, que irão desde sofrer com limitações materiais, até sentir a falta de uma figura paterna para lhe ajudar nessa e em outras situações.

O curta tem o objetivo de mostrar para as crianças que situações-problema, podem ser resolvidas por meio da persistência, curiosidade e aprendizado vindo das tentativas e erros.  

Responsável pela obra, o cineasta Ulísver Silva, conta ter aproveitado suas lembranças de infância para a criação da história. A produção foi realizada com recursos do Edital do Fundo de Investimentos Culturais FMIC 2017 promovido pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur).

O filme possui duração de 33 minutos e classificação livre.

 
 

Autocine

Criado em 1972, funcionou por 17 anos no mesmo local, ao lado do estádio Morenão. Atualmente, o projeto é realizado pelo Governo do Estado, através de sua Fundação de Cultura (FCMS). Prefeitura Municipal de Campo Grande (Sectur e Sisep), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e o Serviço Social do Comércio (SESC).  

Serviço

Os ingressos são limitados, e podem ser retirados gratuitamente até quinta-feira (8), na Praça dos Imigrantes, das 8h às 17h. No dia do evento, é necessário chegar com 30 minutos de antecedência.

Mais informações pelo telefone 4042 – 1313, ramal 4307.

 

Felpuda


Racha em entidade religiosa teve péssimas consequências eleitorais na disputa por vagas na Câmara Municipal de Campo Grande.

O quiproquó, também, digamos, com nuance familiar, provocou estragos da-que-les.

Aí, como consequências, fez com que quem está não conseguisse votos suficientes para permanecer em 2021-2024 e quem estava fora tentando retornar ficasse à beira do caminho. 

Como se vê...