Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VIA STREAMING

Dica da Semana: “La La Land”

O filme é um musical sobre o amor, os sonhos e a realidade da vida
05/02/2020 14:36 - KREITLON PEREIRA, VIA STREAMING


 

Em 2017, “La La Land” entrou para a seleta lista dos filmes com o número recorde de 14 indicações ao Oscar, junto com “Titanic” e “A Malvada”. Apesar de não ter recebido a estatueta por Melhor Filme, a produção foi a mais premiada da noite, tendo ganhado seis categorias, incluindo Melhor Atriz (Emma Stone) e Melhor Trilha Sonora. Embora tenha sido lançado em 2017, o filme, na verdade, já tinha sido idealizado por Damien Chazelle (diretor do longa) seis anos antes, porém tirar a ideia do papel foi muito difícil, uma vez que nenhum estúdio queria investir em um musical, gênero visto como datado e destinado ao fracasso.

Terceiro filme que Ryan Gosling e Emma Stone protagonizam juntos, “La La Land” acompanha a história de Mia (Stone), uma aspirante a atriz que trabalha como garçonete quando não está prestando audições para papéis que nunca consegue, e Sebastian (Gosling), um talentoso pianista cujo sonho é abrir o seu próprio bar e casa de jazz mas que, enquanto isso, se apresenta em eventos e casas de shows sem muito sucesso – afinal, o público deseja algo mais moderno, algo que Sebastian se recusa a performar. Com Los Angeles de pano de fundo e uma excelente trilha sonora, os dois personagens buscam oportunidades para suas carreiras de modo a realizarem seus sonhos.

Na primeira vez em que se encontram, Mia e Sebastian não se dão muito bem, porém o destino dos dois estava interligado e, ao se reencontrarem, os dois acabam se apaixonando perdidamente. Através de canções e coreografias, o espectador acompanha o casal em suas brigas e reconciliações de uma forma muito envolvente e apaixonante. Disponível na Netflix e no YouTube, “La La Land” é um muito mais do que um simples musical, é um filme sobre sentimentos e sonhos que soube aproveitar das liberdades do gênero para criar uma obra artística singular no cinema atual.  

Curta a página da coluna “Via Streaming” no Facebook em www.facebook.com/colunaviastreaming.

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.