Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TEATRO E MÚSICA

Programação do fim de semana em Campo Grande tem teatro e música durante a Parada LGBT

É o primeiro fim de semana após o fim do decreto municipal que proibia shows e eventos culturais
18/09/2020 10:00 - Naiane Mesquita


O primeiro fim de semana após o fim do decreto municipal que proibia shows e eventos culturais ainda será tranquilo.  

A temporada de clássicos no Shopping Bosque dos Ipês continua neste domingo, no formato drive-in. Desta vez, Bolonhesa e Sua Trupe apresentam uma versão divertida de “Rapunzel”.  

A história escrita pelos Irmãos Grimm e publicada pela primeira vez em 1815 chega aos palcos do Arena Bosque Drive-In com nova roupagem e todas as trapalhadas de Bolonhesa, que se apaixona pela bela menina de cabelos compridos presa no alto da torre.  

Serão duas sessões gratuitas, às 16h e às 17h. Durante a peça, as crianças podem interagir com os atores de dentro dos carros e o som é transmitido por meio de uma estação FM, preparada especialmente para o espetáculo.

 
 

Para garantir o ingresso, que é gratuito, basta chegar com 30 minutos de antecedência a cada sessão na data do evento ou fazer seu cadastro on-line pelas redes sociais do shopping. O local onde cada carro ficará estacionado será determinado pela ordem de chegada.  

O Arena Bosque Drive-in será realizado no setor “C” do estacionamento do Shopping Bosque dos Ipês.

Parada LGBT

Domingo também é o dia da Parada LGBT, que neste ano, em razão da pandemia, será totalmente on-line.  

O tema deste ano é “A Democracia Tem Todas as Cores”, e a parada será on-line, por meio dos canais no YouTube do Fórum LGBT de Mato Grosso do Sul e da cantora Paolla, no domingo, a partir das 16h. Ao todo, mais de 40 artistas vão participar da programação.  

Dicas de filmes

Entre as novidades do catálogo da Netflix, está o filme “O Diabo de Cada Dia”, adaptação do livro de Donald Ray Pollock, que conta com um elenco renomado, formado por Tom Holland, Robert Pattinson, Mia Goth, Sebastian Stan, Mia Wasikowska e Bill Skarsgard.

 
 

A sinopse é, no mínimo, inusitada. Ambientado entre a Segunda Guerra Mundial e a Guerra do Vietnã, “O Diabo de Cada Dia” acompanha diversos e bizarros personagens em um canto esquecido de Ohio, nos Estados Unidos. 

Cada um deles foi afetado pelos efeitos da guerra de diferentes maneiras. Entre eles, um veterano de guerra perturbado, um casal de serial killers e um falso pregador.

Já na lista de séries da plataforma, o destaque desta semana é “Ratched”, uma série de televisão de drama norte-americana baseada no romance “Um Estranho no Ninho”, de 1962, de Ken Kesey. A série estreará hoje na Netflix. O bônus é a atriz premiada Sarah Paulson, como a enfermeira Ratched. 

 
 

A sinopse também não é nada amável. “Ratched” se passa em 1947, quando a jovem Mildred Ratched iniciava sua carreira profissional no sistema de saúde mental. 

No entanto, com o decorrer dos anos ela passou de uma simples enfermeira para um verdadeiro monstro, realizando uma série de assassinatos.

Quem deseja algo mais leve pode buscar os clássicos do passado, como “Meninas Malvadas”, que voltou desde o dia 1º à plataforma de streaming.

 
 

Felpuda


Conversas muito, mas muito reservadas mesmo tratam de possível mudança, e não pelo desejo do “inquilino”.

Por enquanto, e em razão de ser um assunto melindroso, os colóquios estão sendo com base em metáforas.

Até quando, não se sabe, pois o que hoje é considerado tabu poderá se tornar assunto em rodinhas de conversas.

Como dizia o célebre Barão de Itararé: “Há mais coisas no ar, além dos aviões de carreira”. Só!