Felpuda

Felpuda

FELPUDA

FELPUDA

Continue lendo...

Foi um pulinho do “de todos”, entre o período em que teria recebido U$S 10 milhões de propina, enquanto estava ainda na Petrobras, no governo tucano, e ser aceito de braços abertos pelo PT, em que foi secretário de Obras e, em seguida, candidato ao Senado. Essa acolhida tão eufórica das lideranças de estrelas vermelhas, se naquela época causou estranheza, agora levanta suspeita.
Ester Figueiredo